Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/2012/07/17/servicos-do-virtual-ao-real-vao-de-imprimir-fotos-do-instagram-a-criar-papel-higienico-de-tuites.htm
  • totalImagens: 31
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120717191729
    • Dicas de tecnologia [50617];
Fotos
Alguns serviços foram feitos essencialmente para o mundo online, mas acabam tendo desdobramentos além dele. Já outros usam as facilidades da internet para dar uma ''mãozinha'' para serviços do mundo real. Eles vão de imprimir fotos do Instagram a criar um papel higiênico com tuítes; ou até pedir entrega de comida com um toque no ímã da geladeira. Veja a seguir Arte UOL Mais
Funprint. Para quem é fã do Instagram, o FunPrint é um serviço disponível no Brasil que imprime suas fotos da rede social em vários formatos (porta-retrato, miniálbum, quadro, ímã, entre outros). Os valores variam de R$ 15 a R$ 30 (sem a taxa de entrega) Reprodução Mais
Funprint. É necessário conectar sua conta no Instagram para então selecionar diretamente no seu perfil as fotos que quer impressas. No caso do UOL Tecnologia, o envio das fotos foi rápido -- foi pedido um minilivro com 24 fotos -- assim como a entrega (feita em três dias para uma cidade da região metropolitana de São Paulo). Não havia defeito na impressão, mas é preciso tomar cuidado: às vezes no próprio Instagram nós deixamos sobrar bordas pretas nas imagens; elas saem também nas fotos impressas Ana Ikeda/UOL Mais
iPostal. Um hábito antigo que ainda resiste é o de enviar cartões-postais, mas mais legal do que escolher um com uma foto genérica é mandar uma imagem que você mesmo tirou, não? Essa é a proposta do iPostal, que funciona no Brasil. Os preços variam de R$ 2,99 (um postal) a R$ 98,67 (50 postais). O cartão impresso, garante a empresa, chega em até cinco dias ao destinatário Reprodução Mais
iPostal. O remetente pode se conectar ao site do iPostal ou via aplicativo no smartphone (por enquanto, disponível apenas para iPhone). Depois de acessar o sistema, pode fazer o upload da foto desejada (com tamanho superior a 554x393 pixels) e editá-la, adicionando uma mensagem. Você então adiciona o destinatário e prossegue para o pagamento Divulgação Mais
Shitter. Parece brincadeira, mas não é: o serviço Shitter se propõe a imprimir tuítes que você publicou ou das pessoas que você segue em um rolo de papel higiênico Reprodução Mais
Shitter. O custo da ''brincadeira'' é US$ 35 (o valor pode dobrar quando é incluída a taxa de frete para o Brasil) e é possível encomendar até quatro unidades de uma só vez Reprodução Mais
Pizza Red Tomato. Não seria ótimo pedir uma pizza apertando apenas um botão? Pois é, alguém já teve essa ideia: a rede Red Tomato Pizza, que fica em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (ou seja, não está disponível no Brasil), inventou um ímã de geladeira que vem com o ''Botão da fome''. Basta apertá-lo e a pizza preferida é pedida Reprodução Mais
Pizza Red Tomato. O gadget é conectado via Bluetooth a um smartphone: pelo aplicativo, você deixa configurado o sabor preferido (e pode alterá-lo quando quiser). Um SMS é enviado ao cliente para confirmar a chegada do pedido na pizzaria. A procura foi tamanha que o ímã atualmente está em falta Divulgação Mais
iFood. Se por enquanto ainda não temos o ímã de pedido instantâneo, pelo menos podemos nos virar com sites que agrupam serviços de delivery. O iFood já está conectado a 900 estabelecimentos em São Paulo, Barueri, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Santo André, Santos, São Caetano do Sul, além de Rio de Janeiro e Salvador Reprodução Mais
iFood. Além de permitir pedidos via site, o iFood tem um aplicativo gratuito na App Store. O pessoal da MacWorld Brasil mostra como o sistema de pedidos via iPhone (veja em MAIS); dá até para acompanhar o pedido Divulgação Mais
RestauranteWeb. Assim como o iFood, o RestauranteWeb é um sistema que reúne vários estabelecimentos que fazem entrega de refeições. O serviço está disponível em 23 Estados do Brasil Reprodução Mais
RestauranteWeb. O usuário pode fazer o pedido de comida pelo site ou via aplicativo (acessado direto do navegador do smartphone, depois que usuário faz o cadastro gratuito no sistema. O funcionamento é simples, basta escolher o restaurante, o prato e finalizar o pedido (que demora algum tempo para ser processado) Divulgação Mais
Casetagram. Outro serviço que une o Instagram a objetos físicos é o Casetagram. Com ele, é possível usar fotos que você publicou na rede social para montar uma capa para iPhone por US$ 34,95 ou para iPad por US$ 54,95, e não há cobrança de taxa de entrega Reprodução Mais
Casetagram. É possível criar oito designs diferentes de capas (com bolinhas, quadradinhos, foto única, etc). Depois de escolher o desenho, o sistema seleciona aleatoriamente as fotos que irão na capa. A entrega para o Brasil demora de 10 a 15 dias úteis (mas pode demorar mais) Divulgação Mais
Etsy. No site que vende ''zilhares'' de objetos artesanais, é possível encontrar quem personalize capas para iPhone. O usuário Dynamic Imprintables é um deles e cobra US$ 18 (sem frete), com entregas internacionais. O problema é que é preciso mandar uma arte que se encaixe à capa (algo em torno de 5,7 x 11,43 cm) Reprodução Mais
Stickgram. Para quem gosta de ímãs de geladeira, há o Stickgram, que usa fotos do Instagram para confeccioná-los por US$ 14,99 (não cobra taxa de entrega) Reprodução Mais
Stickgram. O serviço tem entrega internacional e faz 9 ímãs por folha. Para escolher as fotos do Instagram, é preciso conectá-lo ao serviço, fornecendo seu login e senha Divulgação Mais
Instacanvas. Mais ''tradicional'', o Instacanvas imprime fotos do Instagram em telas a partir de US$ 31,99 (sem taxa de entrega) Reprodução Mais
Instacanvas. É possível escolher a cor da borda do quadro (preta ou branca) e o tamanho da tela (12''x12'', 16''x16'' e 20''x20''). Quanto maior a tela, mais cara será. O serviço tem entrega internacional Divulgação Mais
Moo. Outro serviço interessante é o do Moo, que faz cartões de visita em vários formatos a partir de fotos que você tenha no Facebook, Flickr, Picasa, SmugMug ou Etsy. Também é possível criar cartões postais, adesivos, etiquetas e outros acessórios Reprodução Mais
Moo. É preciso conectar a conta desejada ao Moo e aguardar algum tempo (dependerá da sua conexão) para que elas sejam carregadas. Você pode então selecionar até 100 fotos que desejar. Os preços partem de US$ 19,99 (sem taxa de entrega) Reprodução Mais
Moo. O site também cria cartões baseados na sua foto de perfil e capa do Facebook gratuitamente (ele cobra, no entanto, a taxa de entrega, de cerca de US$ 15,75). São impressas 50 unidades Reprodução Mais
Moo. No cartão com cara de Facebook, o Moo permite que você escreva uma mensagem e adicione informações de contato (telefone, por exemplo). Ele faz entregas internacionais, via Correios Reprodução Mais
Cocoagraphs. Que tal imprimir fotos digitais em barras de chocolate? As barras Cocoagraphs são comestíveis (mesmo) e feitas à mão. Dá para escolher se você quer de chocolate ao leite, meio amargo ou branco -- e até para imprimir fotos do Instagram. Um pacote com três barras é vendido por US$ 12 e o site tem entrega internacional Reprodução Mais
Cocoagraphs. Que tal imprimir fotos digitais em barras de chocolate? As barras Cocoagraphs são comestíveis (mesmo) e feitas à mão. Dá para escolher se você quer de chocolate ao leite, meio amargo ou branco -- e até para imprimir fotos do Instagram. Um pacote com três barras é vendido por US$ 12 e o site tem entrega internacional Reprodução Mais
Cocoagraphs. Que tal imprimir fotos digitais em barras de chocolate? As barras Cocoagraphs são comestíveis (mesmo) e feitas à mão. Dá para escolher se você quer de chocolate ao leite, meio amargo ou branco -- e até para imprimir fotos do Instagram. Um pacote com três barras é vendido por US$ 12 e o site tem entrega internacional Reprodução Mais
O aplicativo SnapFish by HP transforma as fotos do Facebook em um álbum que pode ser colocado embaixo do braço. O software analisa as fotos do usuário na rede social e elabora um livro de 20 páginas com as imagens mais populares que encontrar, levando em conta os comentários e atualizações de status. Os preços variam de U$ 6 (cerca de R$ 12) até U$ 49.99 (cerca de R$ 100). A entrega esta disponível no Brasil Reprodução Mais
O gadget "JewelGram" promete tornar suas fotos do Instagram em um pingente ou brinco. O produto é capaz de imprimir as fotos que estão na timeline em superfícies de ouro, prata ou plástico. Para criar pingentes ou anéis de plástico e prata, o preço varia entre US$ 15 (cerca de R$ 30) até US$ 55 (cerca de R$ 110). Já para acessórios em ouro, o valor pode ultrapassar U$ 1.000 (cerca de R$ 2.000). O projeto ainda está sendo desenvolvido Divulgação Mais
O hábito de enviar cartões postais de locais onde passamos férias acabou ficando para trás com o uso das redes sociais. Mas o aplicativo PS Postcards (disponível para iOS) quer resgatar isso: depois de baixá-lo, é possível criar um cartão postal personalizado, com fotos do usuário e uma mensagem escrita por ele. Depois, basta inserir o endereço e pagar £ 1,49 (R$ 5,25). O cartão é impresso no Reino Unido e enviado via Correio ao destinatário Divulgação Mais
Depois de baixar o PS Postcards (disponível para iOS), o usuário pode tirar uma foto ou escolher uma da biblioteca do celular. Há nove opções de filtros para aplicar nas imagens; depois, é possível digitar uma mensagem e enviá-la pelo Facebook ou pelos Correios (para essa opção, é preciso pagar £ 1,49 ou R$ 5,25 via PayPal) Divulgação Mais

Serviços 'do virtual ao real' vão de imprimir fotos do Instagram a criar papel higiênico de tuítes

Últimos álbuns de Tecnologia



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos