Quem é xingado no Instagram agora poderá bloquear ofensas automaticamente

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A atualização 9.3 do Instagram, lançada para iOS e Android nesta segunda-feira (12), traz um recurso para filtrar e esconder comentários automaticamente a partir de palavras-chave definidas pelo usuário. A ferramenta já estava sendo testada há algumas semanas por alguns donos de contas populares e agora é liberada para todos os usuários do Instagram.

  • 49661
  • true
  • http://tecnologia.uol.com.br/enquetes/2016/09/12/o-que-voce-faz-quando-e-xingado-nas-redes-sociais.js

O filtro servirá principalmente para evitar a proliferação de comentários ofensivos, ao bloquear xingamentos. 

Quando o usuário tocar na área de opções do perfil, encontrará uma nova ferramenta de comentários. Lá é possível listar palavras que considera ofensivas ou inadequadas. Os comentários que contiverem essas palavras ficarão ocultos nas publicações. 

Segundo Kevin Systrom, cofundador da rede social de fotos e vídeos, o objetivo é "manter a segurança da comunidade e de garantir que as pessoas se sintam confortáveis para se expressarem". A empresa lançou recentemente outras ferramentas com essa mesma proposta, como o recurso de deslizar para excluir comentários e as opções de denúncia de comentários inapropriados e de bloqueio de contas.

"A beleza da comunidade do Instagram está na diversidade de seus membros --pessoas de diferentes origens, etnias, gêneros, orientações sexuais e talentos sentem-se em casa. Às vezes, no entanto, os comentários em suas publicações podem ser indelicados. Para dar poder a cada indivíduo, precisamos promover uma cultura onde todas as pessoas se sintam seguras para ser elas mesmas, sem que sejam julgadas ou intimidadas", disse Systrom.

Divulgação
Opção "Ocultar comentários impróprios" do Instagram

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos