Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/2012/06/06/do-util-ao-inutil-veja-os-aplicativos-mais-caros-das-lojas-virtuais-do-ios-e-do-android.htm
  • totalImagens: 27
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120606213401
    • Curiosidades na tecnologia [61189]; App [16850]; App Store [51404]; Android Market [51405];
Fotos

Eles têm fama de baratinhos e práticos, mas alguns aplicativos das lojas da Apple e do Google Play extrapolam e, muitas vezes, têm o mesmo valor do próprio gadget. Acompanhe a seguir uma seleção de alguns dos aplicativos que custam uma verdadeira fortuna nas lojas virtuais do sistema iOS da Apple e do sistema Android, do Google. Alguns têm aplicações estritamente profissionais, mas a maioria é mesmo feita para quem gosta de esbanjar Thinkstock Mais

O iVIP Black (iOS, da Apple), caso você não seja um milionário, não é para o seu bico. Ele custa nada menos que US$ 999,99. Ao adquiri-lo, o comprador passa a pertencer a uma espécie de clube de milionários, no qual todos prezam pelo supra-sumo da qualidade de vida. Diz o desenvolvedor que o aplicativo ajudar a manter contato com os empresários mais ricos do mundo, oferece dicas de restaurantes e hotéis, além de tornar disponível convites para eventos super restritos da alta sociedade. Comprar o aplicativo é só o primeiro passo. Cada uma das funcionalidades é cobrada à parte. Chiquééérrimo Reprodução Mais

O aplicativo I'm Rich (iOS, da Apple) causou polêmica na ocasião de seu lançamento, em 2008. Custava US$ 999,99 e não servia absolutamente para nada. Em suma, o aplicativo mostrava uma representação de uma pedra preciosa. Isso mesmo, uma animação de uma pedra semelhante a um rubi por mil dólares! O barato era justamente ostentar o aplicativo e mostrar para todo mundo o quanto o dinheiro pode ser mal gasto. Foi banido pela Apple por violar os termos de uso, mas não sem antes ser comprado por oito pessoas Reprodução Mais

O iRa Pro (iOS, da Apple) custa caro (US$ 899,99), mas tem sua utilidade. Ele permite visualizar câmeras de vigilância à distância na palma da mão e em tempo real. A única ressalva é que o conjunto de câmeras e transmissão tem de ser compatível com o aplicativo. O iRa Pro não só transmite os dados de vídeo, mas permite controle total da câmeras, como zoom a ângulo de filmagem Reprodução Mais

Quem não quiser gastar os tufos com o iRa Pro, pode optar pela versão mais barata de um aplicativo que faz algo semelhante. O Foscam Surveillance Pro, de US$ 4,99, realiza praticamente o mesmo serviço por um preço mais baixo e uma interface mais amigável. Ele é compatível com diversos equipamento de marcas diferentes. A equipe do UOL Tecnologia não encontrou funcionalidades que justifiquem a disparidade de preços Reprodução Mais

O iChart (iOS, da Apple) foi desenvolvido para facilitar o trabalho dos médicos. O aplicativo reúne as informações cruciais sobre o estado de saúde dos pacientes, além de oferecer um vasto banco de dados com receitas de medicamentos. Se o sistema do hospital ou da clinica for completamente informatizado, o iChart permite que o médico prescreva os procedimentos necessários ao paciente diretamente da tela do celular. US$139,99 é o preço da facilidade Reprodução Mais

Existe uma versão brasileira e bem mais barata do iChart (iOS, da Apple). Qualquer um que não quiser gastar US$139,99 por um aplicativo para controlar os dados sobre os pacientes pode optar pelo Meus Pacientes, que permite inserir informações cruciais sobre o estado de saúde e histórico médico de qualquer pessoa. A diferença é que ele não sincroniza as informações com o prontuário médico oficial do hospital, tal qual faz o iChart. Custa US$4,99 Reprodução Mais

O BarMax (iOS, da Apple) custa US$ 999,99, mas justifica o preço. O aplicativo funciona como um guia completo para estudantes norte-americanos que desejam se tornar advogados. Se compararmos com o Brasil, é como se fosse um guia para exames da OAB. O BarMax traz textos, questões e áudios para auxiliar o estudante a realizar a prova. O curso tradicional da escola que faz o aplicativo, a Barbri, não sai por menos de US$ 3 mil Reprodução Mais

Um motivo nobre faz o Proloquo2go (iOS, da Apple) custar US$ 189,99: ele ajuda pessoas com dificuldade na fala. Em resumo, o aplicativo traz um banco de dados com mais de sete mil combinações de frases prontas, catalogadas em categorias diferentes que reproduzem situações do dia a dia. Além disso, o Proloquo2go permite utilizar fonemas para criar combinações de frases próprias. Uma alternativa relativamente barata a outros intercomunicadores que oferecem o mesmo serviço por um preço bem mais salgado Reprodução Mais

Outros aplicativos disponíveis na App Store oferecem a mesma funcionalidade do Proloquo2go, e ainda são bem mais baratos. O iCommunicate, por exemplo, custa US$ 49 e também auxilia pessoas com dificuldade cognitiva ou motora de desenvolver a fala (exclusivo para iPad). A diferença está no número reduzido de combinações que o aplicativo permite Reprodução Mais

O PDR Quote não tem muito segredo, aliás, segredo nenhum. Ele é caro mesmo. Foi feito especificamente para concessionárias que consertam veículos de alto padrão. Em uma interface simples, o prestador de serviço seleciona as partes do carro que necessitam de conserto e o aplicativo faz os cálculos do orçamento automaticamente, baseado em valores previamente estipulados. Nada de especial para o preço de US$ 349,99 Reprodução Mais

O Superfarm é o jogo mais caro da App Store e a melhor maneira de defini-lo é: um Farmville para iPhone. E, a julgar pelas recomendações de quem já o comprou, deve ser bem entediante. Em quase um ano de existência, o aplicativo angariou 69 opiniões negativas ante a 34 positivas. Para quem não tem nem ideia do que se trata, o Superfarm reproduz uma fazendinha virtual para que o jogador possa cultivar plantações e criar animais. Quem tiver coragem pode investir US$ 69,99 na brincadeira. Mas ninguém garante diversão como retorno Reprodução Mais

O Nursing Constellation Plus é um bom guia para enfermeiros. O aplicativo traz um extenso banco de dados sobre medicamentos, além de calcular a dose certa para cada paciente. O Nursing Constellation Plus promete nunca deixar o profissional na mão e oferece todo o tipo de conhecimento necessário para um trabalho impecável. Ainda pode ser sincronizado com o sistema de monitoramento do hospital para indicar emergências remotamente. Preço: US$ 179,99 Reprodução Mais

O Agro é outro aplicativo desenvolvido para facilitar o trabalho de profissionais. Qualquer profissional da área que quiser dispor de US$ 999,99 para comprá-lo, vai adquirir, segundo o fabricante, uma ferramenta que gera relatórios completos do cliente minutos após a inspeção. O aplicativo oferece um banco de dados com informações sobre tudo que envolve a produção agropecuária, desde preços atualizados dos grãos e ração, até as implicações do uso de pesticidas. O relatório é automaticamente enviado ao produtor por e-mail Reprodução Mais

O Luminair (iOS, da Apple) é uma ferramenta útil para profissionais de vídeo. Ele conecta-se via wi-fi a uma mesa de iluminação compatível e permite o controle das luzes de um estúdio remotamente e em tempo real. O preço da comodidade é de US$ 129, mas só funciona com iPad Reprodução Mais

O aplicativo Vuvuzela World Cup Horn Plus (Android) relembra as cornetas da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Pela bagatela de R$ 407,64, o usuário do sistema Android poderá ter o barulho de uma vuvuzela em seu smartphone. Não é demais? O interessante é que com este dinheiro daria para comprar centenas de vuvuzelas reais... Reprodução Mais

O aplicativo Vuvuzela World Cup Horn Plus (Android) relembra as cornetas da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Pela bagatela de R$ 407,64, o usuário do sistema Android poderá ter o barulho de uma vuvuzela em seu smartphone. Não é demais? O interessante é que com este dinheiro daria para comprar centenas de vuvuzelas reais... Reprodução Mais

O 100 Dollar App (aplicativo dos US$ 100), para Android, não faz nada. Ele apenas mostra uma nota com a seguinte mensagem: "Isso confirma que você comprou o aplicativo dos US$ 100 para seu Android. Nossa, você deve ser rico!". Para os usuários mais pobrse, o desenvolvedor ainda disponibiliza uma versão do programa a US$ 8 , uma de US$ 40 e outra de US$ 80. O aplicativo custa R$ 219,19 Reprodução Mais

O 100 Dollar App (aplicativo dos US$ 100), para Android, não faz nada. Ele apenas mostra uma nota com a seguinte mensagem: "Isso confirma que você comprou o aplicativo dos US$ 100 para seu Android. Nossa, você deve ser rico!". Para os usuários mais pobres, o desenvolvedor ainda disponibiliza uma versão do programa a US$ 8 , uma de US$ 40 e outra de US$ 80. O aplicativo custa R$ 219,19 Reprodução Mais

O aplicativo I'm fucking rich (Sou rico para caramba, em tradução livre) segue a mesma linha do anterior. Com a diferença no preço: custa R$ 253,78, quase R$ 40 a mais. Mas a ideia é a mesma. Ao comprar o aplicativo, ele apenas exibe a mensagem: "Se eu comprei este aplicativo, eu sou rico para caramba" Reprodução Mais

O aplicativo I'm fucking rich (Sou rico para caramba, em tradução livre) segue a mesma linha do anterior. Com a diferença no preço: custa R$ 253,78, quase R$ 40 a mais. Mas a ideia é a mesma. Ao comprar o aplicativo, ele apenas exibe a mensagem: "Se eu comprei este aplicativo, eu sou rico para caramba" Reprodução Mais

O Nursing Central (Android) é uma espécie de compêndio com as principais informações sobre doenças, remédios e procedimentos para pacientes. Voltado para estudantes de enfermagem e enfermeiras, a base de dados do aplicativo é atualizada automaticamente quando o smartphone ou tablet estiver conectado à internet. No Google Play, o Nursing Central sai por R$ 326,01 Reprodução Mais

O Navigon USA (Android) é um aplicativo da Garmin de navegação por meio do GPS embutido no smartphone ou tablet Android. A licença do aplicativo custa R$ 126,76. Após comprá-lo, o usuário faz o download de um arquivo de quase 1 GB com todos os mapas da região que escolheu. Dessa forma, é possível usar o GPS do aparelho sem consumir dados de internet Reprodução Mais

Outra solução de GPS, o Destinator 9 (nesta versão específica para a Europa) custa R$ 203,80. Após a aquisição, o usuário Android deve baixar os mapas do aplicativo 2D e 3D do aplicativo. Apesar de não necessitar de conexão à internet para funcionar, ele conta com a o opção de pesquisa online de destinos Reprodução Mais

O G-CORE Green Caddy Golf Korea é um aplicativo que conta com mapas de campos de golfe da Coreia do Sul e de mais dez localidades. O aplicativo, que custa R$ 183,42, auxilia o jogador a verificar os buracos mais próximos e até a calcular rotas até um local específico dentro do campo Reprodução Mais

O "The Merck Manual Suite +" (Android) é um manual de consulta para médicos. Ele conta com informações atualizadas que ajudam os profissionais da saúde a diagnosticarem doenças. Custando R$ 162,95, o manual conta com monografias, informações detalhadas do tratamento de 88 sintomas e informações sobre remédios Reprodução Mais

O Going Back To School 2 (Android) é um aplicativo bizarro. Não pelas funcionalidades que não têm, mas pela causa. O programa foi criado por um pai de família que quer bancar seus estudos para ajudar os filhos. Quer ajudar? Custa R$ 407,62 Reprodução Mais

Do útil ao inútil: veja os aplicativos mais caros das lojas virtuais do iOS e do Android

Últimos álbuns de Tecnologia

UOL Cursos Online

Todos os cursos