Volta do flip e tela dobrável: saudosismo inspira mudanças nos celulares

Márcio Padrão

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Moto Razr V3 em vídeo de 2016

    Moto Razr V3 em vídeo de 2016

Depois do renascimento do Nokia "tijolo", agora foi a vez da Motorola mexer com a nostalgia daqueles que viveram os primórdios dos celulares. Um anúncio misterioso da empresa na Malásia deixou os internautas intrigados com um possível retorno do icônico celular com flip:

Trazendo de volta o icônico Moto que mudou os anos 2000. Desta vez, ele está novo e melhorado, como um Moto Mod. Fique atento para a revelação. Você não vai querer perder!

[ATUALIZAÇÃO] A própria Moto Malásia confirmou no Facebook que estava fazendo uma brincadeira de Primeiro de Abril. O tal "novo Moto Mod" seria um barbeador elétrico --a brincadeira funciona melhor em inglês, pois "razr" remete a "razor" (lâmina de barbear).

Os Moto Snaps, chamados lá fora de Moto Mods, são acessórios da marca, lançados no ano passado, que se encaixam magneticamente na traseira dos celulares Moto Z e Moto Z Play para adicionar recursos extras. Imagina ter um barbeador elétrico nas costas do seu celular...

Mas só o fato de ter feito a brincadeira pela segunda vez pode indicar algo. Esta não é a primeira vez que a volta do Razr é alardeada pela empresa. Em junho do ano passado, a poucos dias do lançamento do Moto Z, a Motorola lançou um vídeo nostálgico com vários jovens usando o celular flip na escola, mas nada foi dito sobre a volta do Razr de verdade.

Lançado em 2004, o modelo Razr V3 foi um dos maiores sucessos da Motorola. Lembra? Ele tinha uma dobradiça que ajudava a fechar e abrir o telefone, como uma concha. Também trazia uma pequena tela do lado de fora, que mostrava as horas, e, por dentro, era dividido em duas partes. Na superior, ficava a tela maior e na debaixo, os botões físicos do telefone. Pois é, nada de touch.

Divulgação

Da nostalgia ao futuro

Reprodução/Cio EUA
Samsung apresentou na CES 2013 um protótipo de tela OLED flexível, batizada de Youm
Por outro lado, rumores cada vez mais fortes indicam que a Samsung está investindo em telas dobráveis --diferentemente do celular flip, que tinha o corpo dividido em duas partes, nos celulares com tela dobrável é a própria tela que passa a ser maleável. 

Semana passada a conta de Twitter @mmddj_china, conhecida por vazamentos em tecnologia, disse que o Galaxy X, um suposto modelo de celular dobrável da companhia sul-coreana, seria lançado no terceiro trimestre deste ano. A informação foi desmentida pela Samsung, mas a empresa confirmou que o estudo existe. 

"Como as telas livres de bordas estão vendendo bem, ainda temos tempo bastante para desenvolver telas dobráveis. A tecnologia deve ficar madura por volta de 2019", disse Kim Tae-woong, engenheiro chefe de telas da Samsung, ao jornal sul-coreano "The Korea Herald". 

Além da Samsung, já vimos no ano passado protótipos da LG e da Lenovo que testam alternativas para deixar o formato dos aparelhos mais maleável e fácil de ser guardado no bolso. 

Tecnologia permite dobrar o celular como se fosse papel

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos