Funcionários dão de cara no vidro da Apple e outras notícias do dia em Tec

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    As paredes de vidro do Apple Park são lindas, mas perigosas.

    As paredes de vidro do Apple Park são lindas, mas perigosas.

A combinação de enormes paredes de vidro com o uso intenso de iPhone não está sendo muito boa para a saúde dos funcionários da Apple.

A companhia já teve que chamar o serviço de emergência algumas vezes para socorrer funcionários que deram de cara com as paredes de vidro do futurista Apple Park, enquanto caminhavam distraídos olhando para as telas dos smartphones. No dia da abertura do novo campus, sete pessoas deram de cara no vidro, revelou a Bloomberg.

Ninguém precisou ser hospitalizado, mas alguns dos feridos tiveram cortes pequenos na cabeça.

Funcionários da Apple até tentaram colocar avisos nas paredes transparentes usando folhas de 'post-it', mas os alertas foram removidos por "prejudicarem a estética do prédio".

VEJA TAMBÉM:

A situação parece engraçada, mas a Apple pode ter que se explicar na Justiça: as leis trabalhistas da Califórnia são rigorosas sobre as condições de segurança e, inclusive, citam o perigo dos trabalhadores se chocarem contra paredes de vidro não sinalizadas.

Essa não é a única notícia do dia envolvendo a Apple e o iPhone, mas com certeza, teve bastante impacto. Confira a seguir outras novidades:

Getty Images/iStockphoto
Getty Images/iStockphoto

iPhone vai ganhar função "Saúde da Bateria"

Após toda a novela de que a Apple diminui a performance do iPhone para preservar a bateria, a empresa preparou uma nova função para o celular, chamada "Saúde da Bateria". Com ela, você poderá conferir uma análise detalhada do estado da bateria e decidir quando quer (ou não) que a performance seja prejudicada.

A nova função começou a aparecer no segundo teste beta do sistema operacional iOS 11.3, na forma de um novo menu na aba Bateria, nos Ajustes do iPhone. Nessa tela, você poderá ver a capacidade da bateria. Se ela estiver abaixo de 80%, é quando o sistema vai diminuir a performance do processador para manter o celular ligado por mais tempo - mas você poderá optar por desativar esse gerenciamento.
Reprodução
Reprodução

Vaza foto do Nokia 7 Plus

Um dia após a Nokia revelar as primeiras imagens do novo smartphone Nokia 7 Plus, vazou uma foto do aparelho na mão de um usuário. Pela imagem, dá para ver que será o primeiro celular da fabricante finlandesa com tela 18:9.

A foto também revela que o 7 Plus vai manter a mesma interface do Nokia 6 e terá bordas arredondadas. Rumores apontam que ele vai usar um processador Snapdragon 660 e terá 4 GB de RAM. O Nokia 7 Plus deve ser revelado em detalhes na MWC 2018, principal feira de telefonia celular do mundo que vai rolar no fim do mês em Barcelona, na Espanha.
Reprodução
Reprodução

Google dificulta a visualização de imagens na busca

O Google mudou a forma que sua busca por imagens funciona - e a novidade não vai agradar os usuários. O botão de visualizar imagem foi removido. Com ele, você podia clicar e abrir a imagem em uma janela, sem precisar ir até a página onde ela estava publicada. Agora, o processo exige alguns passos e cliques extras.

A medida foi tomada para deixar a cópia de imagens mais complicada. O motivo: o Google vinha recebendo queixas de fotógrafos e agências de notícias que sentiam que a ferramenta permitia roubar imagens com facilidade. A intenção da mudança é ao menos levar o usuário para a página da foto, o que gera visualizações, renda com anúncios e associa melhor a imagem com o detentor dos direitos autorais.
Getty Images/iStockphoto
Getty Images/iStockphoto

Sistema de bloqueio de celulares irregulares vai ser testado no Brasil

No dia 22 de fevereiro, as prestadoras de serviços de telefonia móvel vão iniciar os testes do sistema de bloqueio dos celulares irregulares no Brasil. Os primeiros testes vão acontecer em Goiás e no Distrito Federal.

Além do bloqueio, o setor espera que outras medidas sejam adotadas para combater o mercado irregular de celulares, com reforços na segurança durante a fabricação, para evitar adulterações e clonagem. A retirada de celulares irregulares do mercado deve contribuir para uma melhoria na qualidade do uso das redes de telefonia para o usuário final.
Divulgação/JAKKS Pacific
Divulgação/JAKKS Pacific

Que tal jogar "laser tag mágico" com essas varinhas de Harry Potter?

Todo fã de Harry Potter já sonhou ter sua própria varinha mágica e duelar com os colegas da Grifinória. Com essas varinhas feitas pela JAKKS Pacific, você pode chegar bem perto disso - sem o risco de lançar o feitiço errado!

As varinhas possuem sensores de movimento embutidos, bem parecidos com os dos smartphones, e interpretam os gestos dos usuários para lançar magias como "Ventus", "Incendio" ou "Wingardiun Leviosa". O feitiço de morte "Avada Kedavra" não está incluído, mas todas as outras magias disparam efeitos sonoros e padrões de led na varinha. E sim, você pode jogar uma espécie de "laser tag" contra outros amigos equipados com suas próprias varinhas mágicas.

As varinhas mágicas vão começar a ser vendidas nos EUA no final do ano, em três modelos: Harry Potter, Dumbledore e Voldemort. O preço? US$ 25 cada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos