Microsoft anuncia tablet Surface com Windows 8 para bater de frente com iPad

Do UOL, em São Paulo

  • Joe Klamar/AFP

    Surface: tablet da Microsoft tem tela de 10,6 polegadas e 9,3 milímetros de espessura

    Surface: tablet da Microsoft tem tela de 10,6 polegadas e 9,3 milímetros de espessura

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (18) um modelo de tablet feito pela própria empresa. Chamado Surface, o aparelho foi apresentado em um “misterioso” evento da companhia, sobre o qual os jornalistas nem chegaram a ser informados ao certo do tema. A companhia, como a Apple, decidiu entrar no mercado de tablets "produzindo o próprio hardware" e o próprio software. "Nós acreditamos que qualquer intervenção entre o homem e uma máquina pode ser feita de melhor forma quando hardware e software estão integrados", argumentou Steve Ballmer, diretor-executivo da Microsoft, durante a apresentação.

Surface: Microsoft apresenta tablet de 10,6 polegadas
Veja Álbum de fotos

O aparelho terá duas versões: uma com o sistema operacional Windows 8 RT (específico para plataforma de processadores ARM, feito pela Nvidia e outras fabricantes) e outra com o Windows 8 Pro (com processadores Intel).

O tablet Surface com Windows RT terá 9,3 milímetros de espessura, porta USB 2.0, espaço para cartão micro SD, carcaça de magnésio, cerca de 680 gramas e tela de 10,6 polegadas (maior que a maioria dos concorrentes). O equipamento já virá com uma capa embutida para apoiá-lo, como a smart case do iPad. O aparelho também terá suporte a um teclado touchscreen para facilitar na produção de conteúdo no portátil. Ele será vendido com duas versões de armazenamento: 32 GB ou 64 GB.

  • 3343
  • true
  • http://tecnologia.uol.com.br/enquetes/2012/06/18/o-surface-tablet-da-microsoft-e-pareo-para-o-ipad-da-apple.js

A versão do Surface com Windows 8 Pro também terá o mesmo tamanho de tela, mas com espessura maior (13,5 mm), mais pesado (903 gramas) e com autonomia de bateria um pouco maior, de acordo com a empresa. Outra novidade é a porta USB 3.0. Ele será vendido em duas versões: uma de 64 GB de armazenamento e outra de 128 GB.

"Ele consome menos energia que os processadores core i5 de terceira geração", disse Mike Angiulo, vice-presidente corporativo do Windows, sobre o tablet. Durante a demonstração, a Microsoft mostrou que o Surface na versão com Windows 8 Pro terá suporte a uma caneta para que o usuário possa fazer anotações diretamente no display do portátil. A distância entre a caneta e a tela é de 0,7 milímetros, o que torna a experiência muito próxima de escrever em um papel.

A companhia informou que o Surface com Windows 8 RT será lançado antes que o Pro -- precisamente junto com o lançamento mundial do sucessor do Windows 7, previsto para setembro ou outubro. Já o Pro deve ser vendido após cerca de três meses de venda do Windows 8. A Microsoft não informou o preço dos aparelhos.

Antes de apresentar o produto, Steve Ballmer citou produtos da Microsoft que fizeram sucesso para falar da "vocação" da companhia em fazer produtos de qualidade. "Quando entrei na empresa o produto mais lucrativo era o mouse", disse.  Atualmente, o maior exemplo de integração entre hardware e software da companhia é o videogame XBox.  

Fracasso

Em 2010, antes mesmo de a Apple lançar o primeiro modelo de iPad no mercado, a Microsoft mostrou um tablet da HP com o sistema operacional  Windows 7. A apresentação foi feita em janeiro pelo CEO da empresa, Steve Ballmer, durante a CES 2010, tradicional feira de tecnologia em Las Vegas (EUA).

Na época, Ballmer não deu muitos detalhes do ultraportátil e a apresentação não “empolgou” os analistas de tecnologia. O CEO da Microsoft chegou a anunciar que o tablet estaria disponível ainda naquele ano no mercado consumidor. O HP Slate 500, no entanto, só começaria a ser vendido no final de outubro nos Estados Unidos por US$ 799.

Segundo o site “Apple Insider”, a HP produziu naquele ano apenas 9 mil unidades do tablet, ofertando o ultraportátil apenas para o mercado corporativo. A Apple, que lançou no mesmo ano o iPad, vendeu cerca de 14 milhões de tablets nos primeiros 12 meses.

Vídeo de divulgação do tablet Surface, da Microsoft



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos