Ator britânico é demitido ao aparecer no YouTube como rapper mascarado

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Huffington Post

    Chris Fountain, 25, foi demitido por causa dos vídeos no YouTube em que aparece como rapper

    Chris Fountain, 25, foi demitido por causa dos vídeos no YouTube em que aparece como rapper

O ator Chris Fountain, 25, foi demitido da novela "Coronation Street" na segunda-feira (19), por causa da divulgação de vídeos no YouTube. Neles, Fountain encarna o rapper de codinome Phantom (fantasma), que aparece mascarado e canta músicas violentas. Entre os temas estão estupro e ataques a pessoas com seringas.

Fountain havia sido suspenso na semana passada e pedido desculpas pelo conteúdo, que foi excluído do YouTube. Mas a emissora ITV não aceitou e afirmou, segundo o "Huffington Post", que o contrato foi cancelado por causa dos "comentários inaceitáveis". Em comunicado, o ator disse entender que a ITV não teve outra escolha, a não ser demiti-lo.

"Fiquei envergonhado por causar tanto constrangimento a meus colegas e meus chefes nestes últimos dias. Meu maior arrependimento não é perder o emprego, mas sim magoar e desapontar tantas pessoas, incluindo aquelas em uma situação vulnerável", disse o ator, que interpretou o personagem Tommy Duckworth durante dois anos.


Ele afirmou ainda que as letras foram influenciadas por um estilo de hip-hop que estava testando em uma "sessão privada em estilo livre" e acabaram "escapando em um momento de loucura". "Não há desculpa, eu assumo total responsabilidade pelas minhas ações. Mas elas não foram pensadas e não representam de forma alguma minha postura em relação às mulheres, ao estupro e à violência." 

Em uma das músicas, Fountain incita o estupro de mulheres fáceis no dia do aniversário delas. "Ele é um modelo para os jovens. Parece que ele está fazendo uma piada sobre algo que não tem graça", afirmou Fay Maxted, do Survivors Trust, uma organização com especialistas que tratam casos de estupro, violência sexual e pedofilia.

Os jornais britânicos não detalham como foi descoberto que Fountain era o mesmo homem mascarado dos vídeos do YouTube. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos