Varejista cobra taxa de quase 7% de usuários que compram utilizando Internet Explorer 7

Do UOL*, em São Paulo

  • Reprodução

    Varejista eletrônico australiano Kogan taxa usuários que fazem compras com o Internet Explorer 7

    Varejista eletrônico australiano Kogan taxa usuários que fazem compras com o Internet Explorer 7

O site de comércio eletrônico australiano Kogan instituiu a primeira taxa do mundo para usuários do navegador Internet Explorer 7. Quem acessar o site do varejista e comprar algum produto poderá ser taxado em 6,8% pelo simples fato de utilizar esta versão do navegador da Microsoft.

Segundo Ruslan Kogan, diretor-executivo da rede, a razão para a taxa são os custos de adaptação do site para usuários desta versão antiga do navegador da Microsoft.

Em entrevista à BBC, Kogan disse que a ideia começou quando a companhia começou a trabalhar em alterar a página do varejista. Mesmo que apenas 3% dos consumidores do site utilizem o Internet Explorer, a equipe de tecnologia gastou muito tempo em fazer com que as páginas também funcionem de forma apropriada no IE7.

“Eu estava constantemente com a equipe de desenvolvimento e o tempo gasto em fazer com que a página fosse visualizada normalmente no Internet Explorer 7 foi o mesmo utilizado no desenvolvimento para o Chrome, Safari e o Firefox juntos”, disse.

Apesar de não achar que ninguém pagará pela taxa, Ruslan Kogan espera que dessa forma os usuários se sintam encorajados a atualizar a versão do navegador que utilizam ou mesmo utilizar outro.

O Internet Explorer 7 foi lançado em 2006 e a última versão disponível do browser da Microsoft é o Internet Explorer 9. A nova versão do navegador, Internet Explorer 10, deve sair ainda este ano. (Com BBC)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos