De ajudante doméstico até cachorrinho: conheça os melhores robôs da CES

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Aibo, o cão-robô da Sony, voltou a CES cheio de novos truques

    Aibo, o cão-robô da Sony, voltou a CES cheio de novos truques

Geladeiras inteligentes, TVs gigantes e computadores ultrafinos são tendências da CES, a maior feira de tecnologia do mundo, em 2018, mas um eletrodoméstico mais esperto não é exatamente o que a maioria das pessoas imagina quando pensa em tecnologias futuristas, não é mesmo? O que elas pensam é em naves espaciais, sabres de luz e robôs.

VEJA TAMBÉM:

E se naves espaciais e armas laser ainda não são comuns na CES, ao menos robôs não faltam dentro - e fora - da feira que acontece nesta semana em Las Vegas, nos EUA. Desde um simpático auxiliar doméstico que arruma a casa e pega bebidas na geladeira e a conversadeira e meio assustadora Sophia até um sorridente companheiro que bate papo e toca música e o favorito da galera, o cãozinho Aibo, da Sony, há robôs para todos os gostos vindo aí.

Conheça a seguir os melhores robôs vistos na CES 2018 - e que podem, em breve, estar na sua casa.

Divulgação
Divulgação

Aeolus Bot

O Aeolus é um ajudante doméstico que parece saído direto de um episódio dos "Jetsons". O robô consegue reconhecer e organizar "milhares de itens" dentro de casa, varrer e aspirar pó, ajudar a localizar objetos perdidos, como óculos, e, de quebra, pegar cerveja ou refrigerante na geladeira e levar para as pessoas. O Aeolus sai no final do ano nos EUA e ainda não tem preço definido, mas os fabricantes dizem que vai custar "menos de US$ 20 mil".
Divulgação
Divulgação

Buddy

O robô francês Buddy foi feito para bater papo com qualquer membro da família, tomar conta da casa, tocar música e reproduzir vídeos, entre outras atividades. É quase uma Amazon Echo com rosto e rodas, mas sem a Alexa. A ideia da fabricante Blue Frog é que Buddy seja um companheiro eletrônico para crianças pequenas e idosos. Sem preço definido, o robôzinho vai entrar em pré-venda "em breve".
Divulgação
Divulgação

Honda 3D-A18

O primeiro dos quatro ajudantes eletrônicos conceituais da Honda, o 3D-A18 é projetado para dar informações em shoppings e aeroportos. Ele será capaz de compreender as necessidades das pessoas com quem conversar e reagir de acordo, tanto com a voz quanto com expressões faciais na telinha luminosa. Não há previsão para o 3D-A18 chegar ao mercado.
Divulgação
Divulgação

Honda 3D-B18

O 3D-B18, da Honda, é um robô conceitual feito para carregar itens frágeis e delicados, como seres humanos, dentro e fora de casa. A máquina será do tamanho apropriado para manobrar em espaços urbanos apertados, como calçadas, e poderá carregar malas, compras, seus filhos e até você mesmo. Não há previsão para quando o 3D-B18 chegará ao mercado.
Divulgação
Divulgação

Honda 3D-C18

Mais um robô conceitual da Honda, o 3D-C18 é uma verdadeira "mula de carga", feito para uso dentro de casa e na rua. Sua função principal é carregar cargas e ele aprende a operar sozinho observando os padrões de movimentos e comportamento dos humanos ao redor. Ainda não há previsão para o 3D-C18 chegar ao mercado.
Divulgação
Divulgação

Honda 3D-D18

Não, o 3D-D18, da Honda, não é um Transformer. Esse robô conceitual é um veículo off-road inteligente, projetado sobre um chassi de ATV para busca e resgate em regiões rurais. Além de andar sozinho, o 3D-D18 será equipado com pneus virtualmente indestrutíveis capazes de passar por cima de praticamente qualquer obstáculo. Não há data para o 3D-D18 chegar ao mercado.
Divulgação
Divulgação

Kuri

Mostrado pela primeira vez na CES do ano passado, o Kuri marcou presença no evento de 2018 e já está começando a ser enviado para os primeiros compradores. Assim como outros robôs similares, o Kuri é projetado para ser um auxiliar doméstico: ele responde perguntas, tira fotos, brinca e monitora crianças pequenas. O robozinho é capaz de reconhecer rostos e vozes, desviar de objetos pela casa e custa US$ 800.
Divulgação
Divulgação

LG Cloi

Responsável por fazer os executivos da LG passarem vergonha ao não responder comandos de voz na apresentação da CES, o pequeno Cloi será capaz de, no futuro, gerenciar todos os equipamentos inteligentes da sua casa, ajustando a iluminação e ligando a máquina de lavar, por exemplo. Outras funções incluem agendar compromissos, ensinar receitas para a cozinha e outras atividades. Há uma versão maior nos planos, destinada para hotéis, aeroportos e shopping centers.
Divulgação
Divulgação

Sony Aibo

O Aibo, da Sony, é um dos robôs mais conhecidos pelo público. Após alguns anos ausente na CES, o cãozinho voltou aos palcos e mostrou que aprendeu novos truques: Aibo consegue reconhecer faces e responder comandos de voz e reagir à brincadeiras e carícias, além de fazer truques caninos, como pegar ossos e coisas do tipo. Com uma câmera equipada no focinho, o robô pode monitorar a casa enquanto o dono está fora.

Por enquanto, o Aibo só é vendido no Japão. O preço é de 198 mil ienes, cerca de US$ 1.755, além de uma assinatura mensal para receber atualizações do cão robô.
Divulgação
Divulgação

Sophia

O robô humanóide Sophia é fascinante e um tanto assustador, nem tanto por sua aparência mas pela Inteligência Artificial com a qual é equipada. Ela aprende rápido e já sabe andar, bate papo com as pessoas e é cheia de opiniões sobre os mais diversos temas. Fabricada pela Hanson Robotics, de Hong Kong, Sophia não está à venda, mas aponta o futuro da robótica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

LEIA MAIS

UOL Cursos Online

Todos os cursos