Downloads do Uber no Rio crescem 700% em dia de protesto de taxistas

Juliana Schincariol

No Rio de Janeiro

  • Alessandro Buzas/Futura Press/Estadão Conteúdo

    1º.abr.2016 - Taxistas se manifestaram, em vários pontos da cidade do Rio de Janeiro, contra o aplicativo Uber

    1º.abr.2016 - Taxistas se manifestaram, em vários pontos da cidade do Rio de Janeiro, contra o aplicativo Uber

A Uber disse que o número de downloads do aplicativo de transporte no Rio de Janeiro cresceu 700 por cento nesta sexta-feira, na comparação com o mesmo dia da semana passada, enquanto a cidade enfrentava uma manifestação de taxistas.

O protesto dos motoristas de táxi cariocas começou na madrugada e foi até o início da tarde, bloqueando pontos vias importantes da cidade.

Em resposta, a Uber ofereceu desconto de 20 reais em viagens que começassem ou terminassem nas principais conexões de transporte público do Rio de Janeiro, como a estação de trem de Madureira, a estação de metrô General Osório e o terminal de ônibus Alvorada.

"A Uber defende que os usuários têm o direito de escolher o modo como desejam se movimentar pela cidade e que os motoristas parceiros têm que ter seus direitos constitucionais de trabalhar (exercício da livre iniciativa e liberdade do exercício profissional) preservados", disse a empresa em nota.

Os taxistas protestavam contra decisão da Justiça, em segunda instância, que negou recurso da prefeitura e manteve a decisão de permitir a circulação do Uber no Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos