Google finalmente lança em setembro visor de papelão para unificar apps 3D

Natasha Madov

Do UOL, em Nova York

  • Thomas Samson/AFP

    O Google Cardboard --caixinha de papelão que transforma o celular em óculos de realidade virtual-- é compatível apenas a smartphones Android

    O Google Cardboard --caixinha de papelão que transforma o celular em óculos de realidade virtual-- é compatível apenas a smartphones Android

A plataforma de realidade virtual do Google está cada vez mais perto do usuário final. Em um evento realizado em Nova York, nos Estados Unidos, na última terça-feira (28), a gigante das buscas apresentou os novos passos do chamado Cardboard, que pretende unificar apps de experiência 3D em torno de um visor feito de papelão.

Atualmente, para ter um Google Cardboard é preciso se arriscar e montar o seu próprio modelo a partir das especificações descritas no site do projeto (http://zip.net/bprKtC) ou, se preferir, comprá-lo de empresas não oficiais. Mas a previsão é que a partir do início do ano escolar americano (setembro) seja possível adquirir visores aprovados oficialmente pelo Google por cerca de US$ 30 (cerca de R$ 101).

A maioria dos modelos a serem comercializados é semelhante ao design original (inclusive mantendo o papelão), mas a empresa norte-americana de brinquedos Mattel criou uma versão "Cardboard" de seu clássico visor "View-Master", que usa apps em vez dos discos com imagens estereográficas. 

Não é uma experiência imersiva como o Oculus Rift, mas com um bom par de fones de ouvido e usando os aplicativos disponíveis no Google Play (http://zip.net/bhrJTX), dá para ter uma introdução às possibilidades da realidade virtual.

Outro produto ligado à plataforma apresentado no mesmo evento do Google é o Jump, direcionado a criadores. É um suporte para 16 câmeras (a GoPro já é parceira oficial) e um software de edição de vídeo que compila as imagens captadas pelas câmeras e as transformam em uma sequência em 360 graus.  E finalmente, vídeos captados pelo Jump estarão disponíveis via Youtube, sem a necessidade de um app especial. O Google promete abrir em breve o design do suporte como fez com o visor Cardboard.

Um público que a plataforma está dando atenção especial é o infantil com o Expeditions. Trata-se de um aplicativo educacional disponível para tablets Android que transmite imagens em 360 graus de vários locais diferentes a smartphones acoplados a visores Cardboard -- é como se fosse uma excursão a campo sem sair da sala de aula.

Além de imagens geradas pelo Street View, o Google montou parcerias com museus como o Smithsonian, Planetary Society e o Museu Americano de História Natural para criar "viagens" diversas, como pelas ilhas de Galápagos, Parque Yosemite, muralha da China e até mesmo Marte.

O kit piloto é composto de 30 smartphones e visores Cardboard de papelão, um tablet para o professor-guia, uma caixa de som e um roteador especial para que o tablet transmita o conteúdo para os visores sem a necessidade de redes sem fio. O preço do kit ainda não foi definido, mas educadores interessados já podem preencher um formulário eletrônico para mais informações (http://zip.net/bvrJ8W).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos