Limitação da internet não é invenção do Brasil; veja países que usam modelo

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Apesar de polêmica, a limitação da internet fixa não é uma invenção do Brasil e está longe de ser a "tendência" que o mercado brasileiro tem pintado. É o que aponta Carlos Affonso Souza, diretor do ITS-Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro).  

"Pelo mundo afora impera o modelo da livre concorrência. Não há uma regra, nem mesmo uma tendência. Há operadoras inclusive que oferecem os dois tipos de planos: o de franquia e o ilimitado", afirma Luiz Santin, diretor da NextComm Consultoria. "Nos Estados Unidos, por exemplo, acaba imperando o modelo de franquia. Já a Europa concentra-se muito mais no ilimitado", conta ele.

Segundo Souza, a diferença do Brasil para os outros países está na maturidade do setor, que, apesar de ter uma das tarifas mais caras do mundo, é um dos piores no quesito qualidade. "Nos Estados Unidos e Canadá, as operadoras cobram uma pequena quantia para franquias virtualmente ilimitadas, já que os pacotes são exorbitantes em quantidade de dados e podem se tornar ainda maiores com o pagamento de pequenos extras."

Mas, como destaca Santin, é importante lembrar que o poder de compra nesses lugares é muito diferente da do brasileiro.

Veja abaixo cinco países que já adotam a limitação da internet fixa, bem como as tarifas dos serviços.

Estados Unidos
Ainda que tenha opções de planos com internet ilimitada, as operadoras norte-americanas dão preferência às franquias com quantidade máxima determinada de dados. A AT&T, por exemplo, cobra US$ 30 mensais (cerca de R$ 105) para um pacote de 250 GB de dados e velocidade de 6Mbps. 

Canadá
Algumas operadoras canadenses também adotam as franquias. Um plano da Bell, por exemplo, com 125 GB de dados e 50 Mbps de velocidade custa 64,95 dólares canadenses (cerca de R$ 182) por mês. Já na Acanac, o pacote limitado de 150 GB de dados e 10Mbps de velocidade pode ser contratado por 34,95 dólares canadenses (R$ 97,57). 

Inglaterra
No Reino Unido, a maioria dos pacotes é ilimitado, mas há alguns planos de franquias. Na BT, por exemplo, um plano de até 17 Mbps de velocidade, com franquia de 12 GB, pode ser contrato por 5 libras (R$ 25). O ilimitado com a velocidade de 17Mbps sai por 13 libras (R$ 65) mensais. 

Portugal
Os portugueses também podem optar por pacotes ilimitados ou com franquias. Na Vodafone, por exemplo, um plano com restrição de dados de 7GB e velocidade de até 300 Mbps custa 16,90 euros ao mês (cerca de R$ 67). Já o pacote ilimitado custa 26,50 (R$ 105). 

Irlanda
Segundo lugar no ranking da internet mais rápida do mundo, a Irlanda também possui ofertas variadas de planos. A Europasat, por exemplo, oferece um pacote com velocidade de 4 Mbps e limite de 3GB por 25 euros (cerca de R$ 100) mensais. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos