Com conceito modular, LG lança G5 que pode virar até caixa de som

Do UOL, em São Paulo

Confirmando os rumores, a LG lançou neste domingo (21) o seu novo smartphone top de linha. O G5 ganhou um design diferenciado, com corpo metálico, mas preservou a possibilidade de a bateria ser removida, só que de um jeito nada convencional. Uma inovação que também permite que o celular se transforme em uma câmera que grava em 360º ou mesmo em uma caixa de som. 

Ao contrário do antecessor G4, que a bateria era removida a partir da tampa traseira, o lançamento possibilitará a remoção do acessório pela parte inferior do aparelho. A empresa sul-coreana adotou um conceito de smartphones modulares, conhecido como "Magic Slot''. Funciona como uma "gaveta''. 

"Antes era preciso escolher entre design ou conveniência. Agora é possível ter os dois recursos", disse Juno Cho, presidente da divisão Mobile da LG, ao apresentar o conceito modular do aparelho. "Além de possibilitar a remoção da bateria, permite que o celular seja um transformador, com acessórios exclusivos", acrescentou ele. 

Com LG Cam Plus --um gadget pequeno e compacto com encaixe no aparelho--, por exemplo, o G5 pode se transformar em uma câmera digital, com funções específicas, maiores controles sobre os cliques e uma adição de 1.200 mAh à bateria do aparelho. A empresa apresentou uma câmera externa --chamada de LG 360 Cam-- que captura imagens em 360º em foto ou vídeo, que podem ser subidas para o Google Street View ou para o YouTube. 

Há outro que possibilita dar vida a um player de música no próprio smartphone. O LG Hi-Fi Plus traz conversor e amplificador de áudio digitais capazes de reproduzir músicas em alto e bom som. 

Tela que "nunca dorme"

Uma outra novidade do G5 é que o aparelho manterá uma parte da tela --com a exibição de notificações-- sempre ligada. Ao justificar a nova funcionalidade, a LG destacou o número de vezes que as pessoas ligam as telas dos seus celulares. Pasmem! São 150 vezes por dia.

A promessa da sul-coreana é que o recurso praticamente não afetará o consumo da bateria de 2.800 mAh, que será de apenas 0,8% a cada hora. 

Além de inovador, potente

Ao que parece, além de bastante inovador, o G5 também não tende a decepcionar no quesito potência. Com tela de 5,3 polegadas e resolução de 2560x1440, o dispositivo é integrado pelo processador Snapdragon 820 quad-core [novo chip da Qualcomm]. Conta ainda com 4 GB de memória RAM, leitor de impressões digitais e uma entrada USB-C [novo padrão USB]. Configurações  semelhantes às do iPhone e do Galaxy.

A câmera traseira dupla é outro destaque do aparelho e possibilita a captura de imagens em ângulos de até 135º, como destacou a LG. Um dos sensores tem 16 megapixels, fotografando em até 78º, e o outro tem 8 megapixels, que faz as fotos mais amplas. Já a câmera frontal é composta por um sensor de 8 megapixels.

Certamente, a LG se superou no quesito inovação e trouxe um smartphone que não lembra em nada o antecessor G4, lançado no passado. As mudanças tendem a aproximar ainda mais a sul-coreana das concorrentes Samsung e Apple.

O modelo deve chegar ao Brasil em abril. A empresa não anunciou o preço, mas vale lembrar que o G4 chegou ao país custando R$ 2.999. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos