Dicas de Tecnologia

Wi-Fi não funciona direito? Use a tomada para conectar-se à internet

Fabio Andrighetto

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Arte/UOL

Diferentemente dos apartamentos de hoje, com espaço reduzido e paredes de gesso facilmente modeladas de acordo com o gosto do proprietário, imóveis do século 20 parecem ser inimigos da conexão à internet com tanto concreto e tijolo. Você coloca Wi-Fi, repetidor de sinal, e, mesmo assim, a internet não pega no seu quarto?

Em lugares em que puxar fio pela casa toda é inviável e o Wi-Fi simplesmente não dá conta do recado, como nessas construções mais antigas, a solução pode ser um conceito de comunicação do século passado: o PLC (Power Line Comunication), que faz da rede elétrica um meio de transmissão para a internet.

As primeiras experiências para usar fios elétricos como condutores de comunicação têm quase cem anos. Naquela época, é claro, os engenheiros pensavam na difusão telefônica e telegráfica. Hoje, podemos usar o método de maneira aprimorada para transformar a fiação elétrica doméstica em um transportador de dados e, assim, ampliar o alcance da rede. 

O PLC apresenta vantagens em relação a outros métodos por garantir a conexão estável em lugares distantes, mas a velocidade pode ficar abaixo dos demais.

Em primeiro lugar, não há necessidade de quebrar paredes ou estender longos fios para instalar o PLC, já que ele usa uma infraestrutura existente --a sua fiação elétrica. Depois, a implementação e ampliação do sistema é simples e pode ser feita sem ajuda especializada. Por fim, o equipamento é a alternativa mais barata do mercado.

Segundo Rodrigo Paiva, gerente de produtos da D-Link, recomenda-se o uso do equipamento PLC nos casos em que a conexão não chega a metade da casa ou do apartamento.

Em um kit básico, com preço sugerido de R$ 299, você encontra um adaptador com cabo de rede e um repetidor (200Mbps). Quando necessário, pode-se adquirir mais de um repetidor PLC, com custo de R$ 199 em média.

Como usar? 

Para usar, basta conectar o adaptador em uma tomada e plugar o cabo de rede ao roteador. A partir daí, você deve colocar adaptadores nas tomadas onde quer usar a internet. A conexão então pode ser por cabo ou Wi-Fi.

Por segurança e comodidade, o equipamento já vem com uma repetidor Wi-Fi para criar uma rede já configurada. Um cartão com informações básicas que acompanha o produto explica como sincronizar o equipamento para o início do uso.

Tem interferência?

Alguns dispositivos de proteção, como filtros de linha, estabilizadores e no-breaks, quando conectados aos adaptadores, podem prejudicar o sinal. Por isso, deve-se conectar o adaptador e o repetidor diretamente na tomada. A voltagem do imóvel, seja 110v ou 220v, não interfere na qualidade da conexão.

Outros fatores de interferência podem diminuir a velocidade da rede, mas, de acordo com Joselito de Sousa Barros, professor do curso técnico em informática do Senac, "o dispositivo final interpreta apenas a frequência de dados, ignorando as de alimentação dos equipamentos (50 ou 60 Hz)".

O PLC trabalha com até 30 MHz de frequência. Na prática, isso significa que aquele chuvisco que surge na televisão quando alguém liga o secador de cabelo não deve prejudicar a sua conexão. "Como os equipamentos foram desenvolvidos para interpretar frequências específicas, interferências são minimizadas, como quando sintonizamos um canal de TV", disse Sousa Barros.

O PLC também pode ser uma solução viável para pequenos escritórios, propriedades rurais ou área externa distante do roteador. Como não há necessidade de levar cabos de rede ou rezar para pegar o sinal de Wi-Fi com o smartphone acima da cabeça, apenas uma tomada é o suficiente para garantir a conexão. 

Paiva lembra que quanto mais repetidores mais o sinal se dilui e, portanto, não recomenda o uso de mais de oito pontos. Dificilmente você precisará de mais de dois repetidores para cobrir os cômodos sem conexão de um imóvel.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos