Novo celular da Huawei promete um dia de uso com 30 minutos de carregamento

Márcio Padrão*

Do UOL, em Las Vegas (Estados Unidos)

  • Divulgação/Huawei

O novo celular da Huawei, Mate 8, vai ao encontro de um dos maiores anseios dos usuários de smartphones: o prolongamento da bateria. A fabricante chinesa prometeu para este aparelho uma maior eficiência de energia e uma bateria que garante 24 horas de uso após apenas 30 minutos de carga. O anúncio ocorreu nesta terça-feira (5) na CES 2016, feira de eletrônicos que ocorre em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O modelo, uma evolução da linha de celulares com grandes telas da Huawei, possui display de 6 polegadas --pouco maior do que o do iPhone 6S Plus, por exemplo. O controle de eficiência de energia do novo celular seria 70% maior do que a geração anterior, segundo a marca, e por isso o smartphone se manteria frio, sem esquentar.

A empresa diz que o Mate 8 tem autonomia de quase dois dias e meio de uso para a bateria, o que renderia 17 horas no HD, 20 horas em 4G, 38 horas no 3G ou 98 horas de música. Para isso, guarda carga de 4.000 mAh --o Galaxy Note 5 da Samsung, para fins de comparação, consegue carregar 3.000 mAh.

O visor com resolução FHD (1920 x 1080 pixels, superior ao HD) traz alto contraste com 95% de saturação, o que na teoria resulta em fidelidade quase absoluta nas cores. Apesar da tela grande, a empresa diz que o objeto fica compacto na mão devido ao formato mais largo do celular. O tamanho é o mesmo do Ascend Mate 7, o modelo anterior da linha. Já o processador do smartphone é de oito núcleos, sendo quatro deles com 2,3 GHz e os demais com 1,8 GHz, além de um co-processador i5.

Outro diferencial do celular da Huawei é o reconhecimento de digitais, que foi "100% melhorado", segundo a empresa. É possível até mesmo tirar selfies apenas com a impressão digital, nas costas do aparelho, pois a Huawei defende que é mais fácil para o usuário encaixar o dedo na região do sensor do que tocar a tela na tentativa e erro. A câmera frontal é de 8 MP, e a traseira, de 16 MP.

Com um Android 6.0 de visual similar ao iOS da Apple, o Mate 8 tem preço que varia entre 599 e 699 euros (R$ 2.600 e R$ 3 mil), nas versões 3GB of RAM + 32GB e 4GB + 64GB, respectivamente. Será vendido inicialmente em 30 países, incluindo parte da Europa, México, Emirados Árabes e Austrália -- o Brasil não foi citado.

O UOL teve acesso ao novo celular, que realmente é bem largo, o que pode ser algo negativo para quem tem mãos pequenas. Foi possível notar que a câmera é rápida e o sensor para selfies realmente funciona. Uma das grandes funcionalidades do melhorado sensor de impressão digital, segundo a fabricante, será para segurança, como para compras online.

A Huawei abriu o evento com números que a mostravam como a terceira maior empresa no mercado de celulares, atrás de Samsung e Apple. A companhia também revelou que possui 34 mil lojas revendedoras em todo o mundo.

"Somos inovadores ao termos lançado o primeiro smartphone com tecnologia de sensor que reage à pressão na tela", lembrou o CEO da empresa, Richard Yu, referindo-se ao Mate S, lançado na feira IFA no ano passado.

Tablets e mais

A Huawei também mostrou ao público o Mediapad M2, segunda versão de sua linha de tablets lançada no ano passado com oito polegadas; o novo modelo agora tem 10 polegadas. Outros chamarizes do modelo são uma caneta stylus e seu próprio sensor de reconhecer digitais. Custará US$ 349 para a variante só com wi-fi, além de 2 GB de RAM mais 16 GB de armazenamento. O mais caro tem preço de US$ 469 por 3 GB de RAM e chip de dados LTE.

Outra novidade da marca é uma versão do Huawei Watch com cristais Swarovski, seguindo a tendência de mercado de colocar os smartwatches como objeto de consumo para consumidores com alto poder aquisitivo. Já o celular Nexus 6P, lançado no ano passado, ganhou uma nova cor: "matte gold", similar ao bege.
 

*O repórter viajou a convite da Samsung

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos