Microsoft apresenta nova geração do Office para uso tanto em PCs como tablets

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Word 2013 ganha uma nova tela inicial, com atalhos para templates e lista dos últimos documentos usados

    Word 2013 ganha uma nova tela inicial, com atalhos para templates e lista dos últimos documentos usados

A Microsoft anunciou nesta segunda (16) a nova geração do Microsoft Office, suíte de softwares de produtividade da empresa, utilizada por cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo. Os principais destaque são o aprimoramento da interface dos programas para uso em tablets e mais funções para os softwares na web. A versão prévia em português pode ser baixada no site da empresa. Os preços do novo Office só serão anunciados no outono americano (por volta de 23 de setembro). 

O que a Microsoft procurou fazer foi integrar o Office a outros produtos da empresa, o Windows 8 e o Windows Phone 8, para que a suíte de programas se tornasse “rápida e fluida”, além de acessível de múltiplos dispositivos, em qualquer lugar e a qualquer hora.

Durante a apresentação, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, disse que a suíte de aplicativos é um dos produtos mais importantes da empresa, por atender uma vasta gama de consumidores. “Esse é um dos mais ambiciosos lançamentos da empresa nos últimos tempos”, destacou Ballmer.

Conheça recursos do novo Office
Veja Álbum de fotos

“Pessoas trabalham física e virtualmente com mais conexões sociais, e você verão isso refletido no novo Office. Isso incluirá integração com o Skype para que as pessoas possam falar umas com as outras, entre outros recursos”, explicou.

O novo Office será incluído à versão Windows 8 RT, usada em dispositivos com arquitetura ARM, incluindo o Microsoft Surface, tablet da empresa. As versões disponíveis nesse caso serão a Home e Student 2013. Segundo a Microsoft, reorganizar e ''reformatar'' suas informações serão tarefas mais fáceis no Excel. O software vai ''aprender'' e reconhecer padrões e autocompletar os dados, sem necessidade de fórmulas ou macros.

Novidades

A interface dos programas foi redesenhada e alguns ajustes foram feitos: a barra superior, conhecida como Ribbon (que apareceu primeiro no Office 2007), permanece no novo Office, mas agora é opcional, com possibilidade de ajustes da barra e botões mais ou menos utilizados.

No Power Point, quando você fizer uma apresentação com uma segunda tela (como quando usa um projetor), ferramentas de "bastidor" permitirão que você controle os slides e se conecte com sua audiência, vendo comentários feitos em tempo real.

No Outlook, você visualizará mais rapidamente dados de um compromisso, reunião ou detalhes da pessoa para quem está mandando o e-mail, sem ter de mudar de tela e perder o contexto.  Sem precisar sair do programa, haverá um aplicativo do Bing que mostrará mapas com os endereços do compromisso para onde você precisa ir.

No Word, arquivos em PDF serão abertos diretamente; também será possível produzir conteúdo, como gráficos, listas e tabelas desses PDFs atuarem de forma similar a documentos Word. Ainda, a nova tela de início dará acesso direto a templates e listas dos últimos documentos utilizados.

Os arquivos poderão ser salvos localmente nos dispositivos ou no Skydrive, serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft, que permitirá que o mesmo arquivo seja acessado sempre na última versão por múltiplos computadores e tablets e múltiplos colaboradores, caso o usuário permita.

Para saber quais documentos está editando, o usuário terá acesso a uma seção chamada “Documentos que eu sigo”, uma espécie de feed de notícias pelo aplicativo Share Point. Assim como no Twitter, a seção terá o uso de códigos como o @nomedeusuário para respostas e #assunto para temas seguidos.

Evolução

A última versão do pacote Office foi lançada mundialmente para clientes corporativos em maio de 2010. O principal atrativo da suíte eram as ferramentas de colaboração e integração entre vários dispositivos (acesso a documentos pelo celular, PC ou web), característica que deve ser aperfeiçoada no Office 15. No Brasil, o Office 2010 começou a ser vendido em julho de 2010.

Em janeiro deste ano, a Microsoft anunciou o codinome Office 15 para sua próxima geração de softwares  e entregou uma vesão de testes para um grupo restrito de clientes. Foi a primeira vez , segundo a empresa, que o Microsoft Office fica disponível para revisões técnicas antes por clientes antes que seja lançado.

Enquanto o Office não chega aos tablets
Veja Álbum de fotos

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos