Dicas de Tecnologia

Cansou de decorar senhas? Gerenciadores ajudam a criar opções seguras

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Está faltando criatividade para criar suas senhas? Ou falta memória para se lembrar de todos os códigos de acesso as redes sociais, e-mails e diferentes sites?

Para nossa sorte uma série de serviços online e aplicativos assumiram essa responsabilidade e eles têm facilitado a vida de muitos usuários. Os gerenciadores de senhas, como são chamados, ajudam na organização e prometem deixar tudo muito mais seguro.

Basicamente, eles funcionam como um banco de dados (que guarda as senhas) e, quando é preciso, preenchem automaticamente as respectivas combinações, seja para acessar um e-mail, redes sociais, sites de compra. Você então não precisa mais lembrar a senha de cada um deles e nem digitá-las, já que elas estão salvas nesse "cofre" virtual. E tudo que você necessita para ter acesso ao cofre é uma senha, conhecida como "mestre".

As funcionalidades até variam de um programa para o outro, mas em geral eles não só ajudam a guardar as combinações pessoais como ainda verificam se a senha criada é segura ou não. 

Alguns programas ainda dão a opção para salvar todas as informações na nuvem ou localmente -- recurso interessante principalmente para aqueles mais descrentes do "poder" de segurança dos servidores virtuais.

E eles são mesmo seguros?

É uma grande questão o fato dos gerenciadores de senha serem realmente seguros. Boa parte trabalha com criptografia e os criadores defendem que esse recurso impede que os dados sejam acessados por terceiros. Mas como ter certeza que as informações pessoais estarão seguras?

A resposta para essa pergunta realmente é difícil. Bem sabemos o quanto os crimes digitais estão cada vez mais complexos. Só que se tratando da necessidade de gravar inúmeras combinações na cabeça, usar os gerenciadores para ao menos organizar as combinações parece ser algo bem atraente.

Veja a seguir alguns serviços populares de gerenciamento de senhas

Dashlane (Android iOS – versão gratuita): é possível armazenar senhas, cartões de crédito e dados de acesso de diversos sites.

Durante o cadastro o programa pede que o usuário crie uma senha "mestre". É ela a responsável pelo acesso a todas as outras senhas registradas no sistema.

Além disso, ele envia alertas de segurança para o computador ou telefone cadastrado em caso de violações de sites.

Reprodução

Last Pass (navegadores, Android e iOS – versão gratuita): além das senhas, o programa permite salvar notas digitais onde você pode armazenar itens como senha do Wifi, endereço e dados relacionados a compras online.

Ele trabalha com um sistema de auto preenchimento. Então, sempre que precisar fazer uma compra, por exemplo, o programa insere o local de entrega e as formas de pagamento disponíveis.

Como funciona tanto em computadores quanto celulares, o sistema trabalha com sincronização automática com todos os dispositivos (desktop, notebook e celulares). Ou seja, você cadastra suas informações uma única vez e ela fica disponível em diferentes plataformas.

Reprodução

1Password (navegadores, Android e iOS – grátis por 30 dias): ele salva informações separando-as por categorias como cartões de crédito, endereços, notas, contas bancárias, carteiras de motorista, passaportes.

Além de senhas, o usuário pode cadastrar outras informações como endereços, contas bancárias, documentos pessoais e de cartões. O sistema lembra todas as senhas pessoais e utiliza um código "mestre" onde só o usuário terá que usá-lo para acessar suas informações. Um ponto legal é que, caso o dispositivo tenha, ele usa impressão digital para autenticar no sistema.

Caso queira, o programa ainda permite compartilhar certas senhas com família ou colegas de empresa. Recurso interessante para aqueles dados que não precisam ficar restritos somente a você.

Reprodução

E se eu não quiser usar um gerador de senha?

Bom, os programas têm lá suas facilidades, mas há quem ainda prefira guardar as senhas em outros lugares. De qualquer forma, na hora de criar uma combinação é bom seguir algumas dicas para deixá-la o mais forte possível.

Inclusive, novas regras para a criação de senhas seguras foram divulgadas pelo Nist (Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, um órgão de padronização dos EUA) agora em agosto.

  • Quanto maior for sua senha, mais difícil fica de alguém ou um robô descobrir
  • Evite usar a mesma senha para vários serviços online
  • Não é preciso mais usar caracteres especiais. A nova recomendação é de que o usuário escolha uma sentença com mais palavras (quatro, por exemplo) e use como senha. Ele pode ainda usar espaços ou hifens
  • Troque suas senhas em caso de suspeita de invasão
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos