Reinaldo Canato/UOL

UOL Testa: Celulares

Celular top de linha da Samsung tem melhor bateria, diz Proteste

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Uma pesquisa feita pela associação de consumidores Proteste avaliou o desempenho de bateria de 88 smartphones vendidos no Brasil. Destes, apenas 13 se destacaram quanto a duração da bateria no entender da entidade.

O celular vencedor da "batalha" foi o Galaxy S8, celular top de linha da Samsung lançado em março deste ano. Mesmo que o modelo tenha uma capacidade de bateria menor que outros --3.000 mAh, enquanto há modelos que chegam a 5.000 mAh-- ele conseguiu 81 pontos, ficando assim no topo da lista. O LG G6 ficou em segundo, e o Apple iPhone 6S Plus em terceiro. Ambos são top de linha.

A Proteste empregou braços mecânicos para simular a utilização de uma pessoa com perfil de consumidor típico, ou seja, alguém que, por uma hora, usa a internet por sete minutos e 30 segundos, tira cinco fotos e deixa o aparelho em espera por 47 minutos.

O teste ainda executou, também no período de 60 minutos, navegação em aplicativos por um minuto e 15 segundos e ligações de dois minutos e trinta segundos.

Ao realizar a pesquisa para adquirir um smartphone, uma boa dica para o consumidor é se atentar ao número de mAh (miliampère por hora), medida utilizada para verificar a capacidade da bateria e que, normalmente, é um indicativo da durabilidade de energia do produto.

No entanto, o mAh elevado nem sempre é sinônimo de longo funcionamento, já que o sistema operacional e o hardware do aparelho podem influenciar no gasto do telefone. Nestes casos, aparelhos com mAh menor podem ser mais eficientes que outros com maior capacidade.

Foi o que ocorreu na pesquisa: dispositivos com maior mAh, como o Asus Zenfone 3 Max e o LG X Power Dual (modelo atualmente fora de linha), foram superados por outros modelos.

A Associação avaliou também o tempo necessário para carregar o celular. Nesse sentido, os destaques foram nessa ordem: LG G6, Galaxy S8, Galaxy A5 2017, Motorola Moto G4 Plus e Galaxy S7 Edge. O mais demorado foi o Asus Zenfone 3 Max, que exigiu três horas e meia para uma carga completa, enquanto os outros demoraram menos de duas horas.

Em outro cenário do teste, os celulares foram avaliados pela duração dos 15 primeiros minutos de carregamento. Venceram aí, pela ordem: Samsung Galaxy S7 Edge, Motorola Moto G4 Plus, Samsung Galaxy A5 2017 e Samsung Galaxy A7 2017. O pior foi o iPhone 6S Plus, que carregou meros 8%.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos