Dicas de Tecnologia

Seu computador está lento? Nem sempre a culpa é da conexão

Fabio Andrighetto

Colaboração para o UOL

  • iStock

Um computador pode ser ou estar lento, basicamente, por dois fatores: a conexão ou o computador. Se for o primeiro, existem muitos aplicativos que medem a velocidade da rede e não deixam muita margem para a dúvida. Na maioria das vezes, no entanto, isso nem mesmo é necessário. Se seu computador só está lento em operações que envolvem a rede, muito provavelmente o seu problema é a conexão.

Quando a rede está funcionando bem, o problema pode ser o computador. Ele pode estar obsoleto para acompanhar as mudanças ou apresentar algum defeito, seja em hardware ou software. Se for pelo segundo motivo, tome algumas medidas para aliviar a carga do computador. Assim, você vai poder navegar com mais agilidade.

1- Desative aplicativos

Alguns aplicativos consomem muita memória e taxa de conexão. Eles usam uma parte disso para funcionarem. É o caso de programas como Torrent e, ainda, streamings.

Se você for baixar algum material, faça isso no momento em que não esteja usando o computador para outra coisa. Do mesmo modo, quando for assistir a um vídeo em streaming, deixe as outras tarefas de lado.

Além disso, muitos programas entram automaticamente na inicialização automática. É necessário verificar se isso acontece e desmarcar essa opção.

No Windows, basta clicar com o botão direito sobre o ícone de janela, no lado esquerdo inferior, Gerenciador de Tarefas e escolher a opção Inicialização (ou Startup) -- lá será possível ver os programas que são inicializados com o sistema. Já no Mac vá em Preferências de Sistema > Usuários & Grupos > clique no usuário e escolha os programas de inicialização.

Para corrigir os desperdícios, use o "Gerenciador de Tarefas" no PC ou ou o "Monitor de Atividade" no Mac. No Windows, basta dar um Ctrl + Alt + Del e clicar na opção Gerenciador de Tarefas, ou usar o Ctrl + Alt + Esc para abrir o gerenciador diretamente. No Mac, vá ao Finder e clique, nessa ordem, em Aplicativos > Utilitários > Monitor de Atividade. Verifique se sua memória RAM não está sendo perdida com coisas que você nem mesmo sabe que existe.

2 - Vasculhe as opções de seu navegador

Independentemente da escolha que fez para usar como navegador -- Chrome, Internet Explorer, Firefox etc.--, sempre o mantenha atualizado.

Deixe o navegador sem temas. Escolha o mais simples possível, mesmo que ame personalizar suas coisas. Com isso, também seria adequado desativar os complementos, pelo mesmo motivo dos programas citados no item 1. Para desativar extensões, vá ao menu principal do Chrome (no lado direito superior do navegador) > Mais ferramentas > Extensões.

Não abra muitas abas e janelas quando estiver navegando, e tenha paciência. Para diminuir a quantidade de arquivos que você baixa toda vez que entra em uma página, mude a configuração do tamanho dos arquivos temporários. Se estiver muito alto, isso também pode prejudicar a navegação. Para limpar dados de navegação, basta digitar a combinação Ctrl+Shift+Del, que abrirá a ferramenta de limpeza de dados de navegação.

3 - Procure os "comedores" de conexão

Um computador com muito tempo de uso pode acumular muitos malwares (abreviação do "malicious software", termo em inglês que nomeia os softwares maliciosos). Quem pensa estar a salvo desses programas por não visualizar conteúdo considerados impróprios, como pornografia ou pirataria, está enganado. Eles podem estar em sua caixa de e-mails agora mesmo.

Um malware pode se manter ativo em segundo plano sem atrair a atenção, mas deixando seu computador lento por trocar informações constantemente. Para encontrar um desses em seu sistema, procure um programa como o Malwarebytes. Além de ajudar a proteger de futuras ameaças, ele fará uma avaliação rápida para detectar e bloquear programas maliciosos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos