Dicas de Tecnologia

Quem perturba: site reúne números que incomodam com chamadas e SMS

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Quem perturba: página reúne relatos de usuários sobre números de telefone

    Quem perturba: página reúne relatos de usuários sobre números de telefone

Saber a origem de um SMS ou quem ligou em uma hora imprópria no celular não é mais um problema. O site "Quem perturba" ajuda a identificar empresas ou pessoas que enviam "spams telefônicos" ou aplicam golpes.  O serviço é gratuito e as informações da página são alimentadas por usuários.

"Criei o site com a ideia de evitar trotes e falsos sequestros. Desde 2011, já tive retorno de vários usuários que evitaram problemas", disse Eduardo Wakim, desenvolvedor do "Quem perturba". Segundo ele, o site atualmente é mantido apenas com dinheiro de propagandas veiculadas.

Wakim conta que, recentemente, um usuário do "Quem perturba" relatou que evitou ser roubado após ter consultado a página. "Uma pessoa queria vender o carro e um homem interessado entrou em contato para marcar um encontro. Quando ele foi pesquisar o número, havia vários comentários dizendo tratar-se de um golpe", afirmou Wakim.

Ao navegar pela página, foi possível ver diversos comentários de usuários relatando números usados para vender assinaturas de revista, outros relacionados à venda de pacotes de telecomunicações e ainda números especializados em divulgar baladas e a passar trotes.

Funcionamento

O usuário, ao acessar a página, deve digitar o número que quer consultar com o código de área. O site retorna o local de onde o número é e comentários de internautas sobre ele, caso tenha.

Caso não tenha, o próprio usuário pode escrever um comentário. O único "cadastro" que ele deve fazer é digitar seu endereço de e-mail para submeter alguma observação sobre um número.

O site também usa as informações da lista telefônica como base de dados. Então, em alguns casos, é possível saber o dono do titular de uma linha e a localização.

Há um endereço de e-mail contato@quemperturba.com.br para casos de pessoas ou empresas que se sentem prejudicadas com os comentários.

O "Quem Perturba" também promete a opção de monitorar determinado número. Caso alguém faça algum comentário, a pessoa recebe um e-mail. No entanto, durante o teste da reportagem, o recurso não funcionou.  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos