Microsoft cria nova unidade especializada em inteligência artificial

Da EFE, em Los Angeles (EUA)

  • Divulgação

    Satya Nadella, CEO da Microsoft

    Satya Nadella, CEO da Microsoft

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira a criação da Microsoft AI and Research Group, uma nova unidade destinada a melhorar a inteligência artificial de seus produtos.

Nesta iniciativa se unirão os esforços de pesquisa da empresa tecnológica com a contribuição de mais de 5.000 cientistas e engenheiros, tudo isso sob a batuta de Harry Shum, um analista com mais de 20 anos de experiência na empresa.

A intenção da Microsoft é "democratizar a inteligência artificial para cada pessoa e cada organização, fazendo com que seja mais acessível e valiosa e que, finalmente, permita estabelecer novas maneiras de ajudar a resolver os desafios mais duros da sociedade", segundo explica em seu site oficial.

Esta nova unidade acelerará a entrega de novas capacidades para agentes, aplicativos, serviços e infraestruturas, sustentou a empresa.

"Vivemos em um tempo onde a tecnologia digital está transformando nossas vidas, negócios e o mundo inteiro, mas ao mesmo tempo gera um crescimento exponencial quanto a dados e informação", disse Satya Nadella, executivo-chefe da Microsoft.

"Nosso objetivo é dar poder às pessoas e à organização ao democratizar o acesso à inteligência para resolver nossos maiores desafios. Para conseguir, vamos incluir inteligência artificial em tudo o que entregarmos em nossas plataformas e experiências informáticas", acrescentou.
 

Veja como a Cortana da Microsoft se sai falando português

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos