Projetor "de bolso" reproduz arquivos de smartphones, tablets e pendrives

Sérgio Vinícius
Para o UOL Tecnologia

  • Divulgação

    Projetor é portátil, podendo ser carregado no bolso de uma calça (ele equivale a dois maços de cigarros)

    Projetor é portátil, podendo ser carregado no bolso de uma calça (ele equivale a dois maços de cigarros)

O sempre agradável vídeo da Nana Gouvea dançando de Mamãe Noel ganha um efeito especial interessante quando projetado sobre uma parede cor “creme”: trata-se de um efeito especial caseiro, que gera um bronzeamento artificial bastante simpático. Experiência como essas ou de outros vídeos em sua parece podem ser realizadas com o projetor portátil QUMI, da Vivitek, compatível com smartphones e computadores de diversas marcas.

Direto ao ponto: Vivitek QUMI

Dimensões: 16,2 x 3,2 x 10,2 cm (L x A x P)
Peso: 635 g
Resolução máxima: 1.600 x 1.200
Distância de projeção: 1 a 3 metros
Brilho: 300 lumens
Conexões: HDMI, VGA, AV, USB, MicroSD
Compatibilidade: Jpeg, Mpeg 4, Office, H.264
Preço sugerido: R$ 2.000
Pontos positivos: Portátil, pode ser levado no bolso; fácil de operar
Pontos negativos: Caro; poderia ter mais opções de compatibilidade, tanto em relação a arquivos como a aparelhos eletrônicos

Apesar de Nana não decepcionar, o equipamento erra o compasso em vários momentos. No primeiro deles, se vende como compatível com iPad. Entretanto, ele somente pode ser utilizado pelo iPad 2, já que a primeira geração do tablet da Apple não conta com entrada HDMI, conexão também utilizada pelo Vivitek (a outra compatibilidade é o cabo RGB).

 

Outra pequena falha do aparelho é o controle embarcado em sua superfície: os botões não estão em relevo, somente podendo ser vistos quando iluminados. O problema é que eles apagam a todo momento. O usuário do projetor “perde” os botões, esbarra sem querer em qualquer ponto e a operação de projeção vira uma confusão danada (só faltando torta na cara).

Os problemas do QUMI param por aí (isso se for considerado que o preço sugerido de R$ 2.000 não é empecilho para a aquisição do produto).

Com boa resolução nas imagens (de 1.600 x 1.200 cm) e competente brilho que permite a visualização do que for em ambientes claros (300 lúmens), ele também é altamente portátil, podendo ser carregado no bolso de uma calça – tem o tamanho aproximado de dois maços de cigarros (16 cm) e pesa pouco mais de meio quilo (600 g). Consegue projetar vídeos em Mpeg 4, imagens em Jpeg e demais documentos criados com pacotes de escritório, como o Microsoft Office, diretamente de pendrives.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos