Varejista cobra taxa de quase 7% de usuários que compram utilizando Internet Explorer 7

Do UOL*, em São Paulo

  • Reprodução

    Varejista eletrônico australiano Kogan taxa usuários que fazem compras com o Internet Explorer 7

    Varejista eletrônico australiano Kogan taxa usuários que fazem compras com o Internet Explorer 7

O site de comércio eletrônico australiano Kogan instituiu a primeira taxa do mundo para usuários do navegador Internet Explorer 7. Quem acessar o site do varejista e comprar algum produto poderá ser taxado em 6,8% pelo simples fato de utilizar esta versão do navegador da Microsoft.

Segundo Ruslan Kogan, diretor-executivo da rede, a razão para a taxa são os custos de adaptação do site para usuários desta versão antiga do navegador da Microsoft.

Em entrevista à BBC, Kogan disse que a ideia começou quando a companhia começou a trabalhar em alterar a página do varejista. Mesmo que apenas 3% dos consumidores do site utilizem o Internet Explorer, a equipe de tecnologia gastou muito tempo em fazer com que as páginas também funcionem de forma apropriada no IE7.

“Eu estava constantemente com a equipe de desenvolvimento e o tempo gasto em fazer com que a página fosse visualizada normalmente no Internet Explorer 7 foi o mesmo utilizado no desenvolvimento para o Chrome, Safari e o Firefox juntos”, disse.

Apesar de não achar que ninguém pagará pela taxa, Ruslan Kogan espera que dessa forma os usuários se sintam encorajados a atualizar a versão do navegador que utilizam ou mesmo utilizar outro.

O Internet Explorer 7 foi lançado em 2006 e a última versão disponível do browser da Microsoft é o Internet Explorer 9. A nova versão do navegador, Internet Explorer 10, deve sair ainda este ano. (Com BBC)



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos