Apple afirma nunca ter fornecido dados sobre aparelhos para o FBI

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Apple diz nunca ter fornecido dados para FBI

    Apple diz nunca ter fornecido dados para FBI

A fabricante de eletrônicos Apple afirmou para o site especializado “All Things D.”, nesta quinta-feira (6), que nunca forneceu informações sobre o número de identificação dos aparelhos ao FBI, a polícia federal norte-americana.

“O FBI não pediu essa informação para a Apple e nós não entregamos nem para ele e nem para nenhuma outra organização. Com o iOS 6, nós desenvolvemos um novo conjunto de códigos que substituirão o uso dessas sequências e em breve elas serão banidas ”, diz a porta-voz da Apple Natalie Karris.

A declaração é uma resposta da empresa para a afirmação do grupo de cibercriminosos AntiSec.

A organização diz ter obtido 12 milhões números de identificação dos aparelhos da marca, conseguidos diretamente do notebook de um funcionário do FBI. O AntiSec também teria liberado, nesta terça-feira (4), cerca de um milhão desses números para provar que as afirmações são verdadeiras.

Mas assim como a Apple, o FBI negou, nesta quarta-feira (5), haver evidências de que um notebook da organização havia sido invadido e que essas informações teriam vazado. De acordo com a “CNN”, um porta-voz do FBI negou que a organização possua os códigos que foram divulgados ou que haja indícios de que um computador havia sido violado.

O site “Mashable” afirmou que existem suspeitas de que o iPad do presidente norte-americano, Barack Obama, estava entre os números supostamente vazados. 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos