Ficar em filas no Japão pode deixar de ser incômodo com cadeira automática

Nos restaurantes de Tóquio, onde é comum ver longas filas para entrar, os clientes em breve aguardarão sua vez sentados pacientemente em cadeiras que se movimentam sozinhas, segundo um vídeo divulgado nesta terça-feira (27) pelo grupo automobilístico japonês Nissan.

As cadeiras utilizam câmeras associadas a um programa de análises que detecta a presença do assento anterior para deslocá-las segundo um traçado pré-definido. Trata-se de uma tecnologia parecida com o sistema ProPILOT de alguns veículos da Nissan.

Esta inovação da Nissan, que busca promover as vantagens da condução autônoma, poderá ser testada a partir de 2017 nos restaurantes do Japão, entre os que tiverem manifestado seu interesse.

Em Tóquio, embora existam cerca de 160.000 restaurantes, não é incomum ter que esperar bastante tempo, inclusive horas, antes de poder entrar nos estabelecimentos.

O objetivo do sistema é "eliminar a irritação e o cansaço de esperar de pé", explica o construtor de automóveis em um comunicado, junto a um vídeo que mostra clientes sendo transportados pelas calçadas.

O fabricante japonês havia divulgado no início do ano outro vídeo parecido no qual as cadeiras de um escritório voltavam sozinhas para seus lugares quando uma pessoa batia palmas, ilustrando, assim, a possível ajuda para o estacionamento dos carros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos