Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/2012/05/11/facebook-e-twitter-viram-prova-em-casos-de-fraude-roubo-e-mau-comportamento-veja-casos.htm
  • totalImagens: 54
  • fotoInicial: 54
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120511194853
    • Redes sociais [16852]; Vida digital [53786]; Curiosidades na tecnologia [61189]; Facebook [16760]; Twitter [16818];
Fotos
2009 - Um homem foi preso por não usar o Twitter. Um cantor adolescente chamado Justin Bieber deveria fazer um show num shopping em Long Island, mas a multidão incontrolável cancelou os planos da gravadora. A polícia pediu então que um executivo da gravadora enviasse uma mensagem no Twitter para dispersar a horda de fãs, mas ele se recusou. Foi então preso sob a acusação de pôr em risco a vida de menores e obstrução da administração do governo Reprodução/Twitter Mais
2009 - A ferramenta ''poke'' (equivalente a um cutucão em português) no Facebook parece bastante inofensiva. Mas Shannon D. Jackson foi presa por usá-la: a justiça entendeu que ela feriu um mandado de restrição que claramente proibia ''telefonemas, contato ou qualquer tipo de comunicação''. O alvo de Jackson era uma outra mulher, moradora de Hendersonville, Tenesse, EUA Getty Images Mais
2009 - Jean Ramses Anleu Fernández foi preso na Guatemala após incitar ''pânico financeiro'' pelo Twitter. Ele postou uma mensagem sugerindo que as pessoas retirassem o dinheiro depositado no banco Banrural para então quebrar o controle que ''pessoas corruptas'' tinham sobre a instituição financeira Reprodução/Twitter Mais
2009 - Quando mudou seu status no Facebook para ''solteira'', Sarah Richardson despertou a ira do seu ex-marido, Edward Richardson, que não aceitava a separação. Ao ver o perfil, foi atrás de Sarah e a esfaqueou até a morte. Ele foi sentenciado a 17 anos de prisão Reprodução/DailyMail Mais
2009 - Um homem foi preso em Oklahoma, EUA, após tuitar que iria cometer assassinato em massa durante a data comemorativa do Tax Day Tea Party. Depois de divulgar a mensagem, Daniel Knight Hayden foi preso pelo FBI Reprodução/Twitter Mais
2010 - A estudante brasileira Mayara Petruso ficou conhecida depois de postar uma mensagem considerada preconceituosa no Twitter, após a vitória da então candidata à presidente Dilma Rousseff: "Nordestisto [sic] não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado". Mayara foi condenada a 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão pelo crime de racismo, mas cumpriu a pena em liberdade Arte UOL Mais
2010 - Um adolescente então com 18 anos resolveu se passar por uma garota no Facebook e convenceu 31 colegas de escola a mandarem fotos de si mesmos nus. Depois que recebia a foto, Anthony Stancl chantageava os rapazes, ameaçando espalhar as fotos. Em troca, Stancl exigia que os garotos fizessem sexo com ele. A polícia achou mais de 300 fotos em seu poder. Resultado: foi condenado a 15 anos de prisão AP Mais
2010 - Membro do partido dos trabalhadores do Reino Unido, Stuart MacLennan postou em sua conta no Twitter, a poucas semanas das eleições britânicas, mensagens criticando membros de seu próprio partido e da oposição. O candidato, pela província de Moray na Escócia, foi convidado a se retirar do partido. Após o ocorrido, Maclennan fechou sua conta na rede social Reprodução/The Telegraph Mais
2011 - Rodney Knight, então com 19 anos, invadiu uma casa, tirou uma foto de si mesmo ostentando o dinheiro roubado e postou no mural do Facebook da vítima. O dono da casa, um jornalista, não hesitou em espalhar a foto por diversos veículos da imprensa. A polícia de Washington (EUA) não teve dificuldades em prendê-lo, pois era conhecido por outras ocorrências. Um dos policiais que ajudou na prisão classificou Rodney como o criminoso mais estúpido que já viu Arte UOL Mais
2011 - Giselle Penagos foi atropelada pela própria prima, Melanie Snanopoulos (foto). E tudo por conta de ciúmes no Facebook. O caso aconteceu porque um rapaz, cobiçado pelas duas moças, aceitou um pedido de amizade virtual de Giselle, mas ignorou sumariamente o de Melanie. Irritada e fora de si, Melanie discutiu com sua prima dentro do carro, pediu para que ela descesse e a atropelou sem dó. Melaine declarou-se inocente em audiência na corte de Hempstead, Nova York. Ela foi liberada após o pagamento de US$ 10 mil de fiança Arte UOL Mais
2011 - Richard Leon Barton, morador do estado de Michigan (EUA) é acusado de bigamia, mas só foi descoberto graças ao Facebook. Ele publicou fotos de seu casamento mais recente, mas não sem antes bloquear a "outra" e mais antiga esposa, a qual havia conhecido em 2004, pela internet. A esposa ''original'' achou estanho não conseguir acessar o perfil do marido. Passou então a buscar por referências nos perfis de contatos em comum. Foi quando encontrou as fotos do matrimônio paralelo do marido. De acordo com as leis do Estado, se for condenado, o segundo casamento de Richard pode ser anulado Arte UOL Mais
2011 - Um casal norte-americano foi parar atrás das grades porque a noiva publicou um foto no Facebook ostentando sua aliança de noivado. Detalhe: era roubada. Crystal Yamnitzky talvez não soubesse que seu noivo, Robert Driscoll, havia furtado a joia, coberta de diamantes. A família do rapaz alegou que Crystal pedia constantemente o presente ao rapaz que, acuado e sem dinheiro, encontrou no roubo a saída para a situação. Resultado: os dois foram indiciados Arte UOL Mais
2011 - Pradeep Manukonda enviou uma série de mensagens (virtuais e não virtuais) a Mark Zuckerberg, CEO do Facebook. Nos recados, Pradeep pedia ajuda a todo custo: "Por favor, me ajude, Mark. Eu estou muito cansado e exausto. Devo toda minha vida ao Facebook. Por favor, me ajude. Só assim eu estarei pronto para morrer por você". Além disso, o perseguidor tentou entrar na sede do Facebook e rondou a residência do jovem empresário. Zuckerberg conseguiu uma ordem judicial para manter Pradeep pelo menos 200 metros longe dele próprio e de todos seus familiares Arte UOL Mais
2011 - Rachel Ann Hicks, mãe de três adolescentes, aliciou um garoto de 13 anos usando o serviço de chat da rede para games da Microsoft, a Xbox Live. Segundo a NBC, para cometer o crime, Rachel passou-se por uma jovem de 23 anos (na época, ela tinha 36). Depois, o relacionamento aprofundou-se para troca de e-mails e conversas telefônicas. Em algumas das mensagens, Rachel enviou conteúdo pornográfico para seduzi-lo. Rachel foi presa sob suspeita de estupro e pedofilia, sem direito a fiança Arte UOL Mais
2011 - A polícia de Pittsburgh (EUA) prendeu três adolescentes que haviam roubado uma loja da cidade no dia seguinte ao crime: os jovens publicaram fotos no Facebook do dinheiro roubado e foram denunciados por um parente. Nas imagens publicadas na rede social, os suspeitos aparecem com cerca de US$ 8.000 em notas Reprodução/Daily Mail Mais
Jan.2012 - Um homem de Chicago (EUA) foi preso após publicar fotos no Facebook da filha de 2 anos com boca, mãos e pernas atadas com fita adesiva. Andre Curry,então com 21 anos, teve a fiança estabelecida em US$ 10 mil. Na audiência da fiança, o acusado disse à juíza, Laura Sullivan, que ''não tinha intenção de machucar ou punir a criança'', e que estava apenas ''se divertindo'' Divulgação/Polícia de Chicago Mais
Abr.2012 - Andrea Raftis, então com 24 anos, pediu benefícios ao governo inglês por ser mãe solteira de duas crianças que não tinha como sustentar - ela não teria nenhuma fonte de renda. Autoridades, no entanto, viram no Facebook fotos da mulher em uma viagem exótica ao Egito, durante o período em que ela já recebia os benefícios. Segundo o jornal ''The Sun'', ela embolsou cerca de 37 mil libras com o golpe. Ela foi condenada a oito meses de prisão e terá de devolver o dinheiro Reprodução/The Sun Mais
Mai.2012 - O rapper marroquino ''El-Haqed'' (ou ''O Indignado'') foi preso depois de divulgar no YouTube um vídeo em que critica em uma música o governo do país. A canção intitulada ''Cachorros do Estado'' critica a polícia marroquina e a chama de corrupta Macao/Reuters Mais
Jun.2012 - O indonésio Alexander Aan foi condenado a dois anos e meio de prisão e será obrigado a pagar uma multa de US$ 10 mil por ter escrito mensagens ateístas em sua página do Facebook. A Justiça da Indonésia o considerou culpado por ''espalhar informações que incitam o ódio religioso e animosidade'' AFP Mais
Jul.2012 - A polícia americana deteve o estudante William Koberna após ele publicar no Twitter que tinha planos de realizar um ataque contra colegas da Universidade de Kent, que fica no estado de Ohio (EUA). O estudante, então com 19 anos, foi preso na casa de seus pais Reprodução Mais
Jul.2012 - Paul Chambers foi preso e ficou em custódia na polícia durante sete horas, suspeito de um atentado terrorista. Ele fez uma piada no Twitter, dizendo que iria explodir o aeroporto de sua cidade. Uma forte nevasca no Robin Hood Airport em Doncaster atrasou seu vôo para a Irlanda e irritou Chambers, que resolveu tuitar que iria ''mandar o aeroporto pelos ares'' Reprodução/DailyMail Mais
Ago.2012 - Lisa Curran e Martin Curran foram casados por 25 anos, até ela descobrir -- pelo Facebook -- que o marido havia se casado com outra mulher. A história divulgada pelo ''Daily Mail'' se passou na Inglaterra e parece com outro caso recente, em que a esposa traída descobriu no Facebook que seu próprio marido havia se casado na Disney Reprodução Mais
Set.2012 - Quarenta e nove membros de duas gangues em Nova York, nos Estados Unidos, foram presos pela polícia local sob acusação de envolvimento em uma série de assassinatos e tiroteios. Pelo Facebook, os suspeitos adicionavam os rivais, faziam ameaças e contabilizavam as mortes como ''trunfos'', segundo o ''New York Times''. Foto ilustrativa Getty Images Mais
Out.2012 - Um jovem britânico foi sentenciado a 12 semanas de prisão por ter publicado mensagens ofensivas no Facebook sobre duas meninas desaparecidas, April Jones e Madeleine MacCann. Ele admitiu ter publicado em seu perfil no Facebook mensagens depreciativas sobre as duas crianças. Ele teria tirado a ideia de um site de piadas com ''humor negro'' Reprodução Mais
Nov.2012 - O vídeo que Hannah Sabata postou no YouTube poderia ser uma brincadeira. No arquivo com quase oito minutos, ela conta que roubou um carro e um banco, mostrando uma pilha de dinheiro que somaria US$ 6.256 -- tudo com músicas da banda Green Day de fundo. Não se trata de uma brincadeira, mas sim de uma confissão: a polícia do condado de York (Nebraska) deteve a jovem, então com 19 anos, que havia mesmo praticado os crimes sobre os quais falava no YouTube Reprodução/York News Times Mais
Dez.12 - Uma mulher foi presa no Reino Unido depois de usar o Facebook para se passar por uma menina britânica desaparecida há 30 anos na Alemanha. Ela enviava mensagens pela rede social para parentes da vítima e, depois de ser desmascarada, passou a atormentá-los, como um ''troll'' na internet. A suspeita, que não teve a identidade revelada, tem 33 anos, mesma idade que teria Katrice Lee (foto), desaparecida em 1981 em um supermercado na Alemanha durante uma viagem de férias em família Reprodução Mais
4.jan.2013 - A polícia de Astoria (Oregon, Estados Unidos) deteve um, jovem então com 18 anos, após ele ter escrito no Facebook que provocou uma batida enquanto dirigia bêbado. O texto tinha tom de brincadeira. A mensagem privada de Jacob Cox-Brow (foto), em inglês, dizia: "Dirigindo bêbado... clássico. No carro de quem bati, me desculpe :P". Apesar do acesso restrito a amigos, o texto foi encaminhado à polícia Reprodução Mais
16.jan.2013 - O norte-americano Charles Ross foi detido pela polícia de Bradenton (em Manatee, Flórida) enquanto fazia gravações para seu canal no YouTube, o Ross Creations. A página é cheia de pegadinhas e, no dia da prisão, o jovem de 18 anos fazia ''cuecão'' (puxar a cueca para cima) em pessoas que passavam na frente de um cinema Reprodução Mais
13.fev.2013 - Nas fotos acima, postadas no Facebook, o britânico Alan Watkins, 24, aparece com drogas (esq.), álcool (dir.) e supostamente urinando em um carro de polícia. Detalhe: as imagens foram publicadas depois que a polícia de Gwent publicou em sua página (também no Facebook) um alerta pedindo informações sobre o fugitivo. Watkins foi solto em maio de 2012, sete meses antes de terminar de cumprir pena, mas violou a condicional. Ele chegou a provocar a polícia nas redes sociais escrevendo: ''Estou no site da polícia de Gwent. Prenda-me se for capaz -- façam seu maldito trabalho'' (em tradução livre). No dia 13 de fevereiro, as autoridades anunciaram que ele foi detido novamente Reprodução/Daily Mail Mais
20.fev.2013 - A visita de Ryan William Waterman (esq), então com 21 anos, a um santuário ecológico da Flórida (EUA) pode lhe render uma multa de US$ 500 e até 60 dias de prisão, segundo o 'Palm Beach Post'. Isso porque, durante o passeio com sua família, ele e as crianças com quem estava tiraram fotos interagindo de forma inadequada com um filhote de peixe-boi. As imagens (acima) foram postadas no Facebook, a FWC (Comissão de Conservação da Vida Selvagem) foi alertada e Waterman, intimado por violar as regras do santuário Reprodução/Palm Beach Post Mais
11.mar.2013 - A polícia de Nova York procura o rapaz da foto acima que, segundo o ''New York Post'', roubou o iPhone de uma mulher e postou no Facebook da vítima uma foto em que aparece fumando maconha. A vítima de 27 anos foi roubada no dia 2 de março, por volta das 3h. Pouco depois, viu em seu próprio perfil no Facebook, que havia sido atualizado via celular, a imagem do ladrão. Ela então informou a polícia, que disse estar investigando o caso Reprodução/'New York Post' Mais
14.mar.2013 - Um britânico foi condenado a sete anos de prisão em Salford, Reino Unido, por porte ilegal de armas. Ele foi descoberto depois de publicar fotos de si mesmo posando com as armas no Facebook, segundo informações do 'Daily Mail'. Marcel Maden, então com 19 anos, foi preso em outubro de 2012. Em sua casa, a polícia encontrou um arsenal de armas -- algumas delas proibidas para uso por civis -- e as fotos originais armazenadas no iPhone do rapaz Reprodução/Daily Mail Mais
22.mar.2013 - Christopher Robinson, então com 23, foi preso nos Estados Unidos por nunca pagar a pensão alimentícia ao filho de dois anos. O que entregou o jovem às autoridades foram fotos publicadas no Facebook, em que ele aparece exibindo muitas notas de dinheiro. A procuradoria do condado de Milwaukee, que acompanhava as atualizações de Robinson, afirma que as fotos servem de evidência para a prisão. ''O Facebook é uma ótima ferramenta de investigação, pois dá um retrato de como essas pessoas realmente vivem'', afirmou Kent Lovern, da procuradoria de Milwaukee Reprodução/Cbs58 Mais
9.abri.2013 - A ativista estudantil Jennifer Pawluck, 20, foi presa e, em seguida, solta por ter postado no Instagram uma imagem de um grafite que mostrava um policial com uma bala na cabeça. A polícia considerou o ato uma ameaça à instituição Reprodução/CBC Montreal Mais
5.abr.2013 - Aidan Folan, então com 21 anos, foi detido pela polícia norte-americana por assaltar uma idosa no dia 9 de março, no Brooklyn (Nova York), levando US$ 200 da vítima. Um vídeo com a ação violenta foi divulgado pelas autoridades (à dir; Folan chegou a chutar a mulher no rosto), que passaram a receber pistas indicando o perfil do suspeito no Facebook. Na rede social, ele aparecia em fotos (esq.) usando roupas com a mesma identificação daquela do dia do assalto. O moletom do estudante é usado por um grupo de alunos do colégio Xaverian e tem, inclusive, o apelido do jovem estampado - mesmo apelido que ele usa para se identificar no Facebook Reprodução CBS e NY Daily News Mais
26.abri.2013 - Uma gangue de ladrões de carros de luxo foi presa no Reino Unido, após divulgar no Facebook fotos de maços de dinheiro e alguns dos itens furtados. Em 15 ações realizadas durante cinco meses em 2012, os oito homens roubaram carros, joias, telefones celulares e computadores. Os ladrões, que foram condenados no Reino à prisão, têm entre 18 e 23 anos. Entre os veículos estão um Porsche 911, um Porsche Cayman, uma Mercedes AMG C63, uma Land Rover Discovery, duas BMW, um Range Rover Sport, um Audi Q5 e um Golf Reprodução/Daily Mail Mais
13.mai.2013 - A foto de um bife publicada na rede social Instagram ajudou a polícia da Flórida (EUA) a identificar um casal envolvido com fraude. Com a localização e data de publicação da foto acima, autoridades comprovaram que o casal realizou uma transação ilegal com um agente disfarçado Reprodução/Daily Mail Mais
22.mai.2013 - Uma britânica publicou o tuíte à esquerda no domingo (19), dizendo ter derrubado um ciclista (ela afirmou ter prioridade na via, pois ele nem paga impostos). No mesmo dia, a polícia local publicou um tuíte (dir.) dizendo para a mulher identificada como @EmmaWay20 se apresentar imediatamente à delegacia (na sequência, uma internauta mostrou à polícia a foto de um velocímetro, que teria sido publicada por Emma). A mulher deletou sua conta e não há informações se foi detida. A ''BBC'' entrevistou o ciclista Toby Hockley, 29, que pode ter sido atingido por Emma: ''Tenho sorte de estar vivo'', afirmou Reprodução/Twitter Mais
27.mai.2013 - O detento Michael Earl Thomas postou fotos na rede social Instagram de dentro da cadeia de Baltimore, EUA, usando um celular contrabandeado. As imagens mostram grupos de prisioneiros e outros locais da cadeia. Thomas, que está preso por assalto à mão armada, pode pegar mais três anos de prisão e multa de US$ 1.000 pelo contrabando do celular Reprodução/Daily Mail Mais
7.jun.2013 - Linsey Attridge, então com 31 anos, inventou ter sido estuprada por dois homens que teriam invadido a sua casa. Isso para que seu então namorado, Nick Smith (foto), ficasse com pena dela e não terminasse o ''romance''. Detalhe: ela usou o Facebook para escolher, aleatoriamente, dois perfis e acusar falsamente os homens pelo estupro que nunca ocorreu. O incidente ocorreu em 2011 e a polícia, sem achar provas para sustentar a versão de Linsey, encerrou o caso dois meses após o início das investigações Reprodução/Daily Mail Mais
28.jun.2013 - O adolescente Justin Carter, 18, foi preso no dia 14 de fevereiro por causa de um comentário postado no Facebook, segundo seus pais. Após uma discussão no Facebook motivada pelo jogo ''League of Legends'', alguém chamou Carter de louco e perturbado. Ele então respondeu, escrevendo que era mesmo louco e invadiria uma escola cheia de crianças, para atirar nelas e comer seus corações quando ainda estivessem batendo. Uma mulher leu o post, descobriu que Carter havia morado perto de uma escola infantil e o denunciou à polícia. Carter, de New Braunfels (Texas, EUA), foi solto no dia 11 de julho após o pagamento anônimo da fiança de US$ 500 mil Reprodução/Change.org Mais
10.jul.2013 - A polícia norte-americana prendeu no México a fugitiva Wanda Lee Ann Podgurski, então com 60 anos, depois que a mulher postou em seu Twitter a provocativa frase ''catch me if you can'' (prenda-me se for capaz). Segundo o site ''DailyDot'', um comunicado divulgado pela promotora Bonnie Dumanis indica que o tuíte teve papel fundamental na captura. Wanda é acusada de uma fraude de US$ 650 mil contra empresas de seguro. Em janeiro, ela foi condenada a 20 anos de prisão, mas aproveitou que havia pago fiança de US$ 500 mil antes do julgamento e fugiu. Seu último tuíte foi postado no dia 9 de julho com a frase: ''O que comer na cadeia hoje de manhã? Vocês têm café orgânico?''. Sua conta no microblog (@wanda_podgurski) foi encerrada Reprodução/Gawker Mais
15.jul.2013 - A foto acima 'dedurou' o Brian Frain, 36, que responderá no Reino Unido pelo crime de bigamia. Anne-Marie Sim se casou com Brian Frain em 1999, e a união durou dois meses. Eles nunca mais se viram, e ela descobriu pelo Facebook que ele havia se casado em setembro de 2009 com Louise Meredith (dir. da foto). Frain disse ter deduzido que não era mais casado por causa do período de tempo que havia passado Reprodução/Daily Mail Mais
28.jul.2013 - A britânica Shermya Pyatt foi condenada a 22 meses de prisão por roubar uma bicicleta em 2012. Ela foi encontrada pela própria vítima do crime no Facebook, que fez a denúncia para polícia. O comparsa de Sermya teria dito o nome dela durante o ato, o que possibilitou encontrá-la na rede social Reprodução/Facebook Mais
5.ago.2013 - A foto à esquerda foi divulgada no Facebook pela cervejaria Brewers Cabinet, em Reno (Nevada, EUA). Na legenda, o dono do estabelecimento acusava o homem - até então não identificado - de sair sem pagar a conta. Saul Zelaznog foi detido em 1º de agosto, um dia depois da publicação (a foto da direita foi registrada pela penitenciária de Washoe). A polícia afirmou que ele violou sua condicional, sem dar detalhes. O perfil da cervejaria afirma que Zelaznog foi identificado graças aos usuários do Facebook Facebook e Penitenciária de Washoe Mais
5.ago.2013 - Após promover uma campanha para que rostos de mulheres aparecessem nas notas de dinheiro do Reino Unido, a militante feminista Stella Creasy começou a receber ameaças pelo Twitter. A foto acima, tirada do filme ''Halloween'', foi tuitada com o seguinte texto: ''Serei a primeira coisa que você verá ao acordar''. Depois de questionar a inexistência de um botão para reportar diretamente esse tipo de abuso, Stella conseguiu que o Twitter adicionasse o recurso. Ela também denunciou o caso acima à polícia. Duas pessoas foram presas por outras ameaças à militante Reprodução/Twitter Mais
12.ago.2013 - Caleb Clemmons, 20, estudante americano de Geórgia, foi condenado a seis meses de prisão por fazer ameaças na rede social 'Tumblr' de que iria atirar na universidade em que estuda. Ele escreveu 'Olá. Meu nome é Irenigg e estou pensando em atirar na Geórgia. Passe isso para frente para ver o efeito que esta mensagem tem. Vamos ver ver se serei preso'. Algumas horas depois, ele foi detido. Os policiais não acharam planos para atacar a escola e nem armas, mas o jovem foi condenado mesmo assim e precisa pagar US$ 20 mil de fiança para ser liberado. Clemmons disse que a ameaça foi uma 'obra literária experimental e um projeto de arte' Reprodução/Gawker Mais
30.ago.2013 - Amrik Gill, então com 26 anos, não foi preso por causa das redes sociais, mas causou revolta ao usar essa ferramenta para falar sobre o tempo em que esteve detido. Gill (de Manchester, Reino Unido) ficou preso de janeiro a agosto por fraudes relacionadas à venda de ingressos. Ao sair, ele postou: ''Foram as melhores férias da minha vida. Gostaria de agradecer ao contribuinte por tornar isso possível''. Quando questionado o post, diz o ''Daily Mail'', ele afirmou só estava sendo sarcástico. O post foi removido Reprodução/Daily Mail Mais
9.dez.2013 - Depree Johnson foi preso pela polícia de Palm Beach, Flórida, EUA, após postar fotos na rede social Instagram (na conta @duce22ceritfied, que já foi excluída) portando drogas e armas. Ele é suspeito de ter organizado uma série de assaltos na região. Na casa dele, a polícia encontrou diversos objetos valiosos, como jóias, relógios, diamantes e duas armas de fogo que haviam sido roubadas. Johnson vai responder na justiça por 142 acusações Reprodução/Gawker Reprodução/Gawker Mais
10.fev.2014 - Michelle Chapman, moradora de Cornwall, Reino Unido, criou os perfis falsos como se fossem de seu pai e madrasta. Então, enviou ao perfil dela mesma durante um ano centenas de mensagens ''de natureza sexual muito desagradável''. Ela foi condenada a um ano e oito meses de prisão Reprodução/The Independent Mais
28.fev.2014 - Julian Velasquez (foto), 19, foi detido por ameaçar no Facebook um policial que mandou guinchar seu carro no dia 19 de fevereiro - o veículo estava sem seguro obrigatório. Em mensagem privada, o jovem de Glen Cove (Nova York, EUA) disse que seria ''game over'' caso os dois se encontrassem novamente. E também provocou o policial, dizendo que ele não havia encontrado a maconha escondida no automóvel guinchado. ''Somos atacados o tempo todo em redes sociais. Mas é outra história quando isso chega ao seu inbox [para remetente específico]'', afirmou um policial de Glen Clove ao jornal ''Newsday''. Velasquez foi preso no dia 26 de fevereiro e pagou fiança de US$ 3.000 (cerca de R$ 7.000) para responder em liberdade Polícia de Glen Cove/AP Mais
17.mar.2014 - A polícia de Los Angeles (Califórnia, EUA) deteve um homem por causa de um post no Twitter. Dakkari McAnuff, 20, publicou a foto de um rifle apontado para a rua com a frase: ''100 RTs [retuítes] e eu atiro em alguém que passar andando''. As autoridades conseguiram identificar a localização onde a foto foi tirada e prenderam o homem. Uma pistola de ar comprimido foi encontrada em sua casa Reprodução/Twitter Mais
31.mar.2014 - Colleen Cudney, 22, pode enfrentar até 93 dias na prisão depois de publicar no seu perfil do Facebook um post em que admitia ter bebido. Ela foi proibida pela Justiça de Michigan de ingerir bebidas alcoólicas depois de ser flagrada pela polícia dirigindo embriagada em 2012. No post, ela comemorava: ''Fiz o teste de bafômetro nesta manhã e bebi ontem, mas passei, graças a Deus.'' Autoridades foram alertadas sobre o post e a convocaram para um teste de urina, para o qual ela não compareceu. Uma audiência ainda vai determinar a pena, que pode chegar a três meses de reclusão Reprodução/Daily Mail Mais
7.abr.2014 - Um fugitivo britânico que caçoou de policiais no Facebook dizendo que eles ''estavam procurando no lugar errado'' foi preso em Salford, na região metropolitana de Manchester, Reino Unido. A polícia intensificou as buscas e ainda escreveu no Twitter que ''tinha aceitado o desafio proposto'' pelo foragido. ''Vocês, policiais, mandando dez homens da força tática para me pegar, não se preocupem em fazer isso porque estão me procurando nos lugares errados'', escreveu na rede social Reprodução/Facebook Mais

Redes sociais ''denunciam'' fraudes, roubos e outros crimes; veja

Últimos álbuns de Tecnologia



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos