Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/2012/06/19/surface-nao-e-primeiro-tablet-da-microsoft-conheca-modelos-anteriores.htm
  • totalImagens: 26
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120619182506
    • tablet [36650]; Microsoft [13639]; Guia de produtos [16837];
Fotos
Apesar do clima de mistério que a Microsoft pretendeu criar em torno do lançamento do Surface (foto), tablet da companhia que deve rivalizar com o iPad, essa não é a primeira iniciativa da empresa no mercado de ultraportáteis. Há mais de uma década a fabricante do Windows vem apresentando dispositivos para ''revolucionar'' a computação pessoal em parcerias com fabricantes de hardware. Conheça quais foram essas iniciativas a seguir Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
Em 2000, Steve Ballmer, CEO da Microsoft, aparece com o Pocket PC ou ''computador de bolso'', durante apresentação na estação central de Nova York (EUA). A empresa, em parceria com mais três fabricantes, desenvolveu o dispositivo, que funcionava como agenda eletrônica, tocava músicas, gravava sons e acessava a internet 19.abr.2000 - Jeff Christensen/AP Mais
Em 2000, Steve Ballmer, CEO da Microsoft, aparece com o Pocket PC ou ''computador de bolso'', durante apresentação na estação central de Nova York (EUA). A empresa, em parceria com mais três fabricantes, desenvolveu o dispositivo, que funcionava como agenda eletrônica, tocava músicas, gravava sons e acessava a internet 19.abr.2000 - Jeff Christensen/AP Mais
Em 2000, surge o Pocket PC, computador de bolso lançado pela Microsoft e parceiros em uma conferência na cidade de Nova York (EUA). Os modelos que aparecem na foto são da Casio (à esq.) e da Hewlett-Packard. O sistema usado no dispositivo, mais tarde, seria a base do Windows Mobile que, por sua vez, evoluiu para o Windows Phone 19.abr.2000 - Jeff Christensen/AP Mais
Em 2002, a Microsoft lançou o Windows XP para Tablet PC. Fabricantes como HP (foto), Samsung, Toshiba e Acer produziram alguns desses dispositivos móveis com o sistema da Microsoft. Um Tablet PC custava em média US$ 1.500 e tinha a tela operada por caneta (que não funcionava tão bem; alguns modelos ganharam ''de volta'' um teclado deslizante) Janto Dreijer Mais
Em 2005, então presidente e chefe de arquitetura de software da Microsoft, Bill Gates apresentou mais um protótipo de um tablet PC durante a Conferência de Engenharia de Hardware da empresa em Seattle. No ano seguinte, a empresa lançaria o projeto Origami, para criar o UMPC (Ultra Mobile Personal Computer) em parceria com empresas de hardware 25.abr.2005 - Robert Sorbo/AP Mais
Em 2003, alguns modelos de Pocket PC, como o Dell Axim, que usavam sistema operacional da Microsoft, surgiram no mercado 21.out.2003 - Richard Drew/AP Mais
Em 2006, uma das fabricantes que produziu o UMPC (Ultra Mobile Personal Computer) foi a taiwanesa Asus. O Asus R2E tinha tela sensível ao toque de 7 polegadas, HD de 80 GB, GPS e câmera de 1,3 megapixels Divulgação Mais
Em 2006, a companhia japonesa PBJ lançou o UMPC Smart Caddie. Ele tinha tela de 7 polegadas, processador Via C7M de 1 GHz, Wi-Fi e pouco menos de 3 horas de autonomia de bateria. Bill Mitchell, vice-presidente de plataformas móveis Windows, segura o modelo de tablet da marca 2006 - Toshifumi Kitamura/AFP Mais
Em 2006, William Mitchell, vice-presidente da Microsoft, mostrou na Cebit, feira de tecnologia em Hanover (Alemanha), um modelo de UMPC (Ultra Mobile Personal Computer) feito em parceria com a Samsung. O processador era Intel Celeron e o ''prototablet'' tinha duas portas USB 9.mar.2006 - Eckehard Schulz/AP Mais
Em 2006, o Samsung UMPC Q1 tinha uma tela sensível ao toque de 7 polegadas e rodava o sistema operacional Windows XP. O processador era Intel Celeron e (pasmem) tinha duas portas USB. O aparelho nem chegou a ser comercializado no Brasil 2006 - Robert Sorbo/Microsoft/Handout/Reuters Mais
Em 2010, antes mesmo de a Apple lançar o primeiro modelo de iPad no mercado, a Microsoft mostrou um tablet da HP com o sistema operacional Windows 7. A apresentação rápida foi feita em janeiro pelo CEO da empresa, Steve Ballmer, durante a CES, feira de tecnologia em Las Vegas (EUA) e não empolgou analistas do mercado 2010 - Mario Anzuoni/Reuters Mais
Na época, Ballmer não deu muitos detalhes do ultraportátil e a apresentação decepcionou o mercado de tecnologia. O CEO da Microsoft chegou a anunciar que o tablet estaria disponível ainda em 2010 no mercado consumidor. O HP Slate 500, no entanto, só começaria a ser vendido no final de outubro nos Estados Unidos por US$ 799 2010 - Mario Anzuoni/Reuters Mais
Ainda em 2010, segundo o site ''Apple Insider'', a HP produziu naquele ano apenas 9 mil unidades do HP Slate 500, ofertando o ultraportátil apenas para o mercado corporativo. A Apple, que lançou no mesmo ano o iPad, vendeu cerca de 14 milhões de tablets nos primeiros 12 meses 2010 - Mario Anzuoni/Reuters Mais
Segundo o site ''Apple Insider'', a HP produziu naquele ano apenas 9 mil unidades do HP Slate 500, ofertando o ultraportátil apenas para o mercado corporativo. A Apple, que lançou no mesmo ano o iPad, vendeu cerca de 14 milhões de tablets nos primeiros 12 meses 2010 - Mario Anzuoni/Reuters Mais
O nome ''Surface'' do tablet da Microsoft não é tão original: ele já batizava outro produto da fabricante, uma mesa com superfície sensível ao toque. Lançada em 2007 e longe de ''ultraportátil'', a Surface era uma tela grande de 30 polegadas com uma superfície sensível ao toque e com preço entre US$ 5 mil e US$ 10 mil 2007 - AFP Mais
O nome ''Surface'' do tablet da Microsoft não é tão original: ele já batizava outro produto da fabricante, uma mesa com superfície sensível ao toque. Em 2011, na CES, feira de tecnologia em Las Vegas (EUA), Steve Ballmer anunciou uma nova versão da Surface, mais fina: 4 polegadas (cerca de 10 cm) 2010 - Júlio Guimarães/UOL Mais
Em 2012, cerca de uma década depois dos primeiros Pockets PCs e Tablets PCs feitos em parceria com grandes fabricantes de hardware, a Microsoft apresentou finalmente o seu próprio ultraportátil, batizado de Surface. ''Nós acreditamos que qualquer intervenção entre o homem e uma máquina pode ser feita de melhor forma quando hardware e software estão integrados'', argumentou Steve Ballmer, CEO da Microsoft Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
O Surface terá duas versões: uma com o sistema operacional Windows 8 RT (específico para plataforma de processadores ARM, feito pela Nvidia e outras fabricantes) e outra com o Windows 8 Pro (com processadores Intel) Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
O Surface já virá com uma capa embutida para apoiá-lo, como a smart case do iPad. O aparelho também terá suporte a um teclado touchscreen para facilitar na produção de conteúdo no portátil. David McNew/Reuters Mais
O tablet Surface com Windows RT terá 9,3 milímetros de espessura, porta USB 2.0, espaço para cartão micro SD, carcaça de magnésio, cerca de 680 gramas e tela de 10,6 polegadas (maior que a maioria dos concorrentes). Ele será vendido com duas versões de armazenamento: 32 GB ou 64 GB Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
A versão do Surface com Windows 8 Pro também terá o mesmo tamanho de tela, mas com espessura maior (13,5 mm), mais pesado (903 gramas) e com autonomia de bateria um pouco maior. Outra novidade é a porta USB 3.0. Ele será vendido em duas versões: uma de 64 GB de armazenamento e outra de 128 GB Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
A Microsoft afirma que o Surface na versão com Windows 8 Pro terá suporte a uma caneta para que o usuário possa fazer anotações diretamente no display do portátil Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
O Surface já virá com uma capa embutida para apoiá-lo, como a smart case do iPad. O aparelho também terá suporte a um teclado touchscreen para facilitar na produção de conteúdo no portátil. Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais
O Surface já virá com uma capa embutida para apoiá-lo, como a smart case do iPad. O aparelho também terá suporte a um teclado touchscreen para facilitar na produção de conteúdo no portátil. Damian Dovarganes/AP Mais
O Surface com Windows 8 RT será lançado antes que o Pro -- precisamente junto com o lançamento mundial do sucessor do Windows 7, previsto para setembro ou outubro. Já o Pro deve ser vendido após cerca de três meses de venda do Windows 8. A Microsoft não informou o preço dos aparelhos Kevork Djansezian/Getty Images/AFP Mais

Tablet Surface é nova tentativa da Microsoft na área dos ultraportáteis; veja anteriores

Mais álbuns de Tecnologia x

Últimos álbuns de Tecnologia

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos