Samsung

Novo Galaxy S9+ pode custar quase R$ 4 mil; veja as notícias do dia em Tec

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Às vésperas da apresentação oficial dos novos Samsung Galaxy S9 e S9+, o que não faltam são rumores sobre as capacidades dos smartphones, mas um suposto vazamento na Europa pode ter entregado a informação que todos querem saber: os preços.

O suposto vazamento veio pelas mãos Evan Blass, repórter do Venture Beat, através de seu perfil no Twitter. Os preços seriam 841 euros para o S9 e 997 euros para o S9+. Na cotação de hoje (22), esses valores equivalem a R$ 3.367 e 3.991, respectivamente.

Se o valor se confirmar na apresentação dos novos modelos S9 e S9+, ambos os smartphones estarão praticamente na mesma categoria de preço do iPhone X na Europa: na Espanha, por exemplo, o celular mais caro da Apple custa a partir de 1,160 euros.

Todos os detalhes sobre os novos S9 e S9+ serão revelados pela Samsung em sua conferência no Mobile World Congress, no dia 25 de fevereiro.

VEJA TAMBÉM:

Outras notícias do dia em Tec incluem um celular super resistente da Land Rover e um óculos que lê as palavras para usuários disléxicos. Confira!

Divulgação
Divulgação

Celular da Land Rover tem bateria que dura 2 dias

A Land Rover anunciou hoje (22) um smartphone super robusto para usuários com perfil aventureiro: o Land Rover Explore tem uma bateria de 4.000 mAh, que funciona por dois dias antes de precisar ser recarregado.

O Explore tem tela Full HD de 5 polegadas com Gorilla Glass 5, processador Deca-core 2.6 GHz, dual SIM, 4 GB de RAM, 64 GB de espaço para armazenamento e câmeras de 16 MP (traseira) e 8 MP (frontal), além de sistema operacional Android.

Os usuários podem adquirir alguns acessórios para o Explore, como uma bateria extra, encaixe para bicicletas e antena GPS. O aparelho será exibido na World Mobile Congress, em Barcelona, na Espanha, e será lançado no dia 26 de abril na Europa. Os preços ficam entre R$ 2,724 e R$ 2,952, dependendo dos acessórios.
Divulgação
Divulgação

Esses óculos leem as palavras para os usuários daltônicos

Uma companhia japonesa está desenvolvendo óculos que leem e pronunciam palavras para usuários com dislexia ou outras dificuldades de leitura. A pesquisa vem desde 2012, mas agora os óculos foram listados no Campfire, o "Kickstarter japonês". A meta é de US$ 93,500 e cada peça vai custar US$ 47.

Chamados de Oton Glass, os óculos são equipados com duas câmeras pequeninas e fones de ouvido nas hastes. Com o auxílio de pequenos espelhos no interior das lentes, as câmeras conseguem rastrear o que o usuário está lendo pelo movimento dos olhos.

Ao ler um texto que não consegue entender, o usuário pisca e uma foto do texto é enviada para a nuvem, analisada e convertida em uma mensagem de voz. O conceito é similar ao do Google Translator (que também permite converter texto em voz), mas o uso dos óculos é mais natural do que o do celular na ferramenta do Google.
Divulgação
Divulgação

Maior arranha-céu do mundo será uma "cidade vertical" na Arábia Saudita

Com quase 1km de altura, a Jeddah Tower será o maior arranha-céu do mundo quando sua construção for concluída em 2020. O prédio na Arábia Saudita terá mais de 200 andares e será praticamente uma "cidade vertical".

A torre terá restaurantes, hotéis, apartamentos e um shopping center, além de um chamativo deck de observação no 157º andar. O arranha-céu vai custar cerca de US$ 2,2 bilhões para ser erguido e é a primeira parte de um projeto maior, a Jeddah Economic City.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos