Facebook vai "forçar" usuários a baixarem app de bate-papo

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Tela do aplicativo Messenger, do Facebook, para smartphone; app será necessário para bater papo

    Tela do aplicativo Messenger, do Facebook, para smartphone; app será necessário para bater papo

O Facebook vai começar a forçar, em breve, usuários de dispositivos móveis a baixarem o aplicativo Messenger. Caso não instalem, não será mais possível conversar via chat com contatos da rede social no aplicativo principal da companhia. As informações forma confirmadas nesta quarta-feira (9) pela companhia.

"Hoje começamos a notificar os usuários que as mensagens estão sendo removidas do aplicativo do Facebook e estarão disponíveis no aplicativo Messenger. Para continuar enviando mensagens pelo celular, as pessoas precisarão instalar o aplicativo Messenger do Facebook", informou a assessoria de comunicação da rede social. 

Nas próximas semanas, a companhia deve notificar os usuários sobre o desaparecimento da função de bate-papo no aplicativo principal. A ideia é deixar o app do Facebook apenas para navegação e postagens. Já o Messenger será apenas para chat.

Mensagens instantâneas

Recentemente, por estar com dificuldades em crescer na área de mensagens instantâneas, o Facebook comprou o WhatsApp por US$ 16 bilhões.

O aplicativo é um substituto do SMS (mensagens de texto via celular). Ele usa o plano de dados de um smartphone para enviar mensagens aos contatos que também têm o software. O programa está disponível gratuitamente, por um ano, para as principais plataformas de sistema operacional (iOS, Android, Windows Phone e BlackBerry).

Apesar de o WhatsApp ser líder em vários mercados (como o brasileiro), o anúncio desta quarta-feira do Facebook deve atingir outros serviços do ramo como WeChat, Kik, KakaoTalk e Line. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos