Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://tecnologia.uol.com.br/album/2013/04/02/objetos-feitos-com-impressora-3d.htm
  • totalImagens: 181
  • fotoInicial: 181
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130402060200
    • Curiosidades na tecnologia [61189]; Vida digital [53786];
Fotos

As impressoras 3D são, basicamente, "fábricas de objetos". Elas têm funcionamento parecido com o de uma impressora convencional: é necessário um arquivo de desenho 3D e um "cartucho", geralmente com plástico, para a confecção da peça desejada (clique em "MAIS" para ver como funcionam). Ainda pouco acessíveis no Brasil, as impressoras 3D permitem, por exemplo, que o próprio usuário produza acessórios, ferramentas e até sapatos. Veja a seguir objetos feitos com essa tecnologia Fabrizio Bensch/Reuters Mais

A empresa MakerBot exibiu a impressora 3D de mesa Replicator 2X durante a CES 2013, feira de tecnologia realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na imagem acima, a impressora produziu uma peça de xadrez Jae C. Hong/AP Mais

O crânio acima, feito de plástico, está disponível no site Shapeways, especializado na venda de produtos feitos em impressoras 3D. Ao adquirir uma, o usuário ganha três versões do "Crania Anatomica Filigre". O preço do conjunto é R$ 95 (preço não inclui o frete para o Brasil) Divulgação Mais

O Nanolet Small, feito pela companhia irlandesa Curve, é uma pulseira para iPod nano feita com uma impressora 3D. Ela é vendida no site Shapeways, especialista em produtos feitos em impressoras 3D, por R$ 20 cada (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

A empresa belga Materialise, especializada em produzir objetos com impressora 3D, investe na confecção de roupas feitas com esta tecnologia. Na imagem, vestidos produzidos com impressora 3D para coleção Escapism 2, exibida pela estilista Iris van Herpen Reuters Mais

A dançarina Dita Von Teese participou de um evento em Nova York (EUA) vestindo uma peça produzida com impressora 3D. A criação tem 3.000 articulações para dar movimento e 12 mil cristais Swarovski. A peça, desenvolvida em parceria entre os designers Michael Schmidt e Francis Bitoni, foi produzida pela empresa de impressão 3D Shapeways Divulgação Mais

As roupas acima foram feitas com o uso de impressões 3D pela estilista Iris Van Herpen. Ela desenvolve as peças da coleção em parceria com o MIT (Massachussets Instute of Technology) e da Materialise, empresa especializada na confecção de objetos em impressoras 3D Divulgação/irisvanherpen.com Mais

As roupas acima foram feitas com o uso de impressões 3D pela estilista Iris Van Herpen. Ela desenvolve as peças da coleção em parceria com o MIT (Massachussets Instute of Technology) e da Materialise, empresa especializada na confecção de objetos em impressoras 3D Divulgação/irisvanherpen.com Mais

O designer Joaquin Baldwin criou um objeto de decoração em impressora 3D baseado na primeira fase do jogo "Super Mario Bros". Ele conta com todos os elementos do game: cogumelos, tartarugas, blocos, canos, as nuvens e até estrelas. No Shapeways é vendido por R$ 26 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

Este porta-caneta, feito pelo designer holandês Metin Seven (ele é conhecido como Sevensheaven) em impressora 3D, tem o mesmo formato de um computador antigo Macintosh, da Apple. No Shapeways custa a partir de R$ 54 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

O Curvestand é um apoio para iPhone e iPad. Segundo o Curve, estúdio de design irlandês responsável pelo desenho do acessório, ele serve para todas as versões do iPad e para os iPhones 4 e 4S. No Shapeways, a partir de R$ 26 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

Com o mote "feito à mão por robôs", a capa para iPhone do estúdio Artizan Work parece que foi "tricotada" com material plástico, porém foi confeccionada em uma impressora 3D. Ela é vendida no site Shapeways por a partir de R$ 56 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

A Pineapple Shoulder é uma bolsa feita em impressora 3D com detalhes em nylon e couro vendida no site Cubify. Ela conta com um compartimento específico para guardar smartphone. No site Cubify, ela custa US$ 400 (aproximadamente R$ 809) Divulgação Mais

Encaixar o fone de ouvido de forma confortável pode demandar bastante trabalho. Pensando em resolver este problema, o EarPod Attachment, feito pelo designer Fernando Sosa (conhecido como Mstyle183), ajuda a encaixar o fone de ouvido na orelha. A partir de R$ 7 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) no Shapeways Divulgação Mais

Para quem tem iPhone e dirige, o suporte iDrive, para iPhone 5, ajuda o motorista a consultar facilmente o GPS do smartphone. Ele, literalmente, abraça o volante do carro. O usuário só precisa encaixar o telefone no espaço apropriado. Custa a partir de R$ 110 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) no Shapeways Divulgação Mais

O ModiRaptor é uma espécie de "quebra-cabeça 3D". Ao adquirir um, o usuário deve montar as 47 peças feitas em uma impressora 3D para obter o resultado exibido acima. O esqueleto de dinossauro conta com 12 articulações. É vendido no Shapeways a partir de R$ 38 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

Esse gancho, feito em impressora 3D, permite carregar um cabide com roupa no carro. A versão acima foi feita especificamente para o Volvo C30. No Shapeways é vendido a partir de R$ 15 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

O TriStand QR é uma capa para iPhone 5 feita em impressora 3D. Idealizada pelo designer Maundy, a parte traseira do case permite que o telefone fique em até três diferentes orientações. No Shapeways, a partir de R$ 40 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

A NewBalance começou a desenvolver parte de um modelo de corrida da marca com impressora 3D. De acordo com a empresa, é feito um estudo sobre a forma como o atleta corre. Depois, são feitas "listras" na parte inferior do tênis, segundo os resultados da pesquisa -- o objetivo é melhorar o desempenho do corredor Divulgação Mais

A partir de duas fotos (uma frontal e outra lateral), a Firebox consegue criar uma réplica da cabeça de qualquer pessoa. Após criar um desenho baseado nas imagens, a empresa utiliza uma impressora 3D para criar o objeto. O valor, no site da própria empresa, varia de 40 a 80 libras (aproximadamente de R$ 123 a R$ 246) Divulgação Mais

A empresa Sculpeto desenvolve capas para iPhone personalizadas com uma impressora 3D. Por meio de um aplicativo, o usuário consegue, por exemplo, tirar uma foto própria de perfil e colocá-la na capa do smartphone. Depois de decidir o design, é necessário enviar o modelo para a empresa que, mediante o pagamento (aproximadamente US$ 15, ou cerca de R$ 30), imprime a capa e depois a envia ao cliente Rick Wilking/Reuters Mais

Fruto de uma colaboração entre Jan De Cubber, especialista em reabilitação protética, e a empresa Materialise (especialista em objetos 3D), a imagem acima é um modelo complexo de rosto feito com impressora 3D Yves Herman/Reuters Mais

Larry Bonassar, professor da Universidade Cornell, em Nova York (EUA), mostra orelha produzida em uma impressora 3D. Médicos e bioengenheiros anunciaram no dia 20 de fevereiro de 2013 terem conseguido fazer orelhas humanas artificiais que parecem naturais e funcionam perfeitamente Lindsay France/Universidade Cornell/AFP Mais

O objeto de decoração Quin.MGX foi feito pela companhia belga Materialise, especializada em objetos com impressora 3D. As impressoras 3D utilizam diferentes técnicas para construir peças a partir de modelos digitais Yves Herman/Reuters Mais

Estrutura para abajur Lotus.MGX, feita com impressora 3D, é exibida na sede da companhia belga Materialise. Basicamente, parar criar um objeto 3D, o operador coloca o arquivo de um desenho 3D na máquina, que vai confeccionando o produto. O material mais utilizado nessas impressoras é o plástico Yves Herman/Reuters Mais

Funcionaria da Materialise, empresa especializada em impressões 3D, exibe máscara customizada feita por impressora 3D. Estes equipamentos utilizam diferentes técnicas para construir peças (geralmente de plástico) a partir de modelos digitais Yves Herman/Reuters Mais

Wilfried Vancraen, diretor-executivo da Materialise (empresa especializada em impressoras 3D), posa ao lado de objetos produzidos pela empresa. As impressoras 3D reduzem a limitação de fabricação. Para fazer um objeto, basta ter um desenho, uma impressora e a matéria-prima (geralmente plástico) Yves Herman/Reuters Mais

Wilfried Vancraen, diretor-executivo da Materialise (empresa especializada em impressoras 3D), posa ao lado de objetos produzidos pela empresa. As impressoras 3D reduzem a limitação de fabricação. Para fazer um objeto, basta ter um desenho, uma impressora e a matéria-prima (geralmente plástico) Yves Herman/Reuters Mais

Bre Prettis, fundador da MakerBott, posa com objetos feitos em impressora 3D de mesa durante o SXSW, evento realizado em Austin, Texas (EUA). Uma impressora custa cerca de US$ 3.000 no site da companhia (aproximadamente R$ 6.035) Jack Plunkett/AP Mais

Mulher segura pedaço de chocolate com o formato de sua face no KS Design Lab em Tóquio, no Japão. O laboratório utiliza impressora 3D para criar moldes dos rostos das pessoas Issei Kato/Reuters Mais

Conjunto de câmeras do KS Design Lab em Tóquio (Japão) capta imagem de mulher para criar um molde do rosto dela. Após o escaneamento dos detalhes do corpo da pessoa, a imagem é enviada a uma impressora 3D, que vai criar um molde de acrílico. Depois da impressão, bata colocar o chocolate no recipiente e tirar da fôrma Issei Kato/Reuters Mais

O FabCafe, durante o dia dos namorados no Japão, ofereceu a alguns dos seus clientes a oportunidade de fazer uma versão de bala de goma com o formato do corpo deles. O processo de molde foi feito por uma impressora 3D FabCafe/Divulgação Mais

O FabCafe, durante o dia dos namorados no Japão, ofereceu a alguns dos seus clientes a oportunidade de fazer uma versão de bala de goma com o formato do corpo deles. O processo de molde foi feito por uma impressora 3D FabCafe/Divulgação Mais

O Bugle é um amplificador acústico feito em uma impressora 3D. Basta instalá-lo próximo ao alto-falante do iPhone, que ele ficará como mostrado na imagem. No Shapeways, ele é vendido por R$ 22 (preço não inclui o valor do frete para o Brasil) Divulgação Mais

O escritório britânico de arquitetura Softkill Design divulgou planos de construir uma casa feita com uma impressora 3D Divulgação Mais

O designer Olaf Diegel criou uma linha de guitarras feitas em impressoras 3D. Disponível à venda no site Cubify, especialista em impressões 3D, o modelo Atom Guitar (imagem) custa US$ 3.500 (aproximadamente R$ 7.080) Divulgação Mais

O gerente de restaurante Eric Moger, 60, descobriu em 2009 que tinha um tumor agressivo sob a pele de seu rosto. Depois da cirurgia de emergência para remoção, o britânico de Essex ficou praticamente sem o lado esquerdo da face - perdeu o olho, a bochecha e parte do maxilar. A solução para melhorar sua aparência foi o uso de uma prótese feita com uma impressora 3D, no primeiro caso desse tipo registrado no Reino Unido, segundo o ''Telegraph''. Acima, Moger com sua noiva, Karen Hunger Reprodução/Telegraph Mais

Mestre Yoda, da série "Star Wars", ganhou uma versão roda produzida com impressora 3D. A peça foi exibida no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

O galo acima, extremamente detalhado e produzido com uma impressora 3D, foi exibido no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

Os itens acima foram exibidos no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

Os itens acima foram exibidos no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

Os itens acima foram exibidos no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

O boneco acima foi exibido no evento 'Inside 3D Printing' (por dentro da impressão 3D, em tradução livre), realizado em Nova York, nos dias 22 e 23 de abril de 2013 Emmanuel Dunand /AFP Mais

Pesquisadores da Universidade de Cornell, nos EUA, criaram um sistema de ''impressão 3D'' de doces de acordo com a necessidade calórica individual. As calorias dos doces são calculadas pelo sistema baseadas na altura, pessoa, índice de massa corpórea, dieta diária e deficit calórico. O biscoito em formato de floco de neve acima corresponde a 10% da necessidade calórica do pesquisador Jeffrey Lipton. Segundo ele, mesmo que os doces de dois usuários tenham o mesmo tamanho, são ''impressos'' com diferentes componentes nutricionais Reprodução/Huffington Post Mais

Em parceria com o site de projetos 3D FreshFiber, o designer Alan Nguyen criou o modelo de sapato acima usando uma impressora 3D. O principal destaque do calçado é que ele possui espaço para guardar um iPhone. Não há informações sobre preço Reprodução/Alan Nguyen Mais

A empresa The Sugar Lab usa o açúcar como matéria-prima para suas criações feitas com impressora 3D - as peças são usadas para decorar bolos. O casal de arquitetos Kyle e Liz von Hasseln, responsável pela empresa da Califórnia (EUA), afirma em seu site que esse tipo de impressão 3D representa uma quebra de paradigma para a confecção de bolos, transformando o açúcar em algo dimensional e estrutural. As peças são feitas sob encomenda, e o site não divulga preços Divulgação/The Sugar Lab Mais

A empresa The Sugar Lab usa o açúcar como matéria-prima para suas criações feitas com impressora 3D - as peças são usadas para decorar bolos. O casal de arquitetos Kyle e Liz von Hasseln, responsável pela empresa da Califórnia (EUA), afirma em seu site que esse tipo de impressão 3D representa uma quebra de paradigma para a confecção de bolos, transformando o açúcar em algo dimensional e estrutural. As peças são feitas sob encomenda, e o site não divulga preços Divulgação/The Sugar Lab Mais

A empresa The Sugar Lab usa o açúcar como matéria-prima para suas criações feitas com impressora 3D - as peças são usadas para decorar bolos. O casal de arquitetos Kyle e Liz von Hasseln, responsável pela empresa da Califórnia (EUA), afirma em seu site que esse tipo de impressão 3D representa uma quebra de paradigma para a confecção de bolos, transformando o açúcar em algo dimensional e estrutural. As peças são feitas sob encomenda, e o site não divulga preços Divulgação/The Sugar Lab Mais

A empresa The Sugar Lab usa o açúcar como matéria-prima para suas criações feitas com impressora 3D - as peças são usadas para decorar bolos. O casal de arquitetos Kyle e Liz von Hasseln, responsável pela empresa da Califórnia (EUA), afirma em seu site que esse tipo de impressão 3D representa uma quebra de paradigma para a confecção de bolos, transformando o açúcar em algo dimensional e estrutural. As peças são feitas sob encomenda, e o site não divulga preços Divulgação/The Sugar Lab Mais

A empresa The Sugar Lab usa o açúcar como matéria-prima para suas criações feitas com impressora 3D - as peças são usadas para decorar bolos. O casal de arquitetos Kyle e Liz von Hasseln, responsável pela empresa da Califórnia (EUA), afirma em seu site que esse tipo de impressão 3D representa uma quebra de paradigma para a confecção de bolos, transformando o açúcar em algo dimensional e estrutural. As peças são feitas sob encomenda, e o site não divulga preços Divulgação/The Sugar Lab Mais

Os designers da empresa Monocircus criaram uma gravata-borboleta que pode ser produzida por uma impressora 3D. O acessório possui um encaixe para que ele seja preso no botão da camisa. O produto está disponível para compra por US$ 113 (cerca de R$ 226) Divulgação Mais

Cientistas da Universidade Wake Forest, na Carolina do Norte (EUA), estão usando impressoras 3D para moldar estruturas onde células humanas possam crescer em volta e tornar os implantes, como narizes e orelhas (acima), semelhantes a partes reais dos pacientes. Além desses itens, os cientistas pretendem usar a técnica para criar órgãos inteiros para que possam ser transplantados. Um dos protótipos feitos foi o de um rim Reprodução/Daily Mail/AP Mais

Cientistas da Universidade Wake Forest, na Carolina do Norte (EUA), estão usando impressoras 3D para moldar estruturas onde células humanas possam crescer em volta e tornar os implantes, como narizes (acima) e orelhas, semelhantes a partes reais dos pacientes. Além desses itens, os cientistas pretendem usar a técnica para criar órgãos inteiros para que possam ser transplantados. Um dos protótipos feitos foi o de um rim Reprodução/Daily Mail/AP Mais

Cientistas da Universidade Wake Forest, na Carolina do Norte (EUA), estão usando impressoras 3D para moldar estruturas onde células humanas possam crescer em volta e tornar os implantes, como narizes e orelhas, semelhantes a partes reais dos pacientes. Além desses itens, os cientistas pretendem usar a técnica para criar órgãos inteiros para que possam ser transplantados. Um dos protótipos feitos foi o de um rim (acima) Reprodução/Daily Mail/AP Mais

A estilista Iris van Herpen apresentou em Paris sua nova coleção de inverno, que tem diversos sapatos produzidos com impressora 3D (caso do modelo acima). Segundo o ''Daily Mail'', as peças exibidas em Paris em julho de 2013 representam uma mistura da cultura japonesa com exoesqueletos. A estilista holandesa, que tem clientes como a cantora Lady Gaga, já exibiu roupas produzidas com impressoras 3D em outras coleções Charles Platiau/Reuters Mais

A estilista Iris van Herpen apresentou em Paris sua nova coleção de inverno, que tem diversos sapatos produzidos com impressora 3D (caso do modelo acima). Segundo o ''Daily Mail'', as peças exibidas em Paris em julho de 2013 representam uma mistura da cultura japonesa com exoesqueletos. A estilista holandesa, que tem clientes como a cantora Lady Gaga, já exibiu roupas produzidas com impressoras 3D em outras coleções Charles Platiau/Reuters Mais

A estilista Iris van Herpen apresentou em Paris sua nova coleção de inverno, que tem diversos sapatos produzidos com impressora 3D (caso do modelo acima). Segundo o ''Daily Mail'', as peças exibidas em Paris em julho de 2013 representam uma mistura da cultura japonesa com exoesqueletos. A estilista holandesa, que tem clientes como a cantora Lady Gaga, já exibiu roupas produzidas com impressoras 3D em outras coleções Miguel Medina/AFP Mais

A estilista Iris van Herpen apresentou em Paris sua nova coleção de inverno, que tem diversos sapatos produzidos com impressora 3D (caso do modelo acima). Segundo o ''Daily Mail'', as peças exibidas em Paris em julho de 2013 representam uma mistura da cultura japonesa com exoesqueletos. A estilista holandesa, que tem clientes como a cantora Lady Gaga, já exibiu roupas produzidas com impressoras 3D em outras coleções Michel Euler/AP Mais

4.jul.2013 - O pato Buttercup nasceu com um defeito congênito em uma das patas que o impedia de caminhar normalmente. Com ajuda de uma impressora 3D, a empresa NovaCopy criou um molde baseado em uma pata normal, tirado da irmã de Buttercup, e então criou uma prótese em material maleável para ele. Todo o processo foi relatado pelo dono do pato, Mike Garey, no Facebook Divulgação Mais

18.jul.2013 - A empresa japonesa de itens médicos Fasotec desenvolveu uma forma de criar, com impressoras 3D, o rosto de bebês que ainda não nasceram. A corporação usa como base o ultrassom da criança para elaborar as peças. Os pais impacientes para saber como serão seus filhos podem pagar US$ 500 (cerca de R$ 1.100) pelo produto Reprodução/CNN Mais

23.jul.2013 - Até os animais se beneficiaram com a popularização das impressoras 3D. Essa casinha para pássaros, feita com uma impressora 3D, é fruto de um concurso chamado Birdhouse Challenge, do site 'Thingiverse'. Cerca de 150 designers participaram e a obra vencedora foi a criada pelo designer gráfico Brent J. Rosenburgh. O modelo para criação do produto está disponível no site do concurso (http://zip.net/bbkvr2) Divulgação Mais

26.jul.2013 - O usuário do Youtube ThreeD Ukulele postou um vídeo em que demonstra o suposto funcionamento de um rifle feito completamente em uma impressora 3D. Ele disse ter modificado o molde da primeira pistola feita em impressoras 3D, a The Liberator, para criar a arma. O rifle seria totalmente de plástico, exceto por um prego usado para disparar a bala Divulgação Mais

2.ago.2013 - Com ajuda de uma impressora 3D, Zach Nelson, engenheiro da Ford, criou um câmbio ''inteligente'' para carros. Além do formato anatômico, o dispositivo se conecta a tablets Android para enviar informações sobre o modo de dirigir do motorista. Ele também vibra (ele usa o mesmo sensor que os controles do Xbox 360) indicando a hora certa de trocar de marcha. Por enquanto, não há previsão que o câmbio inteligente chegue nos carros da Ford -- ele foi testado em um Mustang Reprodução/YouTube Mais

7.ago.2013 - A empresa alemã Twinkind lançou um serviço para a criação de miniaturas a partir de modelos reais, que a empresa chama de ''as fotografias do futuro''. Ou seja, quem quiser pode ter um bonequinho de si mesmo com cerca de 15 cm de altura. Mas também terá de desembolsar ao menos 225 libras (R$ 800) pela pequena obra de arte. Primeiro, a empresa escaneia o corpo da pessoa, depois faz os ajustes necessários à imagem capturada e, por último, usa tecnologia de impressão 3D para produzir a miniatura Divulgação Mais

9.ago.2013 - A biblioteca Memorial Martin Luther King Jr., em Washington, EUA, disponibiliza uma impressora 3D (na imagem) para quem quiser fazer seus próprios objetos. O local já cria entre dois e três itens por dia e planeja comprar outra impressora no futuro. Quem quiser utilizar o gadget precisa pagar US$ 1 (R$ 2,3) de taxa, mais US$ 0,05 (R$ 0,12) por grama de matéria prima que for utilizada Reprodução/Washington Post Mais

15.ago.2013 - Pesquisadores na China estão desenvolvendo um tipo especial de impressão em 3D, batizada de Regenovo, que usa tecido humano. No experimento, os cientistas da Universidade Hangzou Dianzi já criaram uma orelha feita de cartilagem humana, com cerca de 12 cm, e amostras de fígado (foto acima), em cerca de uma hora de impressão, segundo o ''Mashable''. Cerca de 90% das células das amostras teriam sobrevivido e permanecido vivas por cerca de quatro meses. Ainda não há previsão do uso desses implantes em humanos Reprodução/3D Printed World Mais

21.ago.2013 - O designer finlandês Janne Kyttanen criou uma coleção de quatro sapatos produzidos com impressora 3D. O site ?Mashable?, que anunciou a novidade, afirma que os arquivos para fazer a impressão foram disponibilizadas gratuitamente no site de Kyttanen (http://www.jannekyttanen.com) ? a página de downloads, no entanto, apresentou problemas durante o acesso do UOL Tecnologia. Antes de imprimir, o usuário teria de fazer ajustes de acordo com a numeração do calçado Divulgação Mais

22.ago.2013 - A Swiss Pen 3D Print é uma caneta que promete transformar um fio de plástico em tinta, de forma que o usuário possa desenhar em cima de linhas para formar um objeto, como no coelho acima (à esquerda). O produto, que foi financiado por iniciativa popular, pode ser encomendado por 102 francos suíços (cerca de R$ 270) no site da empresa desenvolvedora (swiss-3dprint.com) Divulgação Mais

22.ago.2013 - Uma empresa de impressão 3D nos EUA chamada Ogden fez um modelo em escala do Hyperloop, sistema de transporte imaginado pelo bilionário sul-africano Elon Musk. O veículo seria uma espécie de cápsula capaz de percorrer 500 quilômetros em meia hora. Para fazer o modelo, a Ogden criou o desenho no computador e depois fez as diferentes partes do Hyperloop em três impressoras 3D Divulgação Mais

29.ago.2013 - O Hex é um drone feito a partir de impressão 3D que pode ser controlado remotamente a partir de um smartphone. A ideia de seus criadores é kits com peças separadas e permitir que o usuário escolha o formato do mini-helicóptero para ser impresso pela Hex. Ele é compatível com Arduíno, Bluetooth e usa código aberto. O projeto já conseguiu financiamento coletivo de US$ 118 mil (R$ 279 mil); os kits custam a partir de US$ 49 (R$ 116) Divulgação Mais

Os arquitetos Michael Hansmeyer e Benjamin Dillenburger utilizaram impressoras 3D para fazer a instalação "Digital Grotesque". A peça consiste em uma espécie de gruta que se parece com um altar de uma catedral com 3,2 metros de altura. O material utilizado para a construção da peça foi areia Divulgação Mais

Os arquitetos Michael Hansmeyer e Benjamin Dillenburger utilizaram impressoras 3D para fazer a instalação "Digital Grotesque". A peça consiste em uma espécie de gruta que se parece com um altar de uma catedral com 3,2 metros de altura. O material utilizado para a construção da peça foi areia Divulgação Mais

Os arquitetos Michael Hansmeyer e Benjamin Dillenburger utilizaram impressoras 3D para fazer a instalação "Digital Grotesque". A peça consiste em uma espécie de gruta que se parece com um altar de uma catedral com 3,2 metros de altura. O material utilizado para a construção da peça foi areia Divulgação Mais

Um usuário, cansado de ter que encostar na tela de seu leitor digital para trocar de página, desenvolveu um acessório em uma impressora 3D para mudar as páginas. Chamada de Flappy paddle, a 'capa' para leitores Kindle adianta ou avança o texto quando o usuário toca as setas laterais. O projeto para impressão está disponível na internet Divulgação Mais

Parecida com uma dentadura, a escova de dentes acima foi criada com uma impressora 3D e, segundo a fabricante Blizzident, faz a limpeza dental em apenas seis segundos. A escova é feita a partir do molde da arcada dentária de cada pessoa. A pasta de dente pode ser colocada na língua ou nos dentes superiores; depois, é só fazer o movimento de mastigação com a escova dentro da boca. A escova é vendida por US$ 299 (R$ 661) e precisa ser trocada uma vez por ano Divulgação Mais

Festival de arte digital em Taipei (China) exibe boneca impressa em impressora 3D. A peça é chamada ''pequena princesa" Xinhua Mais

Acessório de cabeça feito em impressora 3D é exibido durante desfile "3D Print Show" realizado em Paris (França). O enfeito foi criado pelo designer Joshua Harker Joel Saget/AFP Mais

Modelo veste braceletes feitos em impressora 3D durante desfile "3D Print Show" em Paris, na França. O acessório foi criado pelo designer Joshua Demonte e impresso pela Paramount Industrie Joel Saget/AFP Mais

Vestido feito em impressora 3D é exibido por modelo durante O "3D Print Show", evento realizado em Paris (França). A peça foi desenhada pela estilista Silva Weidenbach Joel Saget/AFP Mais

Modelo exibe acessório criado pelo estilista Steven Ascensao durante desfile "3D Print Show", realizado em Paris. A peça foi feita em uma impressora 3D Joel Saget/AFP Mais

Chamado de The Quixotic Divinity, essa espécie de capacete foi criada pelo artista Joshua Harker, utilizando uma impressora 3D. O objeto foi exibido em um desfile de moda em Londres, Inglaterra. Não há informações sobre preço ou disponibilidade de venda Reprodução/Neatorama Mais

O artista Joshua Harker cria diversas obras usando impressoras 3D e coloca à venda em seu site. O produto da imagem custa US$ 315 (cerca de R$ 743) Divulgação Mais

O artista Joshua Harker cria diversas obras usando impressoras 3D e coloca à venda em seu site. O produto da imagem custa US$ 105 (cerca de R$ 247) Divulgação Mais

A impressão 3D chegou aos tradicionais desfiles de lingerie da Victoria's Secret - nas fotos acima, registradas em 14 de novembro de 2013, a modelo Lindsay Ellingson exibe uma peça inspirada em um floco de neve criada pelo arquiteto Bradley Rothenberg. Em entrevista ao ''TechCrunch'', ele afirmou ter passado seis meses desenvolvendo o corselete de nylon com 1 mm de espessura. A imagem à direita mostra o projeto, antes de ser vestido pela modelo Xinhua/Reuters/Arquivo Pessoal Mais

A impressão 3D chegou aos tradicionais desfiles de lingerie da Victoria's Secret - na foto acima, registrada em 14 de novembro de 2013, a modelo Cara Delevingne exibe uma peça criada pelo arquiteto Bradley Rothenberg. As ''asas'' com notas musicais foram relativamente simples de produzir, segundo o próprio criador. Em entrevista ao ''TechCrunch'', Rothenberg disse que gastou com as asas um décimo do tempo investido no corselete feito com impressora 3D (do slide anterior) Lucas Jackson/Reuters Mais

A companhia britânica Choc Edge desenvolveu uma impressora 3D que trabalha com chocolate em vez de plástico derretido. Chamada Choc Creator v1 e vendida por 2.888 libras (cerca de R$ 11 mil), o equipamento funciona como os equipamentos tradicionais do ramo: ele imprime desenhos feitos em programas 3D que são inseridos na impressora Divulgação Mais

Liang Hao, fundador da Choc Edge, segura um rosto impresso em impressora 3D. A companhia britânica, que fabrica impressoras 3D de chocolate, aceita encomendas de usuários para imprimir rostos. O preço para imprimir a face de alguém varia entre 50 e 80 libras (entre R$ 194 e R$ 310, aproximadamente) Divulgação Mais

Bukito 3D, da Deezmaker, imprime réplicas 3D do rosto do ator americano Bruce Willis durante a CES 2014, evento de tecnologia realizado em Las Vegas (Estados Unidos). A companhia vende modelos da impressora 3D que variam entre US$ 800 (R$ 1.922) e US$ 1.300 (R$ 3.123) Justin Sullivan/Getty Images/AFP Mais

A impressora ChefJet Pro produziu a estrutura comestível de chocolate acima, exibida na feira de tecnologia CES 2014. O público-alvo são confeiteiros que queiram imprimir objetos 3D coloridos com açúcar ou chocolate (para decoração, por exemplo). A máquina deve ser lançada ainda neste ano e tem preço sugerido de US$ 10 mil (aproximadamente de R$ 24 mil) Robyn Beck/AFP Mais

A impressora ChefJet Pro usa açúcar para produzir os doces coloridos acima, que foram oferecidos aos participantes da CES 2014. O público-alvo são confeiteiros que queiram imprimir objetos 3D coloridos com açúcar ou chocolate (para decoração, por exemplo). A máquina deve ser lançada ainda neste ano e tem preço sugerido de US$ 10 mil (aproximadamente de R$ 24 mil) Robyn Beck/AFP Mais

Expositora mostra sapato feito com impressora 3D na feira de tecnologia CES 2014 Britta Pedersen/Efe Mais

O livro "On Such a Full Sea" vem acompanhado de uma capa especial, produzida em uma impressora 3D. O material possui uma superfície em relevo. O tempo estimado para produção de cada capa é de 15 horas. Com isso, o preço da versão feita em impressoras 3D é de US$ 150 (cerca de R$ 355). O modelo com capa dura tradicional custa US$ 17 (cerca de R$ 40) no site Amazon. Segundo o criador da ideia, o objetivo é "revigorar o livro como uma obra de arte" Divulgação Mais

O site 'Wearable Planter' vende acessórios produzidos em impressoras 3D. Os objetos são feitos de forma que o comprador possa plantar pequenos vegetais dentro deles. Estão disponíveis pingentes, pins, anéis e outros formatos que podem ser presos em qualquer lugar. Os preços variam entre US$ 8 (cerca de R$ 18) e US$ 50 (cerca de R$ 118) Divulgação Mais

O estúdio alemão Deskriptiv utiliza impressoras 3D para fazer as obras de arte das imagens acima. Segundo os artistas, algumas obras possuem inspirações em criaturas marinhas. Já outra linha de criações utiliza pedaços de metal, de forma que aparentam estarem derretendo. Os produtos custam em média 80 euros cada (cerca de R$ 257) Divulgação Mais

O estúdio alemão Deskriptiv utiliza impressoras 3D para fazer as obras de arte das imagens acima. Segundo os artistas, algumas obras possuem inspirações em criaturas marinhas. Já outra linha de criações utiliza pedaços de metal, de forma que aparentam estarem derretendo. Os produtos custam em média 80 euros cada (cerca de R$ 257) Divulgação Mais

O estúdio alemão Deskriptiv utiliza impressoras 3D para fazer as obras de arte das imagens acima. Segundo os artistas, algumas obras possuem inspirações em criaturas marinhas. Já outra linha de criações utiliza pedaços de metal, de forma que aparentam estarem derretendo. Os produtos custam em média 80 euros cada (cerca de R$ 257) Divulgação Mais

A empresa 3D Babies cria, utilizando impressoras 3D, a representação de como seria um bebê que ainda não nasceu, a partir do resultado dos ultrassons. A 'réplica' promete reproduzir o tamanho da criança, a posição em que o bebê está na barriga da mãe e até a tonalidade da pele. O boneco em tamanho real custa US$ 600 (cerca de R$ 1.404). Já o modelo com metade do tamanho sai por US$ 400 (cerca de R$ 936) e uma miniatura custa US$ 200 (R$ 468) no site da companhia Divulgação Mais

Os britânicos Emily e Carl Osgathorp, de Oxfordshire, criaram réplicas deles mesmo 3D para o topo do bolo de seu casamento. As peças foram feitas em uma impressora 3D que o amigo Steven Dey, fã de tecnologia, deu para os dois como presente pela união. Dey usou uma tecnologia parecida com a do videogame Xbox Knect: o casal ficou sobre uma mesa rotativa, enquanto as imagens eram escaneadas. Depois, esses arquivos foram para a impressora, que produziu as peças em plástico Reprodução/Daily Mail Mais

O pato Dudley, do Canadá, perdeu uma pata durante uma briga com uma galinha. Para ajudar o bicho, o arquiteto Terence Loring desenvolveu uma prótese usando uma impressora 3D. O objeto foi criado com as mesmas dimensões da outra pata de Dudley. Segundo Loring, depois da prótese, o animal voltou a correr e 'ser feliz' Reprodução/Daily Mail Mais

O colar acima foi feito com uma técnica de modelagem em 3D inspirada na geometria intrincada de modelos físicos que existem na natureza -- não é à toa que ao olhá-los temos a impressão de que é um esqueleto. O desenho digital depois vira objeto com a ajuda de uma impressora 3D. O projeto 'Reverberating Across the Divide' (Reverberando através da divisão, em tradução livre) é da designer digital Madeline Gannon, do MadLab.CC Divulgação Mais

O colar acima foi feito com uma técnica de modelagem em 3D inspirada na geometria intrincada de modelos físicos que existem na natureza -- não é à toa que ao olhá-los temos a impressão de que é um esqueleto. O desenho digital depois vira objeto com a ajuda de uma impressora 3D. O projeto 'Reverberating Across the Divide' (Reverberando através da divisão, em tradução livre) é da designer digital Madeline Gannon, do MadLab.CC Divulgação Mais

A pulseira acima é outro objeto impresso em 3D no projeto 'Reverberating Across the Divide' (Reverberando através da divisão, em tradução livre, da designer digital Madeline Gannon, do MadLab.CC Divulgação Mais

A Stratasys lançou uma impressora 3D capaz de imprimir objetos usando materiais flexíveis e coloridos; acima, um par de sapatos feito pela máquina. A Objet500 Connex3 3D combina plástico e borracha para criar níveis diferentes de rigidez, transparência e opacidade. À ''BBC'', a Stratasys afirmou que a nova impressora pode reduzir em até 50% o tempo de produção de um protótipo industrial até a chegada do produto ao mercado. A Objet500 Connex3 3D custa US$ 330 mil (R$ 798 mil); o material de impressão estará disponível apenas no segundo trimestre do ano Divulgação Mais

A empresa alemã BigRep produz uma impressora 3D de mesmo nome que permite imprimir móveis. Voltado para estúdios de criação e escritórios, o produto tem 1,3 m3 de volume (1,1x 1 x 1,18 m). O produto tem preço sugerido de US$ 39 mil (cerca de R$ 93 mil) e as primeiras unidades começarão a ser entregues a partir de abril de 2014 em Berlim (Alemanha) Divulgação Mais

Na imagem, um mesa feita pela impressora 3D BigRep, produzida pela companhia alemã de mesmo nome. Voltado para estúdios de criação e escritórios, a impressora tem 1,3 m3 de volume (1,1 x 1 x 1,18 m) e permite fazer peças maiores, como móveis. O equipamento tem preço sugerido de US$ 39 mil (cerca de R$ 93 mil) e as primeiras unidades começarão a ser entregues a partir de abril de 2014 em Berlim (Alemanha) Divulgação Mais

Estúdio de impressão 3D em Nanjing (China) exibe bonecos feitos com impressora 3D. Clientes podem encomendar miniatura com suas feições - a agência de notícias local Xinhua, que divulgou a foto, não informa o preço do produto acima. A pessoa passa por um processo de escaneamento, que leva de três a cinco minutos, e a fabricação demora duas semanas Shen Peng/Xinhua Mais

Estúdio de impressão 3D em Nanjing (China) exibe bonecos feitos com impressora 3D. Clientes podem encomendar miniatura com suas feições - a agência de notícias local Xinhua, que divulgou a foto, não informa o preço dos produtos acima. A pessoa passa por um processo de escaneamento, que leva de três a cinco minutos, e a fabricação demora duas semanas Shen Peng/Xinhua Mais

Estúdio de impressão 3D em Nanjing (China) exibe bonecos feitos com impressora 3D. Clientes podem encomendar miniatura com suas feições. Para isso, devem passar por um processo de escaneamento, que leva de três a cinco minutos, e a fabricação demora duas semanas Shen Peng/Xinhua Mais

Funcionária de estúdio de impressão 3D em Nanjing (China) mostra processo de escaneamento, que leva de três a cinco minutos. Clientes podem encomendar miniatura com suas feições, que leva duas semanas para ficar pronta. A agência de notícias local Xinhua, que divulgou a foto acima, não informa o preço do produto Shen Peng/Xinhua Mais

Arquitetos holandeses estão construindo uma casa a partir de peças feitas com uma impressora 3D. O escritório Dus, em Amsterdam, é responsável pelo projeto. A ideia é que as peças possam ser montadas e desmontadas -- tal qual o brinquedo Lego -- para mudar o design da construção. Uma impressora com seis metros de altura é usada no projeto e demora cerca de uma semana para fazer cada peça (no total, a Dus estima que levará três anos para concluir a casa). Elas recebem ainda concreto para ficar mais resistentes. Acima, como será a fachada da casa Divulgação Mais

Arquitetos holandeses estão construindo uma casa a partir de peças feitas com uma impressora 3D. O escritório Dus, em Amsterdam, é responsável pelo projeto. A ideia é que as peças possam ser montadas e desmontadas --tal qual o brinquedo Lego -- para mudar o design da construção. Uma impressora com seis metros de altura é usada no projeto e demora cerca de uma semana para fazer cada peça (no total, a Dus estima que levará três anos para concluir a casa). Elas recebem ainda concreto para ficar mais resistentes. Acima, uma peça sendo impressa Reprodução Mais

Garrett Peterson, de um ano e quatro meses, nasceu com uma doença rara chamada traqueobroncomalácia, uma flacidez nas paredes das vias aéreas que fazia ele parar de respirar inesperadamente. Mas, com a ajuda de uma impressora 3D, médicos da Universidade de Michigan (Estados Unidos) criaram uma peça de sustentação que mantém a traqueia de Peterson aberta para o ar passar. O material usado se dissolve, enquanto a traqueia vai se tornando mais forte para funcionar independentemente. A mesma técnica já havia salvo a vida de outra criança no ano passado Divulgação/Universidade de Michigan Mais

28.mar.2014- Mulher holandesa de 22 anos foi a primeira paciente do mundo a receber um implante craniano completo feito de plástico por uma impressora 3D. A mulher tem um doença rara que deixava seu crânio com espessura muito maior do que o normal, o que a colocava em perigo de morte EFE Mais

O estudante francês Pierre Emm tatuou um círculo em seu antebraço, substituindo o tatuador por uma impressora 3D. A máquina foi modificada por ele, com ajuda dos colegas Piotr Widelka e Johan da Silveira (a ''NPR'', que noticiou o projeto, não especifica o que eles estudam). O projeto levou oito horas para ficar pronto e foi apresentado em um desafio do Ministério da Cultura da França. Antes de fazer a primeira tatuagem, os alunos testaram a máquina em uma pele artificial. O site oficial do projeto (http://zip.net/brm237) tem um vídeo que mostra a ''máquina de tatuagem'' em ação Reprodução/Instructables Mais

Uma mini-impressora 3D chamada Micro foi anunciada no site de financiamento colaborativo Kickstarter, com o objetivo de arrecadar US$ 50 mil (cerca de R$ 110,6 mil) para a execução do projeto. A meta foi atingida em apenas 11 minutos. Os principais atrativos são o tamanho (18,5 cm de cada lado), peso (1 kg) e preço (a partir de US$ 199, dependendo da cota de patrocínio) Divulgação/Kickstarter Mais

A agência britânica DBLG criou, em impressoras 3D, 50 esculturas de um urso subindo escadas, para produzir uma animação. Depois que as estátuas foram fotografadas, a empresa produziu um vídeo chamado "Bears on Stairs" (ursos nas escadas, em português). O projeto levou quatro semanas para ser concluído. Clique em 'Mais' e veja como foi produzida a animação Divulgação Mais

A proposta da Petit Me é produzir bonecos em miniatura com o rostos reais -- e o resultado final é bastante semelhante à pessoa original. É preciso fornecer fotos do rosto de frente e de perfil, enviá-las pelo site (http://petitme.com/), escolher o modelo do boneco e pagar, no mínimo, US$ 89 (R$ 200). A miniatura é impressa em 3D e enviada para o cliente via Correios Denis Armelini/UOL Mais

O estudante turco Deniz Karasahin (foto) usou uma impressora 3D para a criação de seu projeto. Trata-se de uma estrutura que poderia substituir o gesso utilizado para imobilizar ossos quebrados - entre as principais vantagens está a estrutura vazada, que deixaria a pele ''respirar''. Segundo ele, o uso de um scanner 3D na área machucada permitiria a criação de uma estrutura com encaixe perfeito. O projeto prevê ainda um acessório (dir) a parte, de ultrassom, para ajudar na recuperação. Não há previsão de comercialização Divulgação/A Design Award Mais

O norte-americano Jose Delgado, 53, ganhou uma prótese criada com uma impressora 3D feita por Jeremy Simon, empreendedor da 3D Universe. Ele nasceu sem uma parte da mão esquerda e usava uma prótese mioelétrica (que é acionada com impulsos elétricos), que custou US$ 42 mil (R$ 93 mil). Porém, ele passava por uma série de problemas como não conseguir dirigir ou usar a prótese em dias frios (segundo Delgado, ela fica imóvel). Já a prótese impressa em 3D custou US$ 50 (R$ 111) e funciona de forma totalmente mecânica. Delgado diz que consegue dobrar todos os dedos da prótese e ter controles mais precisos Reprodução/3D Universe Mais

A empresa chinesa WinSun desenvolveu um sistema de impressão 3D que seria capaz de produzir até dez casas por dia, ao custo de US$ 5.000 cada (cerca de R$ 11,2 mil). Como matéria prima, os equipamentos utilizam uma mistura de cimento e entulho reciclado de outras obras. Cada impressora gigante tem 10 m de largura e 6,6 m de altura. São necessárias quatro máquinas para criar uma casa Divulgação Mais

A empresa chinesa WinSun desenvolveu um sistema de impressão 3D que seria capaz de produzir até dez casas por dia, ao custo de US$ 5.000 cada (cerca de R$ 11,2 mil). Como matéria prima, os equipamentos utilizam uma mistura de cimento e entulho reciclado de outras obras. Cada impressora gigante tem 10 m de largura e 6,6 m de altura. São necessárias quatro máquinas para criar uma casa. As informações são do site '3D Printers Plan' Divulgação/WinSun Mais

A Disney está desenvolvendo uma forma de criar bichinhos de pelúcia em impressoras 3D. O urso acima, por exemplo, foi feito dessa forma. Diferentemente das impressoras 3D tradicionais, que derretem plástico, essa versão usa um fio, que vai sendo costurado em outro tecido, que serve como base. Não há informações sobre disponibilidade de venda do boneco Divulgação Mais

A Lix é uma caneta, ainda em desenvolvimento, que promete funcionar como uma impressora 3D portátil. Segundo seus desenvolvedores, ela seria capaz de derreter um filamento de plástico, para que o usuário faça um desenho 'no ar'. A estimativa é que o produto seja lançado em outubro de 2014 por US$ 140 (cerca de R$ 312) Divulgação Mais

A impressora Mink promete criar maquiagens diretamente na casa do usuário. O equipamento seria capaz, por exemplo, de produzir batons e outros produtos para a pele. Bastaria o usuário fotografar um objeto colorido e manda a impressora produzir maquiagens com aquela tonalidade. A previsão de lançamento é 2015, com preço de US$ 200 (cerca de R$ 445) Divulgação/Reprodução/Techcrunch Mais

A polícia de Yokohama (Japão) prendeu em 8 de maio um homem que tinha em sua casa cinco armas produzidas com impressora 3D - segundo a agência de notícias France Press, trata-se da primeira detenção deste tipo no país. Dois dos revólveres eram compatíveis com balas capazes de matar uma pessoa. A polícia chegou até Yoshitomo Imura, 27, depois de ele publicar na internet um vídeo com o armamento produzido com uma impressora de 60 mil ienes (cerca de R$ 1.300). O suspeito trabalha em uma universidade e disse não saber que esse tipo de impressão era ilegal AFP Mais

Durante a semana de moda da China, no final de abril, modelos vestiram roupas criadas com impressora 3D Xinhua Mais

A estudante Kylie Wicker, 9, testa sua mão protética criada em impressora 3D. O custo da peça será de US$ 10, enquanto uma prótese parecida pode chegar a US$ 50 mil (cerca de R$ 110,6 mil). Alunos do colégio Boylan (Illinois, EUA) baixaram o projeto da internet e o produziram com a impressora doada, avaliada em US$ 2.000 (cerca de R$ 4.400) Jim Young/Reuters Mais

8.mai.2014 - O artista finlandês Janne Kyttanen criou o que se pode chamar de ''guarda-roupas do futuro''. Ele fez uma coleção de roupas e acessórios que poderiam ter os moldes baixados pela internet e impressos em 3D. Assim, a pessoa não teria mais de levar malas durante uma viagem, por exemplo. Bastaria chegar ao destino e usar uma impressora 3D. O conceito virou a exposição ''Lost Luggage'' (Bagagem perdida) em Roterdã, na Holanda Divulgação Mais

8.mai.2014 - O artista finlandês Janne Kyttanen criou o que se pode chamar de ''guarda-roupas do futuro''. Ele fez uma coleção de roupas e acessórios que poderiam ter os moldes baixados pela internet e impressos em 3D. Assim, a pessoa não teria mais de levar malas durante uma viagem, por exemplo. Bastaria chegar ao destino e usar uma impressora 3D. O conceito virou a exposição ''Lost Luggage'' (Bagagem perdida) em Roterdã, na Holanda Divulgação Mais

O órfão haitiano Stevenson Joseph, 12, nasceu sem os dedos das mãos. Ele ganhou uma prótese feita com impressora 3D, criada por um casal da Califórnia (EUA) que conheceu a criança durante uma visita humanitária ao país. A peça usada no braço esquerdo custou US$ 300 e permitirá no futuro que o menino tenha inclusive a possibilidade de escrever com a mão Marie Arago/Reuters Mais

Mario Huettenhofer, presidente da empresa alemã 3D Fab, observa seu rosto feito por uma impressora 3D Jens Meyer/AP Mais

A Roboleg é uma prótese em forma de perna, feita em impressoras 3D. A criação é uma iniciativa da dupla Richard Van As e Ivan Owen. Eles são conhecidos por já terem feito e distribuído próteses de mãos e braços para mais de 200 pacientes ao redor do mundo. Ainda não há informações sobre preço ou disponibilidade, mas a dupla já divulgou que o projeto estará disponível para download via internet Divulgação Mais

A empresa de conservação de objetos históricos Factum Arte criou obras de arte a partir de desenhos antigos, como do século 18, que estavam no museu Soane, de Londres (Reino Unido). A primeira etapa foi recriar os objetos no computador, usando softwares. Depois, uma impressora 3D tornou os objetos realidade, para verificar se o projeto estava consistente. Por fim, uma versão final dos itens foi criada (não mais com a impressora), utilizando metais preciosos como ouro e prata. As decorações estão à venda no site da empresa, mas não há informações de preço ou disponibilidade Divulgação Mais

A empresa de conservação de objetos históricos Factum Arte criou obras de arte a partir de desenhos antigos, como do século 18, que estavam no museu Soane, de Londres (Reino Unido). A primeira etapa foi recriar os objetos no computador, usando softwares. Depois, uma impressora 3D tornou os objetos realidade, para verificar se o projeto estava consistente. Por fim, uma versão final dos itens foi criada (não mais com a impressora), utilizando metais preciosos como ouro e prata. As decorações estão à venda no site da empresa, mas não há informações de preço ou disponibilidade Divulgação Mais

Cientistas do Hospital da Mulher, em Boston, EUA, desenvolveram uma maneira de recriar veias humanas utilizando impressoras 3D. O processo usa um material a base de açúcar, que depois é revestido por um gel especial, para que mantenha a consistência. O projeto ainda não foi aplicado em pessoas e está sendo aprimorado Reprodução/Engadget Mais

Liam Nevins (dir.) é um soldado americano que morreu em combate no Afeganistão em agosto de 2013. Sua mãe, Victoria Nevins, criou diversas réplicas em impressoras 3D (esq.) de uma manga do uniforme de Liam, que ela havia guardado. O produto, que é em tamanho real, não está à venda, e será distribuído para amigos e familiares do combatente Reprodução/Shapeways Mais

Imagem mostra uma orelha feita em impressora 3D baseada no material genético do pintor holandês Van Gogh. O objeto está exposto em um museu alemão. A réplica do órgão do pintor foi feita para lembrar de um surto psicótico vivido pelo artista no século 19. Na ocasião, acredita-se que ele cortou sua própria orelha esquerda. A peça foi feita pelo artista alemão Diemut Strebe Diemut Strebe.Sugababe/AP Mais

A joalheira Brilliance usa anéis feitos em impressoras 3D para ajudar seus clientes a escolherem o modelo ideal. O usuário pode solicitar somente o modelo digital para imprimir em casa ou pedir o anel já impresso - no site oficial não há informações sobre o custo desse serviço. De acordo com a loja, o objetivo é auxiliar os internautas a resolverem questões como tamanho da circunferência e formato dos diamantes e outras pedras preciosas. O site oficial não informa se há custo Divulgação Mais

Uma pequena empresa da Califórnia, chamada Mission Street Manufacturing, desenvolveu uma impressora 3D para o público infantil. O produto tem muitas peças coloridas, e sua estrutura transparente permite ver as engrenagens em ação. Os comandos são dados via iPad, em um aplicativo que a companhia define como intuitivo. O projeto tenta arrecadar no site Kickstarter fundos (US$ 50 mil) para iniciar a produção em massa. Aqueles que contribuírem com valor a partir de US$ 500 levarão a Printeer para casa Divulgação Mais

Uma pequena empresa da Califórnia, chamada Mission Street Manufacturing, desenvolveu uma impressora 3D para o público infantil. O produto tem muitas peças coloridas, e sua estrutura transparente permite ver as engrenagens em ação. Os comandos são dados via iPad, em um aplicativo que a companhia define como intuitivo. O projeto tenta arrecadar no site Kickstarter fundos (US$ 50 mil) para iniciar a produção em massa. Aqueles que contribuírem com valor a partir de US$ 500 levarão a Printeer para casa Divulgação Mais

Estudantes do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), dos Estados Unidos, modificaram uma impressora 3D para que ela pudesse "imprimir" diferentes formatos de sorvete. Kyle Hounsell, Kristine Bunker e David Donghyun Kim criaram um sistema de congelamento instantâneo do sorvete com nitrogênio líquido. Com isso, a máquina consegue criar camadas com o material, da mesma forma que ocorreria com plástico. A iniciativa faz parte do projeto de formatura dos estudantes e é apenas um protótipo. No YouTube (http://zip.net/bkn4nB), há um vídeo que mostra o funcionamento da impressora Reprodução/3ders.org Mais

A empresa General Electric criou, usando impressoras 3D, uma miniatura de turbina. O produto tem 14 partes, que precisam ser encaixadas. Segundo demonstração divulgada pela empresa em forma de GIF animado, é possível girar uma manivela e fazer a turbina se mover. O modelo está disponível para download no site da companhia Divulgação Mais

A agência espacial Nasa disponibilizou uma série de modelos para serem criados em impressoras 3D gratuitamente. Entre os itens que podem ser impressos estão superfícies de planetas e instalações que foram lançadas ao espaço pelo órgão, como satélites. Na imagem, a cratera Gale, que está em Marte Reprodução/Nasa Mais

A agência espacial Nasa disponibilizou uma série de modelos para serem criados em impressoras 3D gratuitamente. Entre os itens que podem ser impressos estão superfícies de planetas e instalações que foram lançadas ao espaço pelo órgão, como satélites. Na imagem, a sonda espacial Mars Odyssey, lançada em 2001 Reprodução/Nasa Mais

A agência espacial Nasa disponibilizou uma série de modelos para serem criados em impressoras 3D gratuitamente. Entre os itens que podem ser impressos estão superfícies de planetas e instalações que foram lançadas ao espaço pelo órgão, como satélites. Na imagem, a sonda espacial Voyager Reprodução/Nasa Mais

Médicos sul-africanos usaram próteses feitas em impressora 3D para tratar dois pacientes. Um dos homens, com 31 anos, teve sua mandíbula destruída por um tumor. O outro, de 20 anos, usava uma prótese de metal e precisou substitui-la por uma nova.. As peças foram moldadas com pó de titânio derretido e feitas na universidade central de tecnologia de Bloemfontein. Na imagem, Cules van den Heever (esquerda) e Gerrie Booysen (direita), responsáveis pelo projeto, exibem réplicas das mandíbulas usadas nos pacientes Divulgação Mais

A loja virtual Ann x Ann x Design vende este colar feito com impressora 3D, com formato inspirado no de uma borboleta. A peça é feita de plástico e custa US$ 65 (cerca de R$ 148) nos Estados Unidos Divulgação Mais

A loja virtual Ann x Ann x Design vende colares feitos com impressora 3D - o modelo da esquerda custa US$ 65 (cerca de R$ 148), enquanto o da direita sai por US$ 60 (cerca de R$ 136). As peças são feitas de plástico, e a produção é realizada na cidade de Nova York (EUA) Divulgação Mais

A designer Annamari Mikkola aderiu à impressora 3D para produzir o pingente acima. A peça de aço inoxidável é folhada a ouro e custa US$ 204 (cerca de R$ 460) nos Estados Unidos. O site não informa como é o processo de fabricação na impressora 3D com o aço - geralmente, o plástico é usado como matéria-prima Divulgação Mais

O artista japonês Aki Inomata criou, usando impressoras 3D, réplicas de cidades que servem como casco para caranguejos. Depois que produziu as peças, ele colocou dentro de aquários para que os bichos se adaptassem ao acessório. Na imagem, Nova York (EUA) Divulgação Mais

O artista japonês Aki Inomata criou, usando impressoras 3D, réplicas de cidades que servem como casco para caranguejos. Depois que produziu as peças, ele colocou dentro de aquários para que os bichos se adaptassem ao acessório. Na imagem, uma região com moinhos de vento Divulgação Mais

A desenvolvedora do game 'Infinity Blade' produz personagens do jogo, usando impressoras 3D, para venda. Os preços começam em US$ 20 (cerca de R$ 45) e variam de acordo com o tamanho do boneco desejado. Dentro do próprio aplicativo do jogo (disponível apenas para iOS por US$ 7), o usuário pode customizar seu pedido, alterando a altura e outras características de cada item Divulgação Mais

Criada em 2014, a empresa brasileira Avatoys aposta na impressão 3D para produzir avatares personalizados de 10 cm, 12 cm e 14 cm (os preços são R$ 150, R$ 200 e R$ 250). O primeiro quiosque da companhia será aberto em 21 de abril no Morumbi Shopping, em São Paulo. O cliente interessado precisa ir até o local tirar uma foto - a Avatoys diz ter desenvolvido esse processo de captura das imagens 3D, que leva alguns segundos. O prazo de entrega do boneco feito com resina é de cinco dias úteis Divulgação Mais

Médico chinês Liu Zhongjun mostra uma vértebra (cinza) produzida com impressora 3D, que foi implantada em um paciente de 12 anos com câncer nos ossos. Segundo o médico da Universidade de Pequim, esta foi a primeira iniciativa deste tipo em cirurgias de coluna - tradicionalmente, a vértebra seria substituída por uma peça de titânio. Segundo a ''Forbes'', a peça produzida em 3D tem pó de titânio em sua composição Jason Lee/Reuters Mais

O designer Andrey Rudenk criou um castelo utilizando impressoras 3D gigantes. Diferente dos modelos tradicionais, que utilizam plástico, a máquina desenvolvida por Rudenk usa concreto como material. Ele já havia ganhado notoriedade por produzir casas com a mesma tecnologia Reprodução/3DPrint Mais

Os consultores de segurança Jos Weyers e Christian Holler desenvolveram, utilizando impressoras 3D, uma espécie de chave mestra chamada Bump. O formato do acessório permitira que ele se encaixe em diversas fechaduras diferentes, e com um pequeno impacto em sua borda, abriria portas mesmo sem possuir a combinação correta. Clique em 'Mais' para ver o vídeo Divulgação Mais

O designer Shigo, de Hong Kong (China), utilizou uma caneta que imprime em 3D, chamada Doodler, para criar o vestido da imagem acima. As únicas partes que não foram criadas com o equipamento são os fechos. Segundo o artista, o objetivo é compartilhar a obra para inspirar outras pessoas. Não há informações sobre preço ou disponibilidade de venda Divulgação Mais

Estudantes da Escola de Design Industrial da Georgia, EUA, desenvolveram o sapato acima utilizando impressoras 3D. O calçado foi inspirado no carro Ford Model A, de 1930, e será utilizando pela Miss Georgia Maggie Bridges durante um desfile em Nova Jersey, EUA Reprodução/Gawker Mais

25.set.2014 - O Pi-Top (http://pi-top.com/) é uma carcaça de notebook para ser criada em impressoras 3D. Disponível para download gratuitamente, o usuário pode imprimir o molde em casa e depois completá-lo com tela, teclado e outros dispositivos necessários para que um notebook funcione. O case foi desenvolvido originalmente para transformar o Raspberry Pi (um processador de bolso, que custa US$ 35) em um laptop Reprodução/Ubergizmo Mais

O designer Francis Bitonti desenvolveu com uso de impressoras 3D um par de sapatos pixelados. Segundo a versão norte-americana da revista "Wired", Bitonti primeiramente imprimiu vários pedaços de plástico para depois montar os sapatos, deixando os calçados com esse formato. Desenvolvido em parceria com a Adobe, os sapatos, por enquanto, são apenas um protótipo Divulgação/Francis Bitonti Mais

O designer Francis Bitonti desenvolveu com uso de impressoras 3D um par de sapatos pixelados. Segundo a versão norte-americana da revista "Wired", Bitonti primeiramente imprimiu vários pedaços de plástico para depois montar os sapatos, deixando os calçados com esse formato. Desenvolvido em parceria com a Adobe, os sapatos, por enquanto, são apenas um protótipo Divulgação/Francis Bitonti Mais

A empresa Solid Concepts criou um novo modelo de arma de metal feita com impressão 3D. A chamada Reason, mostra os avanços na tecnologia de sinterização usada pela Solid Concepts (adquirida este ano pela Stratasys). Com esse método, a empresa derrete metal em pó usando um laser e o molda na forma que quiser. Isso permitiu escrever um trecho da Declaração de Independência dos EUA no cano da arma Divulgação Mais

4.nov.2014 - Impressão 3D cria a réplica de um rosto, exposto no Museu de Comunicação em Haia, Holanda, durante um evento que explora a importância e o impacto da tecnologia Bas Czerwinski/Efe Mais

4.nov.2014 - Sutiã criado a partir de impressão 3D é exposto no Museu de Comunicação em Haia, Holanda, durante um evento que explora a importância e o impacto da tecnologia Bas Czerwinski/Efe Mais

11.nov.2014 -A impressora 3D Cube Printer está à venda por US$ 999 no site oficial do produto. Segundo o fabricante, pequenos objetos (como a torre da imagem acima), podem ser criados em uma hora. O refil de plástico, usado para as criações, custa US$ 49 (aproximadamente R$ 125). O gadget foi exposto durante a feira de tecnologia CA World 2014, organizada pela CA Technologies em Las Vegas, EUA, entre os dias 9 e 12 de novembro Flávio Carneiro/UOL Mais

11.nov.2014 - Os doces da imagem acima foram criados por uma impressora 3D que utiliza açúcar como matéria prima. Apesar de bonitas, as guloseimas não são apetitosas. Uma vez na boca, o produto se desmancha e fica claro que se trata apenas de vários grãos de açúcar modelados e compactados. A criação foi exposta durante a feira de tecnologia CA World 2014, organizada pela CA Technologies em Las Vegas, EUA, entre os dias 9 e 12 de novembro Flávio Carneiro/UOL Mais

11.nov.2014 - O doce da imagem acima foi criado por uma impressora 3D que utiliza açúcar como matéria prima. Apesar de bonita, a guloseima não é apetitosa. Uma vez na boca, o produto se desmancha e fica claro que se trata apenas de vários grãos de açúcar modelados e compactados. A criação foi exposta durante a feira de tecnologia CA World 2014, organizada pela CA Technologies em Las Vegas, EUA, entre os dias 9 e 12 de novembro Flávio Carneiro/UOL Mais

18.nov.2014 - A empresa Cremation Solutions cria bonecos, usando impressoras 3D, baseados em fotos enviadas pelos usuários. Os internautas podem escolher entre o modelo à esquerda (que pode custar entre US$ 600 e US$ 2.600, dependendo do tamanho) ou à direita, que sai por US$ 100 (há outros tipos de corpos prontos para os bonecos, como diversos heróis). O pedido pode ser feito no site oficial da companhia Divulgação Mais

26.nov.2014 - A agência espacial Nasa divulgou a imagem acima, que mostra o primeiro objeto feito pela impressora 3D enviada à ISS (Estação Espacial Internacional). A placa levou pouco mais de uma hora para ser produzida, e os comandos foram enviados por uma base da Terra. O objetivo da ferramenta é produzir peças para a Estação, de maneira que não seja mais necessário enviar tudo a partir da Terra Divulgação/Nasa Mais

O estúdio de design Nervous System desenvolveu, em parceria com a Shapeways (companhia especializada em impressão 3D), um vestido feito em uma impressora 3D. O diferencial da peça é que ela tem um movimento parecido com o de um tecido convencional, apesar de ser feita de plástico. Segundo a empresa, demorou dois dias para o vestido ficar pronto Divulgação/Nervous Systems Mais

A Local Motors apresentou à imprensa o primeiro carro do mundo criado a partir de uma impressora 3-D impressa na Naias (North American International Auto Show), realizada em Detroit, Michigan (EUA), em 12 de janeiro de 2015. A empresa de tecnologia automotiva levou 44 horas para imprimir o modelo chamado Strati. A estrutura de plástico é composta por uma única peça, à qual são acoplados componentes como motor, suspensão e bateria. O modelo será comercializado a partir de 2015, por preço não divulgado. Já são aceitas reservas para futuras encomendas Mark Blinch/Reuters Mais

A Local Motors apresentou à imprensa o primeiro carro do mundo criado a partir de uma impressora 3-D impressa na Naias (North American International Auto Show), realizada em Detroit, Michigan (EUA), em 12 de janeiro de 2015. A empresa de tecnologia automotiva levou 44 horas para imprimir o modelo chamado Strati. A estrutura de plástico é composta por uma única peça, à qual são acoplados componentes como motor, suspensão e bateria. O modelo será comercializado a partir de 2015, por preço não divulgado. Já são aceitas reservas para futuras encomendas Mark Blinch/Reuters Mais

Um britânico decidiu criar uma cópia em 3D de seu próprio rim para ajudar os médicos em um procedimento cirúrgico. John Cousins, 46, foi diagnosticado com pedras no rim e precisou ser operado. Para ajudar o cirurgião, ele criou o modelo, que custou 123 libras esterlina (cerca de R$ 489,87) e levou cinco horas para ser impresso Reprodução/The Telegraph Mais

Um entusiasta da impressão 3D usou seus conhecimentos para salvar a vida da mulher, segundo a revista Make Zine. Michael Balzer, ex-engenheiro de software, construiu a réplica do tumor encontrado nos olhos de sua companheira, Pamela Shauvan Scott Reprodução Mais

9.fev.2015 - A empresa Wolfprint 3D, de Tallinn (Estônia), produz réplicas de fetos de crianças em uma impressora 3D. A companhia diz que quer tornar o período de gravidez "mais emocionante" ao criar fetos das crianças que ainda nem nasceram. As escuturas são todas baseadas baseado em ultrassons 3D que as mães fazem durante o perído de getação Ints Kalnins/Reuters Mais

9.fev.2015 - A empresa Wolfprint 3D, de Tallinn (Estônia), produz réplicas de fetos de crianças em uma impressora 3D. A companhia diz que quer tornar o período de gravidez "mais emocionante" ao criar fetos das crianças que ainda nem nasceram. As escuturas são todas baseadas baseado em ultrassons 3D que as mães fazem durante o perído de getação Ints Kalnins/Reuters Mais

12.mar.2015 - A empresa norte-americana de brinquedos FCTRY criou uma boneca da ex-secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton. A cópia do produto será entregue aos possíveis compradores por e-mail, que pode ser reproduzida em uma impressora 3D. Hillary deve disputar as eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016 AFP Mais

25.mar.2015 - O primeiro carro sedã fabricado por uma impressora 3D foi submetido a um teste drive pelas ruas de Hainan, a menor província da China. Com 1,63 metros de largura e 3,6 metros de comprimento, o veículo de 500 kg foi impresso com materiais compostos de baixo custo em cinco dias, segundo a empresa chinesa Sanya Sihai, responsável pela criação, que não revelou o custo da impressão Reprodução/Youtube Mais

18.abr.2015 - Modelo se prepara para desfilar com colar criado com impressora 3D em evento realizado na Cidade do México. A empresa mexicana Morfológica Nacional usa a tecnologia para desenvolver acessórios de moda e peças decorativas Marco Ugarte/AP Mais

23.abr.2015 - A Universidade de Tongji expõe carro parcialmente impresso em 3D em feira internacional de tecnologia realizada em Xangai, na China. A tecnologia foi utilizada para fazer cerca de 362 peças do automóvel, o que representa 30% de todos os materiais utilizados. O veículo, segundo os desenvolvedores, é um terço mais leve do que os convencionais Reuters Mais

11.set.2015 - O engenheiro e violinista profissional Laurent Bernadac toca o "3Dvarius", um violino cujo corpo foi feito em uma impressora 3D com resina transparente, em Paris, na França Christian Hartmann/Reuters Mais

Impressoras 3D são "fábricas de objetos"; veja o que é possível criar com elas

Últimos álbuns de Tecnologia

UOL Cursos Online

Todos os cursos