De olho na segurança

Netflix de graça? Criminosos usam falsa história em golpe digital

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Se você tiver recebido a notícia de que o Netflix, mais popular serviço de streaming de filmes e seriados, adicionou uma opção gratuita entre seus pacotes, tome cuidado: não apenas a notícia é falsa, como também pode ser um golpe para criminosos digitais obterem seus dados de cartão de crédito.

A empresa de segurança digital Kaspersky Lab divulgou nesta segunda-feira (9) que estão sendo enviados e-mails informando um suposto novo recurso do Netflix, como uma promoção falsa entre o serviço de vídeos e o canal por assinatura Telecine, com seis meses de acesso grátis aos conteúdos de ambos.

Reprodução

Ao clicar no link para ativar a oferta, o usuário é direcionado para uma página que solicitará as informações de acesso do usuário e o número do seu cartão de crédito. 

Reprodução

A única modalidade verdadeiramente gratuita do Netflix é quando você cria um perfil no serviço para experimentar o primeiro mês sem nenhum custo. É necessário colocar seus dados de cartão de crédito porque se você não cancelar o serviço ao final dos 30 dias de experiência, passará a ser cobrado mensalmente.

Em outras modalidades do golpe, trojans (arquivos maliciosos) estão sendo disseminados por meio de tutoriais no YouTube e geradores de logins que prometem dar acesso ao Netflix gratuitamente. O tipo de malware baixado depende do criminoso, mas os mais usados são keyloggers --programa que grava tudo o que uma pessoa digita no teclado do computador, para roubar dados financeiros da vítima-- e RATs --trojans de acesso remoto, com o qual o golpista controla a máquina infectada.

Reprodução

Segundo a Kaspersky, esses golpes estão levando a um mercado ilegal para negociar credenciais do Netflix. Em um dos portais, o internauta pode acessar por três dias o serviço sem pagar nada. Já uma assinatura mensal, usando um login roubado por meio de golpe, custa apenas R$ 10. Uma conta completa, com acesso simultâneo em até quatro dispositivos e por tempo indeterminado, é vendida por R$ 20 --no Netflix, esse serviço custa R$ 30.

Reprodução

Se você já assina o Netflix, algumas das dicas para proteger sua conta de invasões são:

* Usar uma senha forte e única para essa finalidade;

* No endereço da versão do Netflix para navegadores web, checar se há o "cadeado" (conexão protegida com SSL, no canto esquerdo da barra de URL); 

* Não acreditar em promoções mirabolantes

* Não comprar logins roubados ou buscar geradores de logins para tentar usar o serviço gratuitamente

* Cadastrar seu número de telefone como forma de recuperar sua conta, caso ela seja roubada ou a senha seja esquecida (imagem abaixo)

Reprodução

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos