Busca do Google reconhece letras escritas à mão em aparelhos touchscreen

Do UOL, em São Paulo

O Google anunciou nesta semana um novo recurso para facilitar as buscas feitas em telefones e tablets com tela sensível ao toque: o reconhecimento da caligrafia. A novidade se soma a outras ferramentas criadas para agilizar as buscas, como reconhecimento de voz e recurso autocompletar. O vídeo abaixo mostra o recurso em ação.

Veja como funciona o recurso

Para habilitar a nova função no celular, o usuário deve acessar o Google.com via dispositivo móvel, clicar em Settings (Configurações) e habilitar a alternativa Handwrite (Escrita). Depois de salvar, é importante atualizar a página para visualizar a opção de reconhecimento de escrita. Aqui você encontra mais dicas sobre a novidade.

Nos testes do UOL Tecnologia, o recurso se mostrou bastante fácil de usar: ao selecionar o botão de caligrafia no canto inferior direito, ele trava a tela. Quando algo é escrito, o movimento do dedo aparece em azul e, em poucos segundos, é transformado na tradicional letra de digitação na caixa de buscas. Há uma tecla para espaço e outra para corrigir erros (backspace). O recurso autocompletar agiliza o processo, pois em muitos casos não é preciso escrever a palavra inteira.

A ferramenta, no entanto, só reconhece letra de forma. Qualquer tentativa de escrever palavras usando letra de mão não trará resultados.

Apesar de o recurso ser eficiente, o Google exagerou em sua propaganda ao mostrar uma mulher usando a novidade enquanto fazia esteira (veja no vídeo acima). No mínimo, é uma combinação perigosa. Para piorar, a moça da propaganda (fazendo ginástica, cuidando da saúde...) ainda escreve cupcake na tela de seu celular, em busca de informações sobre o bolinho. 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos