UOL Testa: Celulares

Vibe K5 promete áudio de cinema, mas é só uma boa opção em custo-benefício

Paulo Castro

Do UOL, em São Paulo

O Lenovo Vibe K5 é o segundo da marca chinesa a chegar ao Brasil. Com tecnologia de áudio usada nas salas de cinema, ele quer brigar forte no já bastante competitivo mercado de celulares intermediários brasileiro. Mas será que ele aguenta o tranco?

A principal promessa e diferencial que o Vike K5 oferece é a famosa tecnologia Dolby Atmos de áudio que revolucionou as salas de cinema em todo o mundo, dando maior clareza, nitidez e imersão no som dos filmes e séries, 'aprofundando' o efeito surround. Mas, como transpor isso para o celular?

De fato, o que o aparelho faz é dar mais opções para o usuário equalizar o áudio do seu celular, função já presente em diversos aparelhos. Embora venha com várias opções pré-configuradas, o usuário consegue personalizar as funções de grave, agudo, ganhos e equalização. O que, para quem vai ouvir músicas, não faz sentido algum, já que as próprias músicas já vêm devidamente equalizadas. Mas a possibilidade de melhorar o ganho de volume pode ser bastante útil para quem tem fones de baixa qualidade.

Divulgação
Lenovo Vibe K5

Já para filmes e séries, o Dolby Atmos melhora a trilha, aumenta a nitidez e os detalhes do áudio. Porém, essa 'imersão' toda só será de fato sentida com um fone de boa qualidade. Se for usar os que vêm com o aparelho, pode esquecer essa função: quase não vai perceber as melhorias.

Vale destacar que os alto-falantes do aparelho são estéreos, raro para celulares desta categoria, e que com o uso do Dolby Atmos é possível corrigir possíveis distorções do áudio, especialmente quando usado no volume máximo.

Além disso, a configuração do Vibe K5 é bastante boa para um celular intermediário. Com processador octa-core e 2G de memória RAM, o aparelho tem um excelente desempenho ao rodar diversos aplicativos ao mesmo tempo. Até os mais pesados, como Waze, rodaram bem quando usados ao mesmo tempo que Whatsaap, Facebook e Deezer. Além dos 16GB de espaço interno, também é possível estender a memória para 32GB.

A tela de 5 polegadas, Full HD, apresenta brilho e contrates satisfatórios para a proposta do celular. A câmera traseira é de 13MP. Tem um foco automático um pouco confuso e lento, mas responde bem a fotos tiradas com boa claridade e possui desempenho razoável em situações de pouca luz.

A câmera frontal de 5MP apresenta qualidade aceitável, as fotos têm um pouco menos de brilho e profundidade de campo. Para quem gosta de autorretratos, a função embelezamento, que corrige possíveis imperfeições na pele, é bastante útil. Com um simples "V" com os dedos, você consegue tirar a selfie. Pena que nem sempre o comando funciona.  

Um ponto bastante positivo do Vibe K5 é o acabamento metálico, algo raro em celulares intermediários, o que dá ao celular um toque mais sofisticado e elegante, se assemelhando a um top de linha.

Conclusão: o aparelho não apresenta uma grande experiência sonora como promete, então, não leve isso como fator decisivo na compra, mas oferece um excelente custo-benefício. Com preço sugerido de R$ 999, consegue ser encontrado por valor menor que esse nas lojas online.

Direto ao ponto: Vibe K5

  • Tela: 5 polegadas, Full HD
  • Sistema Operacional: Android Lollipop
  • Processador: Octa-core Qualcomm Snapdragon 616 
  • Memória:  16 GB com memória expansiva de até 32GB
  • Câmeras: 13 MP (principal) e 5 MP (frontal)
  • Dimensões e peso: 14,2 cm x 7,1 cm x 0,82cm; e 150g
  • Preço sugerido: R$ 999
  • Pontos positivos: custo-benefício, design, desempenho e alto-falantes estéreos
  • Pontos negativos: fone de ouvido e foco automático da câmera 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos