iStock

De olho na segurança

Saiba como participar da programação do Dia da Internet Segura

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A nona edição do Dia da Internet Segura acontece nesta terça-feira (7) no Brasil e em mais de cem países para conscientizar sobre os riscos da internet e dar auxílio às vítimas.

Em São Paulo, a entidade que organiza o evento, a Safernet, segue uma programação que aborda os desafios de uma internet segura em diversas esferas: para empresas, usuários, governos e proteção à infância. Além disso, serão apresentados indicadores da ONG e de entidades parceiras sobre os crimes virtuais mais recorrentes no Brasil.

Para quem se interessar, basta se inscrever no site da SaferNet: a entrada é franca, mas as vagas são limitadas à capacidade do espaço (Auditório Edifício Bolsa de Imóveis - Avenida das Nações Unidas, 11541 [mezanino], São Paulo, SP). Porém, o site especial do Dia da Internet Segura vai fazer transmissão ao vivo também.

Veja a programação abaixo:

8h30 - Recepção

9h - Mesa de abertura

  • Demi Getschko, presidente do NIC.br e conselheiro de notório saber do CGI.br
  • Thiago Tavares, diretor presidente SaferNet Brasil
  • Neide Cardoso, procuradora Regional da República no RJ e coordenadora do grupo de combate a crimes cibernéticos da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF
  • Helena Martins, gerente de políticas públicas do Google Brasil
  • Maximiliano Martinhão, coordenador do CGI.br

9h20 - Palestra de abertura: Desafios à privacidade e segurança no mundo das coisas interconectadas

  • Maximiliano Martinhão, secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

9h40 - Empresas: Desafios e soluções para uma Internet mais segura

  • Helena Martins, gerente de políticas públicas do Google Brasil
  • Mônica Guise Rosina, gerente de políticas públicas do Facebook no Brasil
  • Joanes Ribas, diretora de sustentabilidade da Telefônica/Vivo
  • Vanessa Fonseca, diretora da unidade de crimes cibernéticos da Microsoft Brasil
  • Moderação: Nivaldo Cleto, conselheiro CGI.br

10h30 - Lançamento de indicadores e novos recursos educacionais

  • Alexandre Barbosa (NIC.br/ CETIC.br) - Destaques TIC Kids Online Brasil
  • Thiago Tavares (SaferNet Brasil) - Indicadores sobre crimes na Internet
  • Miriam von Zuben (NIC.br/ CERT.br) - Guias Internet Segura
  • Kelli Angelini (NIC.br) - Projeto #Internet com Responsa - Guia sobre cuidados no uso da Internet
  • Rodrigo Nejm (SaferNet) - Guia Web que Queremos para educadores
  • LUBA (Canal LubaTV Youtube) - Vídeos sobre segurança online produzido por #Youtubers

11h30 - Governos e organizações internacionais: O papel do Estado na formulação de políticas para proteção dos direitos humanos na rede

  • Neide Cardoso, procuradora Regional da República no RJ e coordenadora do grupo de combate a crimes cibernéticos da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF
  • Carlos Sobral, presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal
  • Miriam Wimmer, diretora do Dep. de Políticas e Programas Setoriais em TICs / MCTIC
  • Fabiana Gorenstein, oficial de Proteção à Criança do UNICEF no Brasil
  • Moderação: Hartmut Glaser, CGI.br

14h - Usuários: como educar e mobilizar redes para uma Internet mais positiva

  • Gabriel Salgado (Instituto Alana) Elza Maria e Kátia Alves (Criativos da escola), inovações para ambiente escolar mais positivo
  • Bruna Mendes, #Geração Digital (Webrangers)
  • Fabiana Vasconcelos (Instituto Dimicuida), brincadeiras perigosas e mediação parental
  • Nelson Leoni (Unicef), coordenador de Comunicação Digital do Unicef no Brasil
  • Moderação: Kelli Angelini (NIC.br)

15h10 - Mesa de debates: como construir uma agenda positiva na proteção à infância online?

  • Itamar Gonçalves, gerente de programas da Childhood Brasil
  • Cristina Sleiman, comissão Especial de Educação Digital da OAB/SP
  • Rony Vainzof, especialista em Direito Digital
  • Moderação: Priscila Schreiner (MPF-SP)

16h30 - Palestra magna de encerramento: Proteção e promoção de direitos humanos na Internet

  • Flávia Piovesan, secretária nacional de Direitos Humanos / MJC
  • Cláudia de Freitas Vidigal, secretária nacional de Promoção Dos Direitos da Criança e do Adolescente

Colocar fita adesiva na webcam não é exagero; saiba por quê

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos