Celular feito pelo pai do Android impressiona; veja o que tem de diferente

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Essential Phone, celular lançado por Andy Rubin, criador do Android

    Essential Phone, celular lançado por Andy Rubin, criador do Android

Se você usa um smartphone com Android, agradeça a Andy Rubin. Ele foi ninguém menos que o cofundador da Android Inc., empresa que criou o sistema operacional para celulares mais usado no mundo hoje e que foi comprada pela Google em 2005. Mas agora ele está investindo no campo da fabricação de smartphones, e anunciou nesta terça-feira (30) sua primeira grande investida, o Essential Phone.

Para se sobressair em um mercado tão disputado, Rubin colocou algumas pequenas novidades no seu novo celular, além de seguir tendências bem recentes do segmento top de linha. São elas:

Mais uma "tela infinita"

Como a onda do momento é fazer celulares cuja tela enorme fica bem próxima de "expulsar" as bordas da parte frontal do celular, tal qual o LG G6 e o Galaxy S8, o Essential Phone entrou na dança.

Reprodução
Surge um celular bonito, com cores ousadas e design minimalista

No caso, ele possui uma tela de 5,71 polegadas com resolução Quad HD (2.560 x 1.312 pixels) em proporção 19:10, com um "tico" a mais que os 18:9 dos dois concorrentes. Por conta dessa tela, o corpo do celular não fica tão gigante quanto nos modelos "phablet" (como a linha Galaxy Note). 

O Essential Phone tem 141,5 x 71,1 x 7,8 milímetros e pesa 185 gramas. Para se ter uma ideia, o Galaxy Note 7 --aquele das explosões, que será revendido como "produto remodelado"-- tinha 153,5 x 73,9 x 7,9 mm.

Uma coisa curiosa --e meio incomum-- sobre a tela é que ela ficou com um "buraco" na parte superior para que o sensor da câmera frontal permanecesse aberto. Na prática ainda não sabemos como isso pode ajudar ou atrapalhar --principalmente na hora de ver as notificações e atalhos da tela principal do Android.

Acessórios modulares, como câmera 360°

Na parte traseira superior do Essential Phone, há dois conectores magnéticos que têm o objetivo de conectar acessórios exclusivos para o aparelho --na linha de celulares como o Moto Z (Lenovo) e G5 SE (LG).

Os acessórios servem para fortalecer o celular com novos recursos ou melhorar os já existentes. 

Divulgação
Essential Phone, celular lançado por Andy Rubin, criador do Android, com a 360 Camera

O primeiro anunciado no Essential Phone é uma câmera 360º, que fica protuberante no alto do celular. Defende a empresa no seu site: "Outras câmeras de 360° são grandes, volumosas e complicadas de usar. Nós achamos que já era tempo de alguém fazer uma câmera 360° para o resto de nós. Basta clicar na câmera de 360° em seu telefone para apontar, filmar e compartilhar. É assim fácil".

Nas especificações, ela traz quatro microfones para obter áudio, duas câmeras com sensor de 12 MP e abertura de luz f/1.8, ângulo de 210° cada câmera (a junção das duas imagens forma o ambiente 360°) com resolução Ultra HD (3.840 x 1.920 pixels).

Celular resistente a quedas

O corpo do Essential promete fazer com que a concorrência reveja seus conceitos de durabilidade, pois ele foi construído em titânio, além da traseira de cerâmica e a tela com vidro Corning Gorilla Glass 5 (mais resistente que o comum).

Câmera dupla e potente

A câmera traseira é dupla, com 13 MP cada uma, sendo que uma delas é monocromática (sem cores) e serve para melhorar a sensibilidade de luz. O modelo promete até 200% mais entrada de luz que as câmeras de celulares convencionais. A frontal é de 8 MP e consegue gravar vídeos em alta resolução 4K.

Processador de top de linha

O processador é o poderoso Snapdragon 835 (velocidade de até 2,45 GHz) e a bateria é de 3.040 mAh (com suporte a carregamento rápido).

Já no quesito memória, traz 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Vem ainda com um sensor de digitais na parte traseira e conector USB Type-C e Android não especificado (mas pelas imagens deve ser o 7.0).

Disponível em quatro cores (preto, chumbo, branco e verde), o Essential Phone é vendido promocionalmente nos EUA com a 360 Camera por US$ 749 (R$ 2.443), e sozinho por US$ 699 (R$ 2.280).

São preços de celular top de linha lá fora, como o iPhone 7 e o Galaxy S8. Não há informações sobre disponibilidade e preços no Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos