Após fiasco da linha Galaxy S7, Samsung ultrapassa 10 milhões de vendas do S8

Seul, 17 mai (EFE).- A Samsung Electronics vendeu mais de 10 milhões de unidades de seus smartphones Galaxy S8 e S8+ em menos de um mês, segundo revelaram fontes da empresa para o jornal "Chosun Ilbo", uma quantidade que o primeiro modelo do aparelho demorou sete meses para alcançar.

O jornal sul-coreano publicou estes dados citando fontes da própria Samsung, que nesta quarta-feira não quis confirmar nem desmentir os esses números para a Agência Efe.

Os novos modelos da série de smartphone Galaxy S foram colocados à venda no dia 21 de abril na Coreia do Sul, Estados Unidos e Canadá, e posteriormente em outros mercados, entre eles o europeu (na China, a comercialização começará amanhã).

A empresa planeja que no final deste mês o smartphone esteja disponível em 120 países, e os analistas consideram que com o sucesso que vem apresentando, o S8 pode superar os 50 milhões vendidos do seu antecessor, o Galaxy S7.

A pré-venda do Galaxy S8 alcançou o número recorde de mais de um milhão de unidades na Coreia do Sul, onde em seu primeiro dia de venda foram comercializados cerca de 260 mil destes smartphones.

A Samsung está confiante o bom rendimento do S8 possa ajudar a deixar para trás o fiasco do Galaxy Note 7, cujas explosões espontâneas, obrigaram a uma retirada sem precedentes do produto, causando um impacto econômico substancial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos