Reinaldo Canato/UOL

UOL Testa: Celulares

iPhone 7 Plus x Galaxy S8+: qual celular poderoso (e caro) é o melhor?

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

O lançamento do novíssimo Galaxy S8+, novo top de linha da Samsung que começa a ser vendido em 12 de maio, deixou o mundo encantado com a novidade chamada de "tela infinita". E deu mais gás à eterna rivalidade dos fanáticos por celular. Qual smartphone é melhor: a novidade da empresa sul-coreana ou o iPhone 7 Plus, da Apple?

O modelo da Apple foi lançado há mais tempo, em setembro de 2016, mas tem configurações que batem de frente com o top da Samsung. O UOL Tecnologia teve em mãos os dois modelos turbinados e você pode conferir o resultado da nossa comparação abaixo.

Corpo e design: Galaxy S8+

Vinicius Andrade/UOL
Traseira do Galaxy S8+
Não que o design do iPhone 7 Plus seja ruim, muito pelo contrário. Mas vocês já viram um Galaxy S8+ por aí? A novidade da Samsung é realmente incrível, principalmente em termos de design. A "tela infinita" na parte frontal do aparelho, fazendo o produto ficar quase sem bordas, deixa o smartphone em outro nível.

É bom afirmar ainda que o iPhone 7 Plus tem um corpo bem grande (apesar de ter tela bem menor que o S8+ -- 6,2 polegadas contra 5,5"), o que deixa a usabilidade do celular pior. Ao menos, o modelo da Apple não é composto inteiramente de vidro e não deixa tantas marcas de dedo pelo celular, como no caso da Samsung.

Em um ponto ambos praticamente se equivalem: a fragilidade. É até lamentável que produtos que custem mais de R$ 4 mil sejam tão suscetíveis a arranhões e rachaduras. O S8+ é até pior neste sentido, já que sua traseira, de vidro, é mais exposta do que a do concorrente.

Tela: Galaxy S8+

Vinicius Andrade/UOL
Galaxy S8+ em sua parte frontal com a "tela infinita"
Mais um ponto levado para a chamada "tela infinita" – especula-se até que o próximo iPhone terá algo semelhante. O display da Samsung deixa a experiência de imersão em filmes e séries melhor do que no modelo da Apple, que ainda assim apresenta uma grande qualidade. Não fosse isso, ambos modelos se equivaleriam com suas respectivas tecnologias na tela.

Áudio: empate

Vinicius Andrade/UOL
Samsung Galaxy S8+ à esquerda e iPhone 7 Plus à direita
O áudio conta com um empate técnico. Cada um tem seus pontos, que dependerá do gosto do usuário. Em termos do som do celular em si, o iPhone 7 tem som estéreo e bate o alto-falante mono na parte inferior do S8+. Já em relação ao fone de ouvido, a Apple resolveu abolir a entrada de fios e estimula o uso do fone bluetooth, o que incomodou muita gente (dá para usar um adaptador que entra no mesmo lugar de carregamento do aparelho). O S8+ manteve a entrada de fios e ainda trouxe um caro e ótimo fone da AKG.

Bateria: empate

É bem verdade que a bateria do S8+ é maior do que a do iPhone em números (3500 contra 2900 mAh). Mas, no uso, a Apple conseguiu um bom aproveitamento e conseguiu um empate nesse quesito. Em um uso moderado (redes sociais, WhatsApp etc), ambos duraram por volta de um dia (com algumas horas de sobra para o dia seguinte).

Vale dizer, contudo, que o modelo da Samsung teve uma ótima eficiência ao ver vídeos, uma das principais funções de seu belo display. Ao ver uma série de 50 minutos, por exemplo, o Galaxy S8+ só consumiu pouco mais de 5% da bateria. Nesse sentido, foi melhor do que o da Apple, que consome mais bateria com funções mais pesadas.

Desempenho: iPhone 7 Plus

Lucas Lima/UOL
Aparelho mudou botão home, perdeu entrada para fone e ganhou câmera dupla
Mesmo sendo mais novo e teoricamente com um hardware melhor, o Galaxy S8+ não conseguiu um desempenho perfeito. Em um dia mais intenso de uso (ainda que mais restrito a redes sociais e WhatsApp), o Facebook travou repetidas vezes no aparelho que conta com um processador equivalente ao Snapdragon 835 e o celular esquentou bastante.

Pode ter sido um problema pontual? Sim. Mas é algo que não deveria acontecer em um smartphone de nada menos que R$ 4.399. O iPhone 7 Plus, por sua vez, teve um desempenho tranquilo mesmo com muitos apps abertos ao mesmo tempo. Em testes de velocidade, o modelo da Apple também se deu melhor quando seus núcleos são analisados separadamente (é comum cada núcleo ter uma função).

Com o aplicativo Geekbench 4, o S8+ atingiu 6644 pontos em todos os seus núcleos. É o melhor desempenho de um celular nesse teste. Já quando considerado o desempenho de cada núcleo, o S8+ fez 1993 pontos. O iPhone 7 Plus atinge quase o dobro - 3434, mas no total muticore chega a 5822.

Em termos de armazenamento, os dois aparelhos se equivalem: com 64 GB com espaço para cartão de memória de até  256GB, o modelo da Samsung é um pouco mais barato do que o aparelho da Apple com 128 GB.

Câmera: empate

É difícil apontar qual câmera é melhor entre os dois modelos. Ambos são excelentes nesse ponto e estão entre os melhores do mercado. O autofoco, contraste de cores, saturação, influência de luz e outras opções praticamente se equivalem em ambos os aparelhos.

Na tentativa de desempate com funções extras, os dois também sofrem seus altos e baixos. A câmera do iPhone é dupla, o que permite um zoom melhor e feitos como o bastante interessante "modo retrato"., que desfoca o fundo (o S8 tem uma opção parecida, mas inferior). Já o S8+ tem modo manual, que faz muita falta no produto da Apple. 

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Foto tirada com o Galaxy S8+ com o fundo desfocado
Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
"Modo retrato" no iPhone 7 Plus

Sistema operacional e recursos extras: empate

Divulgação
Muitas vezes criticado, o sistema operacional da Samsung melhorou na versão atual do modelo S8+. O Android modificado da companha sul-coreana ficou mais elegante e simples de mexer. Mas ainda assim não se compara ao iOS da Apple, que domina completamente hardware e software. Por outro lado, há quem acredite que a personalização faz toda a diferença para o aparelho, o que é possível no Android - como trocar teclado, câmera etc.

O iPhone 7 Plus ainda conta com uma assistente virtual melhor, a Siri. O S8+ é o primeiro aparelho a vir com o Bixby, nova assistente virtual da Samsung, mas a ferramenta está em estado embrionário e segue como uma promessa. O S8+ tem seus prós com as ferramentas de reconhecimento facial e leitor de íris para desbloquear o telefone.

Qual vale mais a pena?

Como deu para ver no comparativo, ambos os aparelhos se equivalem. Aí a gente pensa: vamos ver o preço. O problema é que o preço também é parecido: o iPhone 7 Plus tem versões de 32 GB (R$ 4.099), 128 GB (R$ 4.499) e 256 GB (4.899). O S8+ vem em só uma versão de 64 GB (R$ 4.399).

Aí vamos para o que é mais importante para o comprador: em termos de beleza e tela, o S8+ vale mais a pena. Vai ser difícil outro celular do mercado ganhar nesse aspecto – pelo menos até o lançamento do próximo iPhone. O modelo da Apple, por sua vez, tem sua força no desempenho, no software e na câmera dupla.

O que pode pender mais para o lado do S8+ é que os aparelhos da Samsung costumam desvalorizar com o tempo – atualmente, é possível encontrar o S7 por cerca de R$ 2.000, já o iPhone 7 Plus sai por no mínimo R$ 3.600. Então, se você quer um top de linha gastando menos, o ideal pode ser esperar e comprar o aparelho da Samsung daqui alguns meses. 

UOL Testa: iPhone 7 Plus: um gigante dos celulares que não cabe no bolso de todo mundo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos