Dicas de Tecnologia

Dicas de SEO: use links externos para melhorar posição do seu site no Google

Edgard Matsuki

Do UOL, em São Paulo

  • Thinkstock

    Um bom trabalho com para a obtenção de links externos pode ajudar o seu site no Google

    Um bom trabalho com para a obtenção de links externos pode ajudar o seu site no Google

Entre as técnicas que podem melhorar o posicionamento de seu site no Google, uma das mais importantes é a de links externos -- trata-se, basicamente, de espalhar na internet o endereço de sua página. Essas indicações estão entre os fatores levados em conta na hora de o Google medir a “reputação” de determinado endereço, pois funcionam como uma “carta de recomendação”. Abaixo, você confere o que fazer para conseguir esse tipo de indicação.   

Esses links externos -- parte de uma estratégia chamada SEO off-page -- são contabilizados quando o robô do Google visita um site para avaliá-lo: se uma mesma página ganhar muitos links externos (muitas recomendações), significa que outros sites confiam naquele conteúdo.

Há uma medição feita pelo próprio Google para mostrar a quantidade (e qualidade) de links externos de um site. Ela é chamada de Page Rank e varia entre 0 e 10.

Links têm pesos diferentes

Para evitar práticas de spam, há fatores que influenciam na qualidade (ou peso) de um link externo. Veja alguns deles.

Autoridade do site: receber o link de uma página considerada importante pelo Google (com Page Rank alto) é mais importante que muitos links de sites menos importantes.

Quantidade de links: o Google considera o número de links disponíveis para determinar o peso de cada um. Ex: em uma página com 99 links, esses endereços serão considerados menos relevantes. Em um site com apenas dois links, a relevância deles aumenta.

Tipo de conteúdo: o Google não leva em conta links indicados por sites com temas diferentes. Portanto, se tiver um blog sobre política, é importante que ele ganhe recomendações de sites sobre o mesmo assunto.

Palavra certa: a palavra usada para fazer a indicação (também chamada de link âncora) pode ajudar o seu site. Ex: a indicação do site associada à palavra tecnologia é positiva para o UOL Tecnologia. Se o link estiver na palavra “jujubas”, o resultado não seria o mesmo.

Uma curiosidade: se você pesquisar no Google o termo “clique aqui”, a página que aparece em primeiro lugar é a do Adobe Reader. Apesar de o software não ter nada a ver com o termo, há muito sites com a seguinte mensagem: “se você quer fazer download do Adobe Reader, clique aqui”. Com tantas referências, o buscador acreditou na ligação entre o “clique aqui” e a página de download do software.  

Link em comentários: não adianta publicar seu link nos comentários de outros sites, pois o Google não considera indicações de endereços feitas nessas seções.

Cadastro automático: há serviços que cobram para fazer cadastro automático de sites (usando um software para cadastrar um link em muitas páginas simultaneamente). Não é uma boa. Além de você gastar dinheiro à toa, o Google pode achar que o seu site está fazendo spam.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos