Em vídeo, Zuckerberg revela segredos da versão "amarela" do Facebook

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Durante a apresentação de um vídeo nesta semana, Mark Zuckerberg mostrou, em seu smartphone, uma versão diferente do aplicativo do Facebook. Essa variante, de uso restrito à empresa, é chamada de "amarela" por causa do ícone que difere do tradicional azul.

Não foi pela cor, entretanto, que a exposição chamou a atenção. Os recursos que ainda estão em teste e foram revelados despertaram a curiosidade e a ansiedade dos usuários.

No vídeo, a interface aparece reformulada para a publicação de conteúdo, na qual o usuário pode desfrutar de outras formas de mídia. Um streaming de música inédito também pode ser visto. Pelo menos desde 2015, havia rumores de que o Facebook procurava criar um serviço desse gênero.

Reprojetado, o feed de notícias tenta ser mais dinâmico e divertido para aumentar a participação dos usuários.Existem opções para postar música, apresentações de slides e GIFs.

O projeto parece dedicado a estimular e facilitar o compartilhamento. O uso de um  "slideshow", por exemplo, permitiria a postagem de muitas fotos sem que os seus amigos tivessem que percorrer o álbum inteiro.

Zuckerberg sugere que algumas funcionalidades podem estar disponíveis em breve para o app e outras sendo liberadas ao longo do tempo. Não é possível saber o quanto o CEO quis revelar, o Facebook busca interfaces diferentes o tempo todo para aprimorar a rede social. Obviamente, nem todas são aprovadas e disponibilizadas ao público.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos