Dicas de Tecnologia

Facebook repassa seus dados para apps usados por amigos; saiba controlar

Do UOL, em São Paulo

  • Leon Neal/AFP

    Ajustes na privacidade do Facebook ajudam a controlar informações compartilhadas

    Ajustes na privacidade do Facebook ajudam a controlar informações compartilhadas

Há algumas semanas, vários usuários ficaram surpresos por terem suas informações publicadas no Lulu (rede social para mulheres avaliarem homens), sem nunca terem se cadastrado no serviço. Isso aconteceu porque o aplicativo – assim como fazem muitos outros – puxava a lista de amigos das mulheres que se cadastravam nesse serviço. Para evitar surpresas desse tipo, você pode configurar seu perfil no Facebook, impedindo que a rede social repasse suas informações para os aplicativos instalados por terceiros.

Por padrão, o Facebook compartilha informações públicas (nome e foto) com outros aplicativos. No entanto dá para evitar que sejam divulgados dados como data de nascimento, familiares, relacionamentos, cidade natal e fotos. Em uma medida mais radical, é possível ainda desligar a plataforma Facebook. Dessa forma, o usuário não poderá mais se conectar a sites ou serviços com os dados da rede social e não terá seus dados repassados para aplicativos. Veja como controlar:

Segundo Lucas Longo, fundador do iai? (escola e produtora de aplicativos móveis), as pessoas acabam se esquecendo de que o Facebook é uma rede para compartilhar e acabam se preocupando pouco em limitar o acesso aos dados postados lá. Por isso, o Lulu conseguia puxar o nome, o sexo e a foto dos amigos das usuárias.

"Quando você não paga por um serviço, pode ter certeza que o produto é você. Neste caso, as informações dos usuários. Com isso em mãos, os desenvolvedores podem direcionar melhor publicidade", explicou Fábio Assolini, analista de segurança da Kaspersky, empresa de antivírus.

Senha 
Os desenvolvedores têm acesso a várias informações com seus aplicativos: ele coleta aquilo que o usuário permite (considerando as dicas de configurações acima). Apesar de a própria senha do Facebook ser usada para acessar esses apps (você a digita para jogar "Candy Crush" na rede social, por exemplo), essa combinação teoricamente está protegida.

Isso porque tudo é feito por meio de APIs, que são acessos a informações específicas disponibilizadas pela rede social a esses serviços terceirizados. Oficialmente, as senhas não fazem parte deste "pacote" de dados compartilhados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos