Dicas de Tecnologia

Quer acessar a internet por um televisor? Conheça as opções

Bianca Bellucci

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • iStock

Smart TVs são televisores que oferecem, entre outras funções de ponta, acesso à internet. Modelos de 32 polegadas podem ser encontrados nas prateleiras por a partir de R$ 1.000. Outra opção para utilizar a web por meio de TVS são os adaptadores que se conectam a entradas como HDMI e USB e transformam o televisor em um canal de acesso à rede mundial de computadores (e custam a partir de R$ 100).

O UOL Tecnologia conversou com especialistas em conectividade, que revelaram as vantagens de cada eletrônico, de acordo com as necessidades do usuário.

Características

Smart TV é uma televisão comum com o adicional de poder usar a internet, desde que o proprietário tenha disponível uma rede Wi-Fi. Ela possui um navegador embutido que permite acessar o que o usuário quiser, além de aplicativos próprios, como o do Netflix e o do YouTube.

"A imagem reproduzida por uma Smart TV, quando o assunto é web, não tem a ver com a qualidade da televisão, mas da internet. Para usufruir da conexão com qualidade, pede-se o mínimo 5 Mbps de transferência de dados. O ideal, entretanto, é 15 Mbps", relata Humberto Delgado de Sousa, coordenador dos cursos superiores de tecnologia em Redes de Computadores e Sistemas para Internet da FIAP.

Os adaptadores funcionam como receptores de sinal, além de contar com um browser e sistema operacional de navegação. Vale ressaltar que existem dois tipos de aparelho. Os dependentes precisam de um hardware externo (smartphone, tablet, PC) para funcionar. Isso porque eles captam o que está sendo transmitido e jogam na tela de sua televisão. O modelo mais conhecido da categoria é o Google Chromecast.

Já os adaptadores independentes são dispositivos que, além de fazer o que o dependente faz, desempenham o papel de processamento e armazenamento. "Normalmente são fechados para uma determinada plataforma, o que exige atualizações e pode restringir ainda mais o seu uso com o passar do tempo, pois seu sistema pode ficar velho", diz Sousa. Os mais famosos desse tipo são Mini PC Android e Apple TV.

Vantagens

Os adaptadores são bem mais baratos do que uma Smart TV. Mas isso não é a única vantagem dos gadgets sobre os televisores. "Seus upgrades de sistema são mais fáceis de serem realizados. A atualização da Apple TV, por exemplo, é feita de forma simples via iTunes", diz Nestor Oliveira, coordenador de treinamentos no Grupo Impacta Tecnologia.

Outras vantagens dos adaptadores são: tamanho compacto, portabilidade (pode ser usado em quase todos televisores), processamento mais rápido do que as Smart TVs, sistemas operacionais conhecidos, e entradas para plugar teclado e mouse.

Em relação às Smart TVs, o principal diferencial é que podem ser sincronizadas a um smartphone, tablet ou computador. "Isso permite uma flexibilidade em relação à atualização até mesmo do processador. Quando o usuário achar que deve expandir a memória ou aumentar a velocidade do processador, é possível fazer um 'upgrade' do hardware", afirma Sousa.

Smart TVs são mais simples de usar, já que não necessitam de muitos equipamentos para funcionar (basta ter uma rede Wi-Fi). Seu valor também vem caindo. Se antes ter uma Smart TV em casa era artigo de luxo, hoje seu preço está (quase) equivalente ao uma televisão convencional.

Qual escolher?

Escolher entre uma Smart TV e um adaptador vai depender unicamente da necessidade do usuário, pois um dispositivo não chega a ser melhor do que o outro. É importante analisar o seu dia a dia e, a partir daí, descobrir qual seria o mais viável para você.

"Se você não pensa em gastar com um novo televisor, o melhor é optar por um adaptador. Mas se você quer trocar ou comprar um novo aparelho, a opção é já adquirir uma Smart TV", afirma Sousa. Outra dica para optar entre um e outro é pensar no custo-benefício.

Além do preço inicial é importante colocar os problemas a longo prazo na balança. "Caso uma Smart TV tenha o software corrompido ou apresente defeitos no hardware, podem-se encontrar dificuldades no reparo. Com os adaptadores os problemas são individualizados e não comprometem o televisor", alega Oliveira.

Vale também levar em consideração as seguintes dicas: se você tem muitos aparelhos de TV em sua casa a melhor opção é o adaptador; caso não tenha sempre em mãos um tablet, celular ou PC com bateria cheia é melhor descartar os adaptadores dependentes; e verifique se sua televisão convencional é compatível com adaptadores, se não for, troque logo por uma Smart TV.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos