iStock

De olho na segurança

Como Zuckerberg: veja 5 dicas supersimples para prevenir ataques hackers

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Facebook

Mark Zuckerberg virou notícia depois de revelar um truque simples para evitar ataques hackers. O dono do Facebook adotou um pedaço de fita adesiva para evitar ser espionado através da câmera do seu laptop, um Macbook. Se o invasor conseguir ligar a câmera remotamente, o invasor não conseguirá ver ou ouvir o que ele estará fazendo.

A novidade mostrou que "Zuck" se preocupa sim com sua segurança, apesar de ter usado senhas fracas em outras redes sociais no passado

A medida poderia ser entendida como exagero, mas as invasões a câmeras de segurança e até a babás eletrônicas estão se tornando frequentes. Possivelmente Zuckerberg conta com outros meios para impedir o acesso de estranhos, como antivírus e firewall, mas a fita crepe é uma forma muito simples e eficiente para criar mais uma barreira para criminosos virtuais. Não é preciso sequer muito trabalho ou tempo gastos em configuração.

Selecionamos abaixo mais quatro dicas do mesmo calibre para se prevenir. Porém, não confie apenas nessas únicas dicas: procedimentos de sempre, como usar senhas fortesbons antivírus e um comportamento seguro no celular ainda são fundamentais.

Divulgação/Facebook
Divulgação/Facebook

Cubra sua webcam

Por mais seguros que sejam, redes com câmeras possuem brechas para invasões, como uma senha fraca no roteador da internet --"admin", "123456", etc.-- ou infecção por vírus. Enquanto o hacker estiver controlando sua câmera, poderá saber mais sobre você, o local onde mora e seus hábitos, fazendo disso uma ameaça à sua integridade. Ou fazer gravações clandestinas de momentos privados e usar isso para extorqui-lo. Daí a importância de se usar qualquer coisa que tape a webcam temporariamente quando não estiver sendo usada, como uma fita adesiva, um post-it ou um pedaço de papel.
iStock
iStock

Se usa senha no celular, limpe a tela sempre

Muita gente já usa senha em seu smartphone, mas para se precaver em caso de perda ou roubo, um detalhe merece sua atenção desde já: as marcas de gordura que podem "denunciar" por onde seu dedo passa na hora de destravar a tela. Isso vale para senhas com número, pois apesar de não mostrarem a ordem dos algarismos, as marcas mostram as áreas da tela onde o dedo clica mais. Isso aumenta as chances do sujeito mal intencionado, que irá usar isso para "chutar" várias senhas até acertar. O fato piora para senhas do tipo padrão --daquelas em que o dedo desliza por entre nove pontos até concluir uma trilha pré-determinada pelo usuário. Então limpe sempre a tela para que a gordura marcada na tela não seja uma "chave" para o invasor.
Reprodução
Reprodução

Desligue o roteador e o computador quando não estiver usando

A maioria das pessoas não usa internet 24 horas por dia. Quando se está online, você conseguirá perceber algo estranho no seu computador em caso de uma invasão repentina. Mas se você vai dormir e deixa o computador e a internet da sua casa ligados, a chance do hacker ser bem sucedido aumenta. Então desligue seu roteador no botão de liga/desliga quando parar de usar; ou então desconecte a rede wi-fi - ou retire o cabo azul da banda larga - no próprio dispositivo no final do dia. Se sua rede está configurada corretamente, não precisará se preocupar; a conexão será recuperada assim que ligar e plugar tudo de novo.
Reprodução
Reprodução

Sempre clique em Sair, Logoff ou Logout

É um procedimento padrão mas que até hoje nem todos seguem: ao terminar de usar qualquer site na internet que exija autenticação --login e senha, para os leigos-- sempre clique em Sair, Logoff ou Logout para encerrar seu período naquele serviço. Não apenas feche a aba do navegador; este ainda está mantendo a sessão ativa por mais algum tempo. Esse mau hábito é prejudicial principalmente em quem usa computadores ou dispositivos móveis de forma compartilhada, pois outra pessoa virá e poderá mexer na sua privacidade online. A dica vale para o uso no seu webmail, em todas as redes sociais, comércio eletrônico e principalmente sites de bancos. Estes últimos normalmente contam com logoff automático quando se fecha a aba, mas prevenção nunca é demais neste caso.
Reprodução
Reprodução

Ctrl + Shift + Del nos navegadores

Chrome, Firefox e Internet Explorer usam o mesmo atalho de teclas --apertar Ctrl, Shift e Del ao mesmo tempo-- para que você entre na área de limpeza de histórico. O que é isso? É onde você vai limpar tudo o que você fez na internet em um determinado período de tempo ou desde sempre. Apaga URLs de sites visitados, cache (conteúdo baixado para montar as páginas de internet no seu computador), senhas de autenticação, cookies (arquivos de texto que guardam dados automaticamente) e preenchimento automático de formulários (como quando você começa a digitar seu nome em algum cadastro online e aparece ele completo logo abaixo), entre outros dados. Limpar esse conteúdo periodicamente evita que o hacker saiba mais sobre você e seu dispositivo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos