Nazaré, Travolta, Chico... Qual a origem dos memes do nosso coração?

Marcelle Souza

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Elas já foram compartilhadas tantas vezes que muita gente nem sabe qual era o contexto original das imagens que circulam nas redes sociais. Essas fotos servem hoje para falar com bom humor sobre política, relacionamentos amorosos e até da rotina de estudos.

Mas como surgiram os memes mais famosos da internet?

O UOL foi atrás das respostas e lista a seguir a origem de alguns dos nossos virais favoritos. Confira:

VEJA TAMBÉM

John Travolta confuso

No ranking do memes preferidos dos brasileiros, o "John Travolta confuso" não pode faltar. O viral foi extraído de uma cena do filme "PulpFiction - Tempo de Violência", de 1994. No trecho, Vicent Vega, personagem de Travolta, vai buscar Mia Wallace (Uma Thurman), mulher do seu chefe. O problema é que, quando Vega entra na casa dela, começa a ouvir Mia pelos alto-falantes. Daí toda aquela cara de confusão. Segundo o site KnowYourMeme (uma espécie de enciclopédia virtual de memes), em 2012 um usuário da rede fez uma montagem da cena brincando com a ideia de que não sabia qual boneca dar de presente de Natal para sua filha. A partir daí, Travolta foi retirado do contexto original para "viver" diversas situações engraçadas que fazem parte do nosso cotidiano.

Chico feliz, Chico triste

A imagem original compõe a capa do álbum Chico Buarque de Hollanda, de 1966, em que o cantor aparece com duas expressões: uma de alegria e outra de tristeza. O disco de estreia de Chico tem 12 faixas de MPB e de samba. Quase 50 anos depois do lançamento, a capa do álbum invadiu a rede e virou meme. Até o próprio cantor entrou na onda e, em 2017, publicou o meme para inaugurar seu perfil no Instagram. Parece que a estratégia funcionou e só no primeiro dia, a página alcançou quase 30 mil seguidores.

Chloe sincera

Sabe aqueles vídeos que familiares e amigos compartilham de crianças fazendo ou falando coisas engraçadas? Essa é a origem de um dos memes mais usados nas redes sociais. Chloe tinha apenas três anos quando uma cena compartilhada pela mãe no Youtube viralizou. No original, Chloe e a irmã pensam que estão a caminho da escola, mas a mãe decide contar a surpresa: na verdade, elas estão indo para a Disney. A irmã mais velha fica muito emocionada com a notícia e começa a chorar, o que assusta Chloe, que faz aquela expressão cômica que todos nós já conhecemos. De tão famosa por aqui, Chloe veio para o Brasil em 2017 e foi recebida com uma torre de coxinhas.

Nazaré confusa

Bem antes de virar um dos nossos memes favoritos, Nazaré Tedesco foi uma das vilãs mais odiadas do Brasil. A personagem de "Senhora do Destino", vivida por Renata Sorrah em 2004 e 2005, era tão má que roubou a filha de Maria do Carmo (Susana Vieira) no início da trama e chegou a matar o seu marido quando ele descobriu a mentira. Nazaré ganhou o público pelas maldades e humilhações, mas também por se elogiar em frente ao espelho: "loira linda", "gostosa", "boazuda", dizia. Das muitas cenas marcantes da personagem na novela, uma em especial foi eternizada nas redes sociais. Trata-se do momento em que Nazaré é presa ao invadir a casa de Maria do Carmo. O close no rosto da personagem virou GIF e conseguiu representar o sentimento de muitos alunos diante de equações matemáticas. Mas como a internet não tem limite, as brincadeiras não param por aí, e outras cenas da vilã viraram memes, como a final, em que ela rouba a filha de Lindalva e ameaça jogar o bebê no rio.

Disaster girl

É só aparecer um acidente ou desastre (real ou imaginário) que a gente logo se lembra da garotinha fofa com aquele sorriso terrível diante de uma casa em chamas. Na internet, o tema de fundo pode mudar bastante, mas a querida Zoe está sempre lá com o olhar inconfundível. A foto é real e foi tirada em 2004, quando Dave Roth resolveu clicar a filha diante de um treinamento dos bombeiros na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. A foto, no entanto, só ganhou repercussão em 2008, quando a JPG Magazine selecionou a imagem entre várias inscritas em um concurso de "Captura de Emoções".

Ata da Mônica

A Turma da Mônica, de Mauricio de Sousa, é um dos quadrinhos mais famosos no Brasil e marcou diversas gerações desde a década de 1960. Em 2016, no entanto, a capa do Almanaque da Mônica de 2004 foi modificada por usuário do Twitter e virou meme. Nessa nova versão, a imagem, que originalmente tinha vários personagens do gibi na tela do computador da Mônica, ganhou a palavra "ata", que remete à expressão "ah, tá". Assim que viralizou, a Mônica real, filha de Mauricio de Souza e que inspirou a personagem, resolveu reproduzir o meme. Na página oficial da Turma da Mônica no Facebook, ela apareceu sentada em frente a um computador com a palavra "ata". Na legenda, ela publicou: "Quer dizer então que a internet fez mais um meme com a Moniquinha? Pois bem, a Mônica Sousa de verdade tem um comentário sobre isso".
Compartilhe

Namorado distraído

Era para ser apenas mais uma foto publicitária, mas a imagem de um triângulo amoroso virou uma das mais usadas em memes na internet. O registro foi feito em 2015 pelo espanhol Antonio Guillem, fotógrafo experiente em produzir material para bancos de imagens. "Eu nunca pensei que uma das minhas imagens fosse tão popular. Eu nem sabia o que era um meme até recentemente, quando as modelos começaram a me contar sobre os memes que as pessoas estavam fazendo com o nosso trabalho", disse Guillem em um comunicado divulgado para a imprensa na internet. A ideia inicial era fazer um registro que remetesse à infidelidade, mas de forma lúdica e divertida. "O cenário foi completamente improvisado, pois não tivemos tempo de pesquisá-lo. Como sempre trabalho com os mesmos modelos, foi muito fácil criar a situação, apesar de ser bastante desafiador conseguir expressões faciais tão críveis", disse. O resultado extrapolou as relações amorosas e hoje serve de pano de fundo para piadas de todo tipo.

Senhora? Senhora?

Era para ser uma reportagem de denúncia, mas o que a internet perpetuou mesmo foi o meme de uma servidora da Assembleia Legislativa de Goiás fugindo de uma jornalista da TV Anhanguera. Em 2015, Edinair Maria dos Santos Moraes foi flagrada pela equipe batendo ponto e, em seguida, deixando o órgão em que deveria estar trabalhando. Questionada pela reportagem, Edinair responde "Não, eu nunca fiz isso". Logo em seguida, a servidora tenta fugir da repórter, que a interpela: "Senhora? Senhora?". Imediatamente o vídeo viralizou e ganhou contextos bem diferentes do original.
Compartilhe

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos