Reinaldo Canato/UOL

UOL Testa: Celulares

G6 é celular perfeito para fotos de viagens e selfies. Mas R$ 4.000, LG?

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

O LG G6 surgiu como uma revolução para o mundo dos celulares ao tirar as bordas principais em cima e embaixo, preenchendo com tela na parte da frente. A chamada "tela de cinema" veio antes do Galaxy S8, que também adotou o estilo, mas não é o que mais encanta no aparelho. O recurso único do G6 está em suas câmeras com lentes grande angular, melhoradas em relação ao G5.

Pena que o preço não contribua para todos terem o G6 no bolso --ou, pelo menos, um pouco mais de gente. Para trazer o celular com praticamente todas as especificações do lançamento lá fora, o que não ocorreu com o G5 por aqui, a LG teve que colocar o preço lá em cima. Bem lá em cima: o celular custa R$ 3.999.

Uma tela digna de cinema

A maior novidade do G6 exaltada pela LG é seu novo display, apelidado de "tela de cinema" por ter a proporção 18:9. Ele surge da demanda cada vez maior por telas maiores e que caibam nas mãos. E a solução encontrada já começou a se espalhar por celulares: diminuir as bordas, tirar botões físicos e preencher com tela.

Não que resolva de vez o problema da usabilidade na tela gigante: continua difícil usar com uma mão, mas é muito legal assistir a séries e filmes, assim como mexer no aparelho com essa proporção diferente – mas vale dizer que alguns aplicativos ainda apresentam bordas pretas em cima e embaixo por não estarem adaptados ao padrão. 

A tela não encanta tanto quanto a do Galaxy S8, que dá mais imersão por causa das bordas edge, mas também não decepciona. 

Vinicius Andrade/UOL
Traseira do novo LG G6

Um aspecto que segue negativo no G6 é que o botão principal do celular (aquele que liga, desliga, desbloqueia com a digital e etc) fica na parte traseira dele, o que é péssimo e desconfortável para a usabilidade. Tirando isso, o aparelho tem um belo design com corpo de metal e bordas curvas. É um celular realmente bonito.

Ah, a câmera!

O grande diferencial do LG G6, que pode atrair compradores, são suas câmeras. A principal, de 13 MP, é uma câmera dupla que vem com uma lente grande angular. Ou seja: além do modo normal de fotos, você pode tirar fotos com um ângulo muito maior, semelhante ao que a GoPro e acessórios como o Olloclip fazem.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Câmera principal do LG G6 sem a lente grande angular
 
Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Câmera principal do LG G6 com a lente grande angular
A câmera frontal, de 5 MP, também conta com o recurso. Isso significa que cabem mais pessoas em sua selfie. Pode ir dizendo adeus já a esse pau de selfie.

Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Câmera frontal do LG G6 sem a lente grande angular
 
Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Câmera frontal do LG G6 com a lente grande angular
Os dois recursos funcionam muito bem no celular, bastando apenas clicar em um botão para trocar entre o modo normal e o modo grande angular – a variação entre os dois é rápida e suave.

A função ainda é aliada a uma câmera bem boa. Pode até não ser excelente como a do Galaxy S8 ou a do Google Pixel, mas o modo grande angular aliado à qualidade do equipamento impressiona.

Desempenho deveria ser melhor

A gente sempre espera um desempenho excelente de um celular top de linha, mas não espere isso do LG G6. Apesar do alto preço, ele conta com um processador Snapdragon 821, que não é o mais recente e o melhor do mercado.

Na prática, isso significou alguns problemas durante a semana de teste: o celular deu uma grande travada, que exigiu que fosse reiniciado, e demorou para carregar alguns jogos. 

Vinicius Andrade/UOL
LG G6 tem design elegante

A bateria do LG G6 também não é tão eficiente. Apesar dos seus 3300 mAh, na prática ela durou apenas um dia em uso moderado. Isso acontece com outros modelos premium também, mas é um pouco decepcionante, já que temos modelos como o Zenfone 3 Zoom, Galaxy A9 e outros superando a barreira de dois dias de duração.

Um outro ponto negativo é que o celular vem, de fábrica, com um sistema Android bastante poluído, cheio de aplicativos "penduricalhos" da marca.

Vale a pena?

É bem difícil dizer que um celular vale o desembolso de R$ 4.000, especialmente no caso do LG G6. O aparelho não tem as melhores especificações do mercado e perde em um comparativo com o Galaxy S8, da Samsung, que custa a mesma coisa.

Ao mesmo tempo, dizer que não vale a pena seria ignorar as câmeras do aparelho, que impressionam e se diferenciam.

Resta torcer para que o preço do modelo caia em breve. Quem sabe?

Direto ao ponto: LG G6

Tela: 5,7 polegadas
Sistema Operacional: Android 7.0
Processador: Snapdragon 821 Dual-core 2.35 GHz Kryo + Dual-core 1.6 GHz Kryo
Memória: 32 GB de armazenamento e 4 GB de RAM
Câmeras: 13 MP (principal) e 5 MP (frontal)
Dimensões e peso: 148.9 x 71.9 x 7.9 mm e 163 gramas
Bateria: 3.300 mAh
Pontos positivos: ótima tela e câmera com lente grande angular
Pontos negativos: muito caro e desempenho abaixo dos tops
Preço: R$ 3.999

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos