Dicas de Tecnologia

Sabia que você pode ser banido do WhatsApp? Veja como evitar

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Cuidado para não ser banido do WhatsApp

    Cuidado para não ser banido do WhatsApp

Já pensou ser banido do WhatsApp e ficar longe da conversa com amigos? Isso pode até parecer bom para alguns em um primeiro momento, mas temos certeza que todos acabariam sentindo falta do aplicativo que se tornou parte das nossas vidas. E cuidado porque é sim possível que sua conta seja excluída do mensageiro. 

Como isso pode acontecer? É bem simples: basta que o usuário viole os Termos de Serviço do WhatsApp. Infelizmente dar "bom dia" em grupos ainda não configura uma violação desses termos, mas é bom ficar esperto com algumas coisas.

Nos termos do WhatsApp, são vetadas diversas práticas (veja todas no fim do texto) que podem te colocar em apuros. Entre elas, estão violar direitos do WhatsApp ou de usuários, ações ofensivas raciais ou étnicas, incitação a crimes e envio de vírus, entre outras.

Uma delas é bom todo usuário tomar cuidado: é proibido enviar mensagens em massa ou mensagens automáticas. A ação é praticada por usuários comuns, seja para repassar correntes, mensagens falsas ou até propagandas. É claro que a chance do WhatsApp banir alguém por isso não é tão grande, mas você deve tomar cuidado.

E como o WhatsApp detecta o spam, por exemplo, mesmo com a criptografia de ponta-a-ponta que faz com que o aplicativo não tenha acesso às conversas dos usuários? O mensageiro até fez uma apresentação especial para explicar como conseguiu reduzir o spam depois da aplicação da criptografia. 

Uma das estratégias de detectar spam sem ver as mensagens foi o "denunciar spam" que aparece em toda nova conversa de um usuário com um número de contato que esteja fora da lista de contatos. A maioria dos spammers são detectadas dessa forma - e o usuário banido.  

Mas o aplicativo consegue identificar até antes, analisando possíveis padrões de quem enviou a mensagem - mesmo que não tenha acesso à mensagem em si. O WhatsApp ainda usa aprendizado de máquina para que computadores façam essa análise. 

Você pode denunciar pessoas

Achou que alguma pessoa violou termos de uso do WhatsApp? Então você pode ser um "x-9" e denunciar o coleguinha. O contato com a empresa é feito diretamente pelo aplicativo, mas é um pouco mais complicado do que em outros serviços do Facebook.

No Android, você deve ir no botão de menu do WhastApp, em "configurações", depois "ajuda" e então em "Fale conosco". No iPhone basta acessar os ajustes dentro do WhatsApp, depois "sobre e ajuda" e "contate-nos". No Windows Phone você deve acessar o WhatsApp, então "mais", depois clique em "configurações", vá em "sobre" e por fim entre na opção "suporte".

Não é uma tarefa tão simples, né? Poderia ser como no Facebook ou Instagram, em que usuários podem denunciar outras pessoas dentro de uma postagem.

Em contato com o UOL Tecnologia, o WhatsApp afirmou que todas as denúncias são analisadas pelo aplicativo. A empresa diz contar com uma equipe dedicada a isso, com pessoas que leem e escrevem em português --semelhante ao que o Facebook alega sobre suas denúncias.

Foi banido? Calma!

Em caso de punição do WhatsApp contra sua conta, você vai receber uma dessas duas mensagens:

"O seu número ... esta banido do WhatsApp. Contate o suporte para ajuda."
"Você foi temporariamente banido do WhatsApp".

Se você recebeu a segunda opção, menos mal: o banimento não é definitivo e em breve você deverá ter sua conta de volta. Você pode acelerar o processo tentando contato para se explicar com o aplicativo.

Se recebeu a primeira mensagem, não tem jeito: o "ban" é definitivo. Mas há uma luz no fim do túnel. Os usuários que considerarem que a medida foi um engano devem contatar a equipe do WhatsApp por e-mail (help@support.whatsapp.com). Aí basta torcer para eles aceitarem o seu "choro".

O que é vetado pelos termos de uso do WhatsApp:

  • Violar, apropriar-se indevidamente ou infringir direitos do WhatsApp, dos nossos usuários ou de terceiros, inclusive direitos de privacidade, de publicidade, de propriedade intelectual ou outros direitos de propriedade
  • Usar de forma ilícita, obscena, difamatória, ameaçadora, intimidadora, assediante, odiosa, ofensiva em termos raciais ou étnicos, ou instigue ou encoraje condutas que sejam ilícitas ou inadequadas, inclusive a incitação a crimes violentos
  • Envolver declarações falsas, incorretas ou enganosas
  • Se passar por outrem
  • Enviar comunicações ilícitas ou não permitidas, mensagens em massa, mensagens automáticas, ligações automáticas e afins
  • Envolver o uso não pessoal dos nossos Serviços, a menos que esteja autorizado por nós.
  • Fazer engenharia reversa, alterar, modificar, criar trabalhos derivados, descompilar ou extrair códigos dos nossos Serviços
  • Enviar, armazenar ou transmitir vírus ou outros códigos nocivos usando nossos Serviços
  • Obter ou tentar obter acesso não autorizado aos nossos Serviços ou sistemas
  • Interferir ou interromper a integridade ou o desempenho de nossos Serviços
  • Criar contas por nossos Serviços usando meios não autorizados ou automatizados
  • Coletar informações de ou sobre os nossos usuários de maneira não permitida ou autorizada
  • Vender, revender, alugar ou cobrar por nossos Serviços
  • Distribuir ou disponibilizar os nossos Serviços em rede para ser usado por vários dispositivos ao mesmo tempo.

Chega de áudio no WhatsApp! Dá para transformar voz em texto, sem digitar

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos