Facebook vai além do "curtir" e lança globalmente novos ícones de emoções

Do UOL, em São Paulo

Recurso divulgado em outubro do ano passado, o Facebook lançou nesta quarta-feira (24) em todo o mundo o Reactions, um conjunto de cinco novos emojis que ampliam as respostas emocionais na rede social. Além do polegar do "curtir", você poderá agora expressar amor (coração), risos, surpresa, tristeza e indignação.

Para adicionar uma reação, você vai manter pressionado o botão "Curtir" no celular ou passar o mouse sobre o botão na versão desktop do Facebook para ver as opções. A novidade deverá ser lançada aos poucos para todos os usuários.

Como isso será medido? Agora em vez de apenas um número de curtidas, haverá um número total a todas as reações, além dos respectivos emojis usados pelas pessoas para reagir ao conteúdo do post em questão.

Segundo Sammi Krug, gerente de produto do Facebook, por mais de um ano a empresa vem pesquisando a receptividade ao recurso com grupos focais e enquetes para determinar os tipos de reações que as pessoas gostariam de usar mais. "Temos testado o Reactions em alguns mercados desde o ano passado e temos recebido um feedback positivo até agora", disse.

Krug também falou que a novidade poderá impactar na forma como veremos as atualizações. "Nosso objetivo com o feed de notícias é mostrar as histórias que mais importam para você. Inicialmente, tal como fazemos quando alguém gosta de um post, se alguém usa uma reação, vamos inferir que eles querem ver mais desse tipo de post. (...) Com o tempo, esperamos aprender como as diferentes reações pesarão de formas diferentes no feed para fazer um trabalho melhor ao mostrar as histórias que as pessoas mais querem ver".

O gerente também mandou um recado para quem lucra com o Facebook. "Vemos isso como uma oportunidade para as empresas e editores entenderem melhor como as pessoas estão respondendo ao seu conteúdo. Proprietários de páginas serão capazes de ver as reações a todas as suas mensagens. Terá o mesmo impacto sobre o fornecimento de anúncios em função de curtidas. Vamos gastar tempo aprendendo com este lançamento e usar o feedback para melhorar".

Você já conseguiu ter acesso ao Reactions em sua conta no Facebook? Diga abaixo sua experiência na área de comentários.

Nada de "não curtir"

Ao responder sobre os constantes pedidos para que fosse criado um botão "descurtir" ou "não curtir", Mark Zuckerberg, atual CEO do Facebook, disse ser contra a ideia. "Algumas pessoas já pediram por um botão 'não curti'. Elas querem dizer que algo não é bom, mas não achamos que isso seja bom para o mundo. Então não vamos criar isso".

Entretanto, o cofundador da rede social não ignorou completamente a demanda. No ano passado, em uma sessão pública de perguntas e respostas, Zuckerberg disse: "Nós finalmente ouvimos vocês e estamos trabalhando para entregar algo que atenda às necessidades da comunidade". O Reactions parece ter sido esse "algo".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos