Downey Jr. e Jay-Z investem em empresa que faz seguro de vida em 10 minutos

Julie Verhage

Da Bloomberg

  • Getty Images

    Robert Downey Jr.

    Robert Downey Jr.

A empresa é pouco conhecida no Vale do Silício, mas seus investidores não passam despercebidos.

A Ethos Technologies foi fundada em São Francisco no ano passado por uma dupla com MBA da Universidade de Stanford. Seu principal produto é um processo simplificado e acessível para compra de seguro de vida por prazo determinado - que paga o benefício se o segurado morrer em período definido.

VEJA TAMBÉM:

A Ethos levantou US$ 11,5 milhões recentemente em uma rodada de captação liderada pela Sequoia Capital, baluarte do Vale do Silício.

Participaram da rodada investidores menos previsíveis, incluindo o fundo de venture capital da empresa de entretenimento Roc Nation, pertencente ao rapper Jay-Z; a Downey Ventures, do ator Robert Downey Jr.; a Durant Co., do jogador de basquete Kevin Durant; e a Smith Family Circle, do ator Will Smith.

Seguro de vida talvez não seja um foco típico de magnatas de Hollywood, mas tem aumentado o número de investidores de capital inicial no segmento que combina seguro e tecnologia.

De acordo com relatório da firma de pesquisa CB Insights divulgado em maio, o número de investidores de venture capital no segmento aumentou de 53 em 2012 para 217 em 2017. Desde 2012, esses investidores despejaram US$ 9 bilhões no ramo.

Para se destacar entre tanta concorrência, a Ethos usa a "tecnologia mais moderna e análise preditiva" e reduz a burocracia, disse o cofundador e presidente Peter Colis. Cerca de "99 por cento dos nossos clientes não fizeram exame médico, exame de sangue ou o processo de aprovação tradicionalmente prolongado", acrescentou Colis.

Em vez disso, as pessoas conseguem solicitar seguro de vida em 10 minutos e o pagamento mensal é a partir de US$ 6. "Usando software, podemos ajudar grandes números de clientes em escala, independentemente do tamanho da apólice", explicou Colis.

A empresa já tem autorização para operar em 49 Estados americanos. Para originação das apólices, sua parceira é a Assurity Life Insurance, e a resseguradora é a Munich RE.

Antes da captação, a Downey Ventures e a agência de talentos Creative Artist Agency enviaram bastante gente ao escritório da Ethos. "Não havia cadeira para todo mundo", lembra Colis.

"Por isso, apresentei a proposta de investimento de 60 minutos sentado no radiador, tentando fingir que estava tudo tranquilo", ele disse. "Uma das primeiras coisas que fizemos com o capital de investimento foi comprar cadeiras."

A companhia pretende conquistar clientes que nunca tiveram seguro e convencer pessoas já seguradas a mudar de plano. Segundo estudo do website especializado insuranceQuotes.com, mais de um terço dos adultos americanos não tem seguro de vida.

No entanto, a concorrência no segmento já é grande, com outras startups como Ladder Financial e Social Finance oferecendo produtos similares. O executivo da Sequoia que liderou a rodada de captação vê espaço suficiente para a Ethos crescer.

"É uma equipe que fez muito com muito pouco", disse Roelof Botha. "Isso mostra a criatividade e o bom uso dos recursos que atraem investidores." Botha também terá um assento no conselho da Ethos.

Menino com deficiência motora ganha tentáculos do Dr. Octopus

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos