Dicas de Tecnologia

Mito ou verdade: a bateria do celular tem uma reserva quando chega a 1%?

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

    Você já teve a sensação de que a bateria do celular dura mais com 1%?

    Você já teve a sensação de que a bateria do celular dura mais com 1%?

Se você já sentiu que a bateria do seu celular durou mais quando chegou a 1% e não te deixou na mão enquanto ficou sem uma tomada, você não está sozinho. A situação é extremamente comum por aí e bastante relatada por usuários. Isso leva muita gente a perguntar: será que as baterias têm uma "reserva" de energia quando chegam a 1%?

A situação pensada para celulares seria semelhante ao que muita gente aplica com carros. Várias pessoas vivem perigosamente andando por vários quilômetros com a luz do alerta de gasolina acesa. Nos automóveis isso é real: todo carro tem uma reserva de combustível quando o alerta aparece, variando entre modelos. E o celular?

Pero que si, pero que no

Não, os celulares não saem de fábrica com uma reserva para que o usuário consiga usar o aparelho por um pouco mais de tempo quando a bateria chega a 1% até achar uma tomada. Mas sim, é possível que isso ocorra dependendo do celular – principalmente se é novo.

Isso é mito. Não existe reserva de bateria. Muitas vezes quando o telefone é novo dá essa impressão. Dá que falta 1% e você consegue usar mais. Quando a bateria é mais antiga, o consumo é mais rápido desse 1%. A bateria nova segura mais a carga e por isso você pode ter essa percepção" João Carlos Lopes Fernandes, professor de engenharia elétrica do Instituto Mauá de Tecnologia

O que também pode ocorrer nos celulares é uma falha de indicação visual da bateria. Ou seja: um problema na comunicação do aparelho com a bateria faz com que a porcentagem que apareça no display não seja realmente um registro condizente com o que há de energia no smartphone.

"Ele achou que tinha 1%, mas tinha mais. Isso é um problema  sistema de controle da bateria. Pode ser sistema do celular impreciso ou a bateria não está conversando direito, uma comunicação incorreta. Esses sistemas não são perfeitos, pode ter uma variação. Você pode não ter 1%, pode ter mais", aponta Gerhard Ett, professor de engenharia química do Centro Universitário da FEI

Há uma reserva, mas você não usará ela

Há ainda um outro adendo na história toda; para tentar preservar os ciclos de bateria, os equipamentos não permitem um descarregamento completo da carga. Ou seja: pode ser que ela esteja com 1%, mas na verdade tenha 20% de sobra – só que esse 20% não será disponibilizado para você.

"Nas baterias consta que tem 1% disponível para você, mas ela tem mais. Normalmente com 1% para você, tem 20% de bateria, mas não para você. Se você descarrega ela totalmente, vai durar muito pouco", diz Ett.

Ainda que esse sistema impeça um descarregamento completo da bateria, os especialistas sempre aconselham evitar que o celular descarregue totalmente para que a bateria tenha uma vida útil maior.

É bom lembrar ainda que o inverso também pode ocorrer: o celular mostra que tem bateria, mas acaba desligando sem consumir a energia que o display aponta ter. O UOL Tecnologia também já explicou por que o celular "descarrega do nada".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos