Estudo relaciona uso intensivo da internet a estresse e depressão

Do UOL, em São Paulo

  • Think Stock

    Jogar no computador aumenta o risco de sintomas de depressão entre as mulheres, afirma o estudo

    Jogar no computador aumenta o risco de sintomas de depressão entre as mulheres, afirma o estudo

Um estudo da University of Gothenburg, na Suécia, identificou uma relação entre o uso intenso da internet e telefone celular com problemas de saúde (estresse, depressão e dificuldade para dormir). A pesquisa foi realizada durante um ano, com 4.100 pessoas na Suécia, de 20 a 24 anos.

“É fácil ficar mais tempo do que o planejado no computador [trabalhando, jogando ou conversando], o que acaba gerando uma pressão relacionada ao tempo, negligência de outras atividades e também de necessidades pessoais [como dormir, interagir socialmente, fazer atividade física]”, afirmou Sara Thomee, líder do estudo.

Ainda de acordo com o “Daily Mail”, ela cita problemas ergonômicos e uma “sobrecarga” mental com o uso excessivo do computador. Além da navegação na internet, os jogos online entraram na mira do estudo. “Jogar no computador uma ou duas horas por dia aumenta o risco de sintomas de depressão entre as mulheres”, disse Sara.

A pesquisa também identificou estresse por parte dos usuários de telefones celulares, pelo fato de estarem sempre disponíveis – especialmente quando se sentem pressionados para responder a mensagens ou culpados quando não o fazem. “Ligações que não são retornadas geram sentimentos de culpa”, disse a pesquisadora.

Essa sensação de constante disponibilidade também causa distúrbios quando os usuários estão muito ocupados e quando estão descansando, de acordo com o estudo. Há ainda a sensação de nunca se sentir livre e a dificuldade em separar a vida pessoal da privada.

Com essas conclusões, os pesquisadores aconselharam os usuários de tecnologia a estabelecer um limite de tempo em que passam em frente às telas (seja do computador ou do celular).  



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos