Teste da CNH digital é retirado do ar por receio de confusão

Do UOL, em São Paulo

  • Serpro tirou do ar teste; app oficial será disponibilizado no fim de setembro

    Serpro tirou do ar teste; app oficial será disponibilizado no fim de setembro

O Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) tirou do ar nesta quinta-feira (31) o ambiente de testes disponibilizado para testar a CNH-e (Carteira de Habilitação eletrônica). Antes, quem baixasse o app poderia ver como vai ser a CNH Virtual que, no futuro, valerá como documento oficial.

De acordo com a companhia, a decisão foi tomada para evitar confusão. "A medida foi adotada para evitar dúvidas dos usuários com relação ao ambiente de download fora das lojas oficiais da Apple e Android", informou a empresa.

Antes de tirar do ar, o Serpro tinha disponibilizado um arquivo no formato APK para smartphonescom sistema do Google. O usuário tinha que baixar o app e autorizar o telefone a instalar programas fora do Google Play, loja oficial dos apps da plataforma Android.

Baixar aplicativos fora das lojas oficiais pode ser uma forma de contaminar o smartphone com vírus. Muitos cibercriminosos tiram vantagem de usuários que tentam conseguir um app pago de forma gratuita para, justamente, infectar o dispositivo e conseguir obter dados pessoais sensíveis.

Só seria possível ter a CNH virtual no telefone quem tivesse uma CNH física com QR Code – aquele código escaneável que é popularmente usado para acessar o WhatsApp pelo computador.

O Serpro espera liberar uma versão oficial da CNH-e em 30 de setembro para as plataformas Android e iOS, da Apple.

Por ora, quem quiser ver como vai ser o aplicativo da CNH basta acessar o site do Serpro.

CNH no smartphone valerá como documento oficial

De acordo com o governo, o novo documento terá o mesmo valor jurídico da CNH física. A CNH-e será opcional e caberá ao condutor escolher se quer utilizar o aplicativo ou não. O usuário poderá fazê-la pelo smartphone, se tiver certificado digital, ou no Detran de seu Estado.

O app armazenará todas as informações do documento original, como foto e dados do motorista. Será possível ainda compartilhar o documento automaticamente para e-mail ou WhatsApp.

A carteira eletrônica será disponibilizada apenas a motoristas que tenham uma habilitação impressa com QR Code.

Em caso de perda ou roubo do celular, será necessário fazer um bloqueio para impedir o uso do documento. Isso poderá ser feito pelo portal de serviços do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos